Oito brasileiros no Top 50 das Copas do Mundo

01425359_8g2e5g3a3g

A revista inglesa World Soccer lançou uma edição especial com os 50 jogadores mais importantes da história das Copas do Mundo. Nesta lista, Pelé, tricampeão do torneio, aparece no topo, seguido por Maradona e Beckenbauer, que completa o pódio.

País com mais títulos mundiais, o Brasil tem seis representantes no top 20. Um dado interessante na relação é a posição de Romário, fundamental na conquista do tetracampeonato, em 1994. O Baixinho é o 13º colocado, um degrau abaixo de Roberto Baggio, que, em três tentativas – 1990, 1994 e 1998 – conseguiu, no máximo, um vice-campeonato.

Messi e Cristiano Ronaldo, donos dos prêmios de melhor do mundo a partir de 2008, não aparecem no ranking. A explicação se deve às suas diminutas participações em Mundiais. Os dois craques jogaram em 2006 e 2010, mas não conseguiram grandes resultados.

Para se chegar aos 50 maiores jogadores de todas as Copas, a World Soccer se baseou em cinco pilares: estatísticas diretas; prêmios por participação em mundiais; papel decisivo em partidas; impacto em seu time e legado deixado na história do evento.

untitled-2

Boa lista, exceto pelo esquecimento imperdoável de Nilton Santos. De todo modo, entre os brasileiros escolhidos, três botafoguenses pontificam na lista: Garrincha em 4º, Jairzinho em 20º e Didi em 31º. Agora, Donovan entre os 50 é um pouco demais… tidizê.