O mistério de Pato

Por PVC

O Corinthians admitiu que deve R$ 2 milhões para o atacante Pato por direitos de imagem do ano de 2013. É oficial. O Corinthians deve porque julga que Pato não fez jus aos direitos de imagem. Sua contratação tinha a tentativa de repetir um pouco do caso Ronaldo. Mas Pato não jogou bem em 2013 e o Corinthians não vendeu nenhuma propriedade de imagem por sua causa. Então, Pato não recebe. Ninguém fala isso oficialmente, mas Pato está pagando por seu fracasso no primeiro ano de Parque São Jorge. Ele sabe disso e até agora não reclama.

O início do segundo ano foi no banco de reservas, contra a Portuguesa. O Corinthians tem razão para ter se cansado de Alexandre Pato. Mano Menezes também. Lembre da pressão sofrida pelo treinador depois de convocá-lo para a Copa América, em 2011. Mano respondeu a tudo, escalou-o como titular e… Nada! Pato não jogou bem em 2011, nem em 2012, nem em 2013… Segue como se fosse um craque consagrado perto do fim de carreira. Mas tem só 24 anos!

Não dá para ser assim.

É óbvio que dá para jogar com Pato e Guerrero juntos. A única razão para não jogar com os dois avantes é o mau desempenho de Pato, tanto nos jogos de 2013, quanto nos primeiros treinos de 2014. Por isso, Mano escalou o Corinthians com Guerrero e três armadores na estreia do Paulistão, ontem, no Canindé. E jogou bem, dentro das limitações do primeiro jogo da temporada.

Romarinho pela direita, Danilo aberto pela esquerda, Rodriguinho ajudando a subir a marcação e ditar o ritmo do meio-de-campo, escalado na faixa central do campo. Parece o time de Tite no desenho. Há diferenças na maneira de se posicionar, de agredir o adversário, de mesclar com períodos de posse de bola.

Mano confia ter saído da seleção um técnico melhor do que entrou. Observou mais o futebol internacional e conversou com mais gente que vive nos principais torneios da Europa. Não vai mudar sua maneira de ser como líder do grupo. Nisso, ele sempre foi bom.

O Corinthians terá linhas muito próximas, muita posse de bola e velocidade para aproveitar os momentos que existirem para contra-ataques. Fará isso, em princípio, com um atacante infiltrado.

Se Pato reagir e jogar bem? Nesse caso, o novo-velho técnico se verá obrigado a escalá-lo. Nesse caso, muitas outras coisas vão mudar. Por exemplo, mais gente quererá explorar a imagem do candidato a craque que surgiu no Inter em 2006. E o Corinthians se verá obrigado a pagar pelo que Pato representará. Não pelo que se imagina que ele possa ser e receber.

Por ora, com um atacante só, o Corinthians já mudou. Fez dois gols, o que não acontecia há 13 partidas, desde 2 de outubro. Balançar as redes adversárias já é um começo.

CBF derruba liminar e põe Flamengo na Série B

Da Folha de SP

A CBF informou nesta segunda-feira que conseguiu derrubar a liminar concedida pela Justiça de São Paulo que obrigava a entidade a devolver para o Flamengo os quatro pontos retirados pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Como a liminar que devolve os quatro pontos para a Portuguesa ainda não foi cassada, o clube carioca ocupa, no momento, a 17ª posição do Brasileiro, com 45 pontos, e estaria rebaixado para a Série B.

O STJD puniu o Flamengo com a perda de quatro pontos devido à escalação irregular do lateral André Santos no jogo contra o Cruzeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador, que foi expulso no segundo jogo da final da Copa do Brasil, foi julgado no dia 6 de dezembro, um dia antes da partida contra o clube mineiro, e foi condenado a um jogo de suspensão. No entanto, ele participou da partida.

Já a Portuguesa foi punida pelo STJD pela escalação do meia Héverton no empate sem gols com o Grêmio. O atleta havia sido expulso contra o Bahia e cumprido suspensão automática contra a Ponte Preta, mas foi julgado na sexta-feira que precedeu o confronto do domingo com o Grêmio e pegou dois jogos de suspensão. Assim, teria que ficar de fora de mais um jogo.

Torcida amapaense se divide entre Pará e Rio

i_feijao_no_fogao

Por Gabriel Penha, de Macapá-AP

Com a abertura dos campeonatos estaduais pelo Brasil, no fim de semana, voltou a crescer o movimento nos barzinhos que transmitem os jogos e a movimentar as organizadas em Macapá. Na capital amapaense, as torcidas dos grandes clubes cariocas e paraenses se destacam pelo grande número.
Flamengo, Vasco da Gama, Botafogo e Fluminense, do RJ possuem organizadas oficiais e barzinhos temáticos, exclusivos para torcedores. Já pela proximidade geográfica com Belém do Pará, Remo e Paysandu têm a preferência de grande parte do público que acompanha futebol no Amapá.

bardoabreu11042010_190No Complexo Beira-Rio, na orla de Macapá, um dos quiosques do cartão postal da cidade já virou ponto de encontro para a torcida organizada oficial do Flamengo no Estado, a FLA Amapá. Às margens do rio Amazonas, os rubro-negros assistiram aos reservas do time vencerem o Audax Rio por 1 a 0, no início da noite de domingo (19), no jogo de estreia pelo Carioca 2014.

Na esquina da avenida José Tupinambá com a rua Odilardo Silva, no bairro Jesus de Nazaré, região central de Macapá, a decoração em preto e branco e a grande bandeira com a Cruz de Malta caracterizam a preferência do público frequentador. O Bar do Vasco foi um dos locais onde os torcedores amapaenses testemunharam o empate por 1 a 1 com o Boa Vista, no sábado (18).

img_5598A alguns quarteirões dali, na rua Jovino Dinoá, no mesmo bairro, um bar onde todas as torcidas são bem vindas. Há mais de 40 anos, o Bar do Abreu já conquistou se público fiel, com direito a ‘estádio virtual’. No balcão, os proprietários, um casal de paraenses. José Ronaldo Reis de Abreu e Liete Silva dividem a paixão pelo futebol, mas não a mesma torcida. No Rio de Janeiro ele torce pelo Fluminense e ela pelo Flamengo; já em Belém Ronaldo prefere o Paysandu e Liete torce pelo Remo. Apesar das escolhas diferentes, o casal garante que não tem brigas.

– Nos respeitamos muito quando o assunto é futebol. Mas, claro, prefiro quando Flamengo e Remo ganham – brinca a administradora Liete Silva.

dsc_1890

No local, chegam a ser acompanhados jogos que acontecem simultaneamente. Mesmo com a casa cheia e ânimos exaltados em alguns momentos, no local nenhuma confusão foi registrada. O dono do estabelecimento atribui o fato à ‘cordialidade e respeito entre as torcidas’.

ONU premia Lula por combate à fome

lula-premio-onu-ae-20101005

Do Portal R7

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu na manhã desta segunda-feira (10) o prêmio Campeão do Mundo na Batalha Contra a Fome, concedido pelo PAM (Programa Alimentar Mundial), vinculado à ONU (Organização das Nações Unidas). Ele foi eleito pelos esforços para conter a fome. A entrega ocorreu durante a cerimônia de abertura do Diálogo Brasil-África sobre Segurança Alimentar, Combate à Fome e Desenvolvimento Rural, no Itamaraty.

Para os integrantes da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, o brasileiro desempenha um trabalho ativo nos esforços e na execução de programas internos e apoio às ações externas, em outros países, no combate à fome. Um dos destaques foi a atuação brasileira na cooperação com o Haiti – devastado depois do terremoto de 12 de janeiro.

Antes de conceder o prêmio a Lula, a diretora executiva do PAM, Josette Sheeran, afirmou que o presidente tem usado sua liderança no cenário internacional para estimular políticas de combate à fome. – O Brasil tem mostrado para o mundo boas ações para acabar com a fome e a desnutrição. Sheeran destacou o programa Bolsa Família, ao ressaltar como positivas as condicionalidades do programa, como a necessidade de manter as crianças na escola.

Cabra bom.

Jornal garante que Neymar ganha mais que Messi

622_6436b051-a02d-3ff7-99a6-53a64e5a56ab

Por Thiago Arantes, de Barcelona

As supostas cláusulas secretas do contrato de Neymar com o Barcelona, publicadas nesta segunda-feira pelo diário espanhol El Mundo, fariam com que o salário do brasileiro supere o do argentino Lionel Messi, quatro vezes vencedor da Bola de Ouro da Fifa. O jornal, que disse ter acesso aos contratos do jogador com o clube, publica que há nos acordos entre as duas partes uma série de cláusulas que aumentam o dinheiro repassado à N&N, empresa que o atleta mantém com seu pai, Neymar da Silva Santos.

De acordo com a reportagem, o valor total da contratação do brasileiro chegaria a 95 milhões de euros, 38 milhões a mais do que o divulgado oficialmente, e superando em um milhão a de Cristiano Ronaldo, pelo Real Madrid, em 2009. Mais do que isso. Segundo informação obtida pelo ESPN.com.br, o salário anual do brasileiro, se agregadas as cláusulas “opacas” do contrato, é maior até do que o de Lionel Messi.

Para os cinco anos de contrato, há itens como “busca de novas promessas do Santos”, no valor de 2 milhões de euros (R$ 6,8 milhões); “prospecção de publicidade de empresas brasileiras”, com mais 4 milhões de euros (R$ 13,6 milhões); e “projetos sociais que se destinem a ajudar crianças de favelas em São Paulo”, por mais 2,5 milhões de euros (R$ 8,5 milhões).

Nenhuma das cláusulas foi divulgada à época da assinatura do documento, em junho do ano passado. De acordo com o contrato a que o El Mundo teve acesso, há um trecho em que se diz que “essas contraprestações têm uma condição fixa e não estão sujeitas ao êxito de sua realização”.

Na prática, isso eximiria a N&N de realizar qualquer prospecção de talentos no Santos, de buscar patrocínios no Brasil e de fazer doações para favelas de São Paulo. Além disso, há uma comissão de 5% para o pai de Neymar sobre o valor divulgado oficialmente, de 54 milhões de euros, em um valor que chegaria a 2,7 milhões de euros (R$ 9 milhões).

Para reflexão

“O Uruguai foi o único país do mundo que derrotou as privatizações em consulta popular: no plebiscito de fins de 92, 72% dos uruguaios decidiu que os serviços essenciais continuariam sendo públicos. A notícia não mereceu sequer uma linha na imprensa mundial, embora se constituisse numa insólita prova de senso comum.”

De Eduardo Galeano