Vitória justa, mas no sufoco

unnamed (52)

Por Gerson Nogueira

Foi quase tão dramático quanto na estreia, mas o Paissandu teve mais recursos e organização para superar as dificuldades do jogo. Ao contrário do Gavião, tecnicamente muito fraco, o Santa Cruz tem bons valores e conseguiu criar boas jogadas nos dois períodos, principalmente quando se lançou ao ataque. No Papão, a diferença fundamental foi o maior entrosamento de Lima com os companheiros e a caprichada atuação de Pikachu, justificando sua valorização no mercado.

Futebol costuma ser enganoso e a vitória de 3 a 1 parece tranquila à primeira vista. Na verdade, foi parada duríssima. Depois de sair na frente, com um gol de Lima logo aos 20 minutos, o Paissandu se estabeleceu em campo, aproveitando a timidez da equipe de Cuiarana.

Aos poucos, o Santa Cruz foi adquirindo confiança e deixando a cautela de lado. Passou a encarar a partida de igual para igual e, no final do primeiro tempo, já fazia por merecer o empate, depois de obrigar o goleiro Mateus a pelo menos duas grandes intervenções.

unnamed (60)

Depois do intervalo, ainda mais animado, aumentou a pressão. O gol veio aos 11 minutos, com o artilheiro Rafael Paty, depois de cochilo do veterano Vânderson. Depois disso, a partida ficou confusa, embora o Paissandu continuasse a apresentar desenho tático mais consistente. Prova desse equilíbrio da equipe foi a recomposição dos setores depois do gol adversário.

unnamed (74)A dez minutos do fim, aconteceu o lance mais discutido da noite: a penalidade máxima apontada pelo árbitro Marco Antonio Mendonça (em atenção à sinalização do auxiliar) sobre Lima. Vi mais malandragem do atacante do que intenção faltosa do goleiro, mas a infração foi assinalada, o defensor expulso e o gol convertido por Pikachu.

A partir daí, o Paissandu ficou com o controle das ações. À base de toques em velocidade e forte presença ofensiva, buscava explorar a vantagem numérica. Pikachu, que já havia brilhado no primeiro tempo, continuou no mesmo nível, criando manobras perigosas em contra-ataques.

A postura inteligente e madura do time de Mazola Junior não arrefeceu o ímpeto do Santa Cruz. Mesmo com goleiro improvisado e muita desarrumação, partiu com destemor em busca de novo empate. A tática suicida resultou em espaços na defesa. Foi assim que, aos 49 minutos, Lima recebeu passe açucarado de Pikachu e marcou mais um, fechando o marcador.

unnamed (59) 

Evolução na parte ofensiva

unnamed (64)Apesar das circunstâncias finais do jogo, o Paissandu foi bem superior ao time da primeira rodada. Mazola conseguiu dar ao meio-de-campo uma força que compensou a ausência de um organizador. Lineker continua abaixo das expectativas e Djalma luta muito, mas não tem características de criador de jogadas.

Continuo achando, porém, que o técnico exagera nos cuidados defensivos, talvez por não confiar na sua meia-cancha. Ontem, utilizou novamente três volantes contra um Santa Cruz bom com a bola nos pés, mas confuso na distribuição de jogo.

De toda maneira, o Papão apresentou evolução visível e algumas peças apareceram muitíssimo bem. Mateus confirma a impressão deixada na Série B e Lima mostra-se mais à vontade no ataque, escoltado por Pikachu, que voltou a jogar com alegria.

unnamed (41) 

Torcida continua distante

A torcida segue devendo presença nos jogos realizados na Curuzu, embora tenha suas razões em criticar o ingresso a R$ 30,00. Ontem, a renda foi ainda menor do que domingo. Apenas R$ 33.810,00 para um público pagante de 1.194, um dos menores da história recente do clube. Com despesas de R$ 21.810,28, coube ao Papão a irrisória soma de R$ 12.199,72. Números típicos de quem paga para jogar. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola) 

———————————————————– 

Novo desafio para o Leão

O Remo terá, finalmente, força máxima hoje à noite. Seus três reforços para o ataque (Leandrão, Zé Soares e Tiago Potiguar) podem ser escalados diante do Independente. A única dúvida é quem fará companhia a Leandrão no ataque, se Soares ou Potiguar. Um técnico mais ousado arriscaria entrar com três atacantes. Charles não tem esse perfil arrojado.

Como tem sido a tônica da competição até aqui, não se espera facilidades para o Leão. Muito pelo contrário. O time de Tucuruí venceu a primeira fase do Parazão e, apesar de algumas perdas, tem entrosamento. Lecheva é o técnico e busca apagar a má impressão deixada na passagem pela Tuna.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quinta-feira, 16)

53 comentários em “Vitória justa, mas no sufoco

  1. Os bicolinos do blog choraram, choraram, aqui sobre a atuação do árbitro na partida do Remo, mesmo que no primeiro jogo o PSC já tenha sido ajudado.

    Agora a situação se complicou, com um penal mandrake e a expulsão do goleiro, quero ver falaram qualquer coisa sobre beneficiar o Remo.

    O belíssimo ataque do Paysandu jogando sem goleiro do outro lado, como diriam “Mas assim, papai!”

    o Remo vai com força máxima, ainda desorganizado, mas espero que com mais competência. Ainda tendo um trunfo para o segundo tempo. Ratinho e Zé Soares, é aguardar pra correr pro abraço.

    Em tempo: a fiel não é tão fiel e daqui a pouco o Paysandu vai mudar de nome para “Sujinhos do Mangue”, só olhar nas fotos do Mário Quadros

    Curtir

  2. Excelente Pikaxu. Muito bom o Lima. Milagroso o goleiro. No mais, um time muito desentrosado, ainda. Mas, o entrosamento, quando vier, não vai neutralizar a limitação do elenco até agora exibido. Com menos 1, e com um goleiro improvisado, o Tigre Salgado chegou a encurralar o listrado. Pagou o preço do ímpeto levando o terceiro gol, mas desbravou alguns caminhos que futuramente poderão ser explorados por equipes melhor qualificadas.
    Quanto ao pênalti, mesmo tendo certeza que quando o Lima foi tocado a bola já estava completamente fora de seu alcance, acho que o árbitro não pode ser crucificado por ter marcado a penalidade, máxime porque ele atendeu ao veemente aceno do auxiliar. Enfim, vou olhar melhor através do trabalho das outras emissoras as quais certamente têm imagens de ângulos alternativos que me permitirão um julgamento mais abalizado. Mas, em princípio, se erro ocorreu, é daqueles compreensíveis. Todavia, elucidação garantida só mesmo com a opinião do especialista do blog, o Edmundo.

    Curtir

  3. Desconfio que o preço dos ingressos é apenas um dos motivos pela ausência da torcida na Curuzu. A cabeça em outras competições talvez seja fator tão decisivo quanto essa tunga no bolso do aficcionado bicolor.
    De fato, acostumados ao protagonismo no cenário nacional, ultimamente o torcedor do Papão sempre fala do campeonato regional como um evento preparatório ao calendário nacional. Com a realização da tal Copa Verde, este ano, então, esse sentimento de dar pouco valor ao Parazão parece ainda mais forte.
    Quanto ao time, evolui. E parece ter espaço pra evoluir ainda mais, basta poupar o Lineker da titularidade nesse momento. A substituição certa no intervalo, após atuação abaixo do esperado, deixa a sensação de que a titularidade ocorre por não ter outro, assim que tiver o jovem meia será relegado ao banco ou nem a isso. Vanderson também corre o risco de perder a vaga pro também veterano Augusto Recife; e Pikachu, se ficar, tende a tornar-se o Leonardo Moura do Paissandu, isto é, um meia atuando pela lateral do campo.

    Curtir

  4. Égua com penalty mandrake e um pibinho de 1.000 pessoas, paciência.

    Melhor levar o jogo lá pro Society da batista campos.

    Curtir

  5. Disque o Jayme está sendo contratado com pompas pelo Paysandu…
    Teve bicolor que quis encarnar quando o Remo levou o ER, maestro, pras bandas do Baenão. Quero saber como se sentem agora, contratando nosso dente de leite.
    Discorram.

    Curtir

  6. – Mas, como o Edson disse, quanto mais os interioranos pegarem porrada, melhor pro Remo.
    Então que seja.
    – Vamo ver como o time do Charlão da massa se comporta hoje, administrando a máquina azul. Ainda acho que o sistema defensivo está fragilizado.
    -Tô rezando para não me estressar com Leandrão hoje. Não gosto do futebol dele desde que acompanhava o ABC. Muito pesado…

    Curtir

  7. Jorge, fizeste un excelente comentário sobre a questão público. Vou pontuar alguns outros aspectos.
    1 – Campeonato Paraense é uma competição secundária para o Paissandu. Além disso, o torcedor sabe que o clube, invariavelmente vence sem fazer esforço, ja que o rival, menos conhecido nacionalmente, não tem feito valer a rivalidade nesta competição (única que ocorre o famoso Derby (?) Amazônida.

    2) A torcida acostumou-se mal com o protagonismo do clube na série B. Entendo que a torcida deve reconhecer que no momento estamos em um escalão terciário do futebol brasileiro, isto não é bom, mas é melhor do que está sem escalonamento.

    3) Este terceiro tem relação direta com o segundo, acostumados com protagonismo, o torcedor ai da está irritado com o rebaixamento sofrido no ano de 2013, ser rebaixado nunca é bom, mas somente é rebaixado clubes que disputam série C, B e A, ja que ninguém é rebaixado ao disputar a cobiçada série D.

    4) O valor do ingresso, que penso que não deve ter seu preço reduzido, ja que fazer futebol é caro, acredito que com os resultados (principalmente se conquistar a copa verde) a torcida tenderá a retribuir na serie C (competição mais importante do ano para o Paissandu).

    Curtir

  8. Não tenho nem ideia de quem é esse Jayme e muito menos ouvi alguém comentar sobre essa possível contratação.
    Quem eu sei que gosta de purpurina e confete é o sem divisão. Para o torcedor do Maior do Norte, o PAPÃO, só interessa o resultado.

    Curtir

  9. Peço desculpas pelos erros de digitação, esses celulares são legais, mas horríveis de digitar.

    O Paissandu vem evoluindo, apesar do time extremamente regional, penso, diferentemente de alguns, que a saída do Lineker ontem foi prejudicial ao esquema empregado por Mazola, que era Lineker apoiando o lado esquerdo e Djalma o lado direito. Penso também que Zé Antônio deveser ttitular bo lugar de Vanderson.

    Gerson, para mim, a preocupação de Mazola com a defesa vem da idéia de que a confiança vem clm vitórias, logo jogar com um bom Ferrolho, no momento que o clube está bastante fragilizado, é uma forma de sar confiança para os jogadores..

    Curtir

  10. Ano passado a trilha sonora era assinada pelo Odair José. Agora parece que querem contratar o Hermes de Aquino. O grande cronista Morsa é de fato um profeta. kkkkkk

    Curtir

  11. Já dizia a canção do Rei Roberto: – “tudo estava igual como era antes, nada se modificou”. A torcida do remorto insiste na competição de maior público, pois afinal é o que lhe resta…..a torcida do papão só interessa no gramado e por isso é o Campeão dos Campeões. Se torcida ganhasse jogo a final da copa do mundo seria China x Índia.

    Curtir

  12. Com uma exaltação altamente qualificada como esta, vinda deste ícone, não é de admirar que o Fenômeno Azul esteja a cada temporada mais Fenomenal ainda. Afinal, como diz o Gigante Raulzito, ‘é de batalhas que se vive a vida’ e a ‘água viva ainda está na fonte’.

    Curtir

  13. Acho que foi ontem, no Redação SPORTV, André Rizek mostrou o visual do tenista tcheco Thomas Berdych, no Aberto da Austrália. O apresentador disse que o tenista tcheco usava uma camisa em listras azul e branco em homenagem ao Paissandu, fazendo alusão ao calor de Belém, comparável ao que está fazendo durante aquele torneio e que tem provocado um recorde de desistências.
    Ora, só um clube conhecido no cenário nacional pode ser objeto desse tipo de alusão e isso é fruto do nome que o Papão escreveu na história recente do futebol nacional.

    Curtir

  14. Verdade Jorge. Assiti o redação e foi no automático. O cara poderia ter dito Avai, mas a referência em listrado azul e branco neste país ja tem dono.

    Curtir

  15. Enquanto isso, na onda da rivalidade bem humorada e respeitosa, o blog vai surfando célere rumo à marca dos 5 milhões.

    Curtir

  16. No 13 a palavra era EXORTAÇÃO e não exaltação como saiu. Tens razão, Celira. Mas, como diria o outro: “tudo vale a pena…”

    Curtir

  17. Voltando a falar do desempenho do Papão.

    1) Noto evolução, sobretudo, em termos tático. É bem claro o que pensa Mazola das opções que tem para utilizar durante a partida. Papéis estão bem definidos no esquema planejado por ele.

    2) Até aqui, nota 8 para o treinador, que vem conseguindo obter resultados positivos mesmo diante da carência momentânea de reforços a sua onzena principal.

    3) O zagueiro Charles mostrou novamente excelente tempo de bola, agilidade e explosão na hora de combater os atacantes adversários. João Paulo ainda não inspira confiança.

    4) Aírton continua a ser uma incógnita. Acho que tende a fechar o jogo muito pelo meio. Talvez, com um meia canhoto como Bruninho ao seu lado, cresça de produção.

    5) Definitivamente, Zé Antonio não é mesmo jogador atuando como meia armador, do que quando joga como segundo volante…

    6) Vanderson é pura garra, vontade e dedicação, mas infelizmente, o gás do capitão acaba cada vez mais rápido. Foi bem ontem, até a falha, poderia inclusive, ter deixado sua marca.

    7) Eu passaria a testar Djalma como opção de atacante pelos lados, atuando mais avançado e explorando sua velocidade e capacidade de chegar a linha de fundo. Ainda mais, faltando ao elenco bicolor, jogador com essas características.

    8) Lima veio pra ficar. Candidato fortíssimo a artilheiro do Parazão.

    9) Yago é sempre uma válvula de escape poderosa. Se não for por uma quantia bastante considerável, é peça indispensável.

    10) Meu meio de campo com as novas contratações seria: Recife, Zé Antonio, Héverton e Bruninho (ou Djalma). Vai depender de que lado o ex-meia da Portuguesa se sente mais a vontade e rende mais em campo, se na meia direita ou na meia esquerda.

    11) Eu apostaria sim na contratação do garoto Jayme.

    Curtir

  18. Time de lutar para nao ser rebaixado na serie D, sim falei serie D, esse time do papao e fraco, rediculo qualquer timeco do Brasil depois do vexame na B ja teria mandado Ze Antonio e. Vanderson irem pastar em outra grama, mais na casa da mae Joana esses fois rediculos tem vaga.

    Curtir

  19. Paysandú ganhou o jogo. Se com a ajuda ou não da arbitragem, no final do campeonato não se vai falar muito nisso.
    Hoje espero que o Remo ganhe também, porém jogando bom futebol e aproveitando as oportunidades que serão criadas.
    Fenômeno azul deverá comparecer, mas em número um pouco menor que na última segunda-feira, que foi de estrea.

    Curtir

  20. Disse tudo, amigo Luís. Torço pelo dia em que a verve, a ironia e a provocação sutil sejam a tônica aqui nos comentários.

    Curtir

  21. Concordo com sua análise, amigo Celira. Mas é preocupante ver o Mazola armando ferrolhos na meia-cancha contra adversários como Gavião e Santa Cruz. Já até imagino o que ele fará no Re-Pa, daqui a 3 rodadas.

    Curtir

  22. Aliás, sendo o mando do adversário, é possível que muita gente vá se reservar para o domingo, inclusive porque a grana anda escassa. Mas, por outro lado, há a estreia dos atacantes… Enfim, só lá é que se vai constatar como vai se comportar quantitativamente o Fenômeno.

    Curtir

  23. Amigo Gerson, a rigor, foi do Celira, a excelente citação. Eu, na realidade, reconhecendo a pertinência para o caso concreto da torcida azulina, apenas pincei dois versos da antológica letra para ilustrar.

    Curtir

  24. O sufoco se deu em virtude do Mazzola manter a dupla Vanderson/ Zé Antônio juntos, na série B ficou provado que esse dois jogadores não podem jogar juntos por serem lentos. Enquanto a dupla esteve em campo o Santa cresceu, o bicola só melhorou com a saída do Vanderson. Se o Pikachu ficar vai ser uma boa dobradinha com o Limagol, sim Limagol, já que lembra bastante o nosso Robgol.

    Curtir

  25. Gerson, foi jogando numa retranca infernal que Mazola salvou o Cuiabá da degola na Série C, portanto, acho que o Paysandu jogará assim este ano.

    Curtir

  26. Thiago Correa;
    Atendendo ao apelo, contido no teu post nº 5, quero referir que no caso da atravessada do er, o que ficou na bronca da Fiel Celeste Amazônica, não foi esse simples fato, afinal, onde se paga mais, prá lá dirige-se o barco, isso é regra geral; tampouco foi o fato do cara ser mau caráter, fato comprovado com a atravessada, o que indignou a Celeste, foi a falta de atitude da diretoria do Bicolor Amazônico, que não teve aquilo rôxo, prá agir na hora das ocorrências dos fatos, cuja atitude pilantrosa do jogador, foi fator contributivo para o nosso rebaixamento, que vocês festejaram, por isso, o contrataram, mas, a água já passou debaixo da ponte e essa não volta mais, a realidade estabelecida, é que mau caráter uma vez, mau caráter sempre, o que ele fêz aqui, o fará aí também, é só não lhe aumentarem o salário, quando bater o pezinho, e como a voga é recado musical, eu, nesta temporada, ainda os ouvirei, cantando Luiz Ayrão, em “bola dividida”:

    Bola Dividida (Luiz Ayrão)

    Será que essa gente percebeu, que essa morena desse amigo meu
    Tá me dando bola tão descontraída, só que eu não vou em bola dividida
    Pois se eu ganho a moça eu tenho o meu castigo
    Se ela faz com ele, vai fazer comigo
    E vai fazer comigo exatamente igual
    E ela é uma morena sensacional
    Digna de um crime passional
    E eu não quero ser manchete de jornal

    Será que essa gente percebeu que essa morena desse amigo meu
    Tá me dando bola tão descontraída
    Só que eu não quero que essa gente diga
    Esse camarada se androginou
    A moça deu bola à ele
    E ele nem ligou.

    Curtir

  27. Neste instante o comentarista da Clube diz taxativamente que ontem o Lima ajeitou com a mão a bola que resultou na penalidade máxima e no segundo gol do listrado. Assisti as imagens de duas emissoras (Cultura e Liberal) e sinceramente não vi esta mão de gato. Aliás, desta vez o melhor ângulo foi o da Cultura.

    Curtir

  28. Não será transmitido o jogo do Leão hoje pelo Portal Cultura ?

    Vou ficar na Radio Clube mesmo.

    Curtir

  29. O time evoluiu sim mesmo comum plantel tao limitado em valores. Acredito qur com as estreias de A. Recife e Heverton o time melhore mais de producao.
    A saida do Lineker, mesmo destoando dos demais, rejudicou o esquema bicolor.
    O gol de Pati foi um achado no meio da partida
    Tocida ainda muito put….com o rebaixamento,penso eu, boicotando o Vandique. Temos que ver que diferente do ano anterior o time tem vid e todos se esforcam apesar da falta de preparo e um caledario muito prejudicial aos atletas.
    Esta na hora de apoiar o time e baixar o preco do ingresso!

    Curtir

  30. Mazola caminhando bem à frente do Papão. Neste início de campeonato já temos jogadores de destaque como: Lima, Charles, Matheus e PiKachu. Precisa de um lateral-esquerdo e barrar o Vanderson. Talvez esteja jogando com três volantes, por falta de meio-campistas para organizar as jogadas. O Santa Cruz até apresentou uma boa marcação no 1º tempo, porém do meio pra frente é muito desorganizado.
    Quanto ao Leão, vamos observar o jogo de hoje debaixo de chuva, como irão se comportar. Acho a zaga remista muito fraca, pelo menos foi a impressão que ficou na segunda-feira, se pegar um time que toque a bola rápido e com velocidade vai levar sufoco.

    Curtir

  31. Menos de 1.600 pagantes?kkkkkkkkkkk…Fiel do Paraguai tá de parabéns. Só aparece quando vem time grande do RJ ou SP. A grande verdade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s