Os desafios da Série A

30 de setembro de 2013 at 2:33 9 comentários

Por Gerson Nogueira

bol_seg_300913_23.psAo Botafogo acontecem coisas que até Deus duvida. Empreendeu uma campanha impecável no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, quando resistiu à saída de jogadores importantes (Andrezinho, Felipe Gabriel e Vitinho) e chegou a liderar a competição. A arrancada foi ainda mais surpreendente porque o elenco estava com salários atrasados há dois meses.

Sempre desconfiei do fôlego do elenco em face da dureza de um torneio de pontos corridos, de longa duração e equilíbrio acentuado. Ainda assim, a equipe continuou brigando pelas primeiras posições e alimentando o sonho de conquistar o bicampeonato brasileiro.

Curiosamente, quando os salários começaram a ser atualizados, o time desandou. Claro que é apenas coincidência, pois a derrocada viria mesmo de outra direção: a disputa simultânea das fases mais árduas da Copa do Brasil.

Quando a Copa BR afunilou, o time teve que se desdobrar em confrontos duríssimos com Atlético-MG e Flamengo, sobrecarregando os jogadores titulares, notadamente Seedorf, maestro da companhia. Do alto de seus 37 anos, o holandês não conseguiu mais manter a qualidade apresentada no primeiro turno e arrastou com ele o time inteiro.

Na verdade, Seedorf é o símbolo da situação, mas não pode ser visto como culpado da má fase do time, que já completou quatro rodadas sem vitórias, afastando-se bastante da liderança e colocando em risco a classificação à Taça Libertadores.

As contusões e suspensões de jogadores, comuns a uma competição de longo curso, também afetam terrivelmente as forças do Botafogo. Nem mesmo o elogiado aproveitamento de jogadores da base – como Dória, Júlio César, Octávio, Alex – e novatos, como Hyuri, amenizam a sobrecarga física e a fadiga técnica da equipe.

Ainda é possível salvar a temporada, mas o Botafogo é o retrato da ausência de planejamento que compromete uma campanha. Na Série A brasileira, uma das mais difíceis do mundo, quem não se reforça – como o líder Cruzeiro – corre o risco de ficar a pé no meio da estrada.

Acentua ainda mais o grau de dificuldades quando o time sofre, em duas rodadas seguidas, erros capitais da arbitragem. No domingo anterior, o Bahia venceu no Maracanã com um gol de Obina em fragoroso impedimento. Sábado, também no Maraca, a Ponte Preta chegou à vitória através de um pênalti suspeitíssimo. Enfim, como diria o velho Saldanha, vida que segue…

————————————————————————-

A semana do Leãozinho

O Remo terá uma semana movimentada e por razões que normalmente não mereceriam maior atenção da torcida. Mas, como a fase é de férias forçadas no futebol profissional, o torcedor supre as carências afetivas acompanhando a brilhante trajetória do esquadrão sub-20, que se prepara para encarar o Flamengo na segunda fase da Copa do Brasil da categoria.

O jogo, previsto para quarta-feira, às 19h30, tem o ingrediente positivo de contar com transmissão ao vivo para o resto do país. Funciona como estímulo a mais para os jovens atletas e faz a torcida se encher de planos para exibir sua pujança nas arquibancadas do Mangueirão.

Valter Lima, que nada tem a ver com essas outras questões, trabalha em silêncio, como de costume. E arma um time extremamente ofensivo, com três atacantes, para vencer o Flamengo. A bem-sucedida passagem pela primeira fase, superando o favoritíssimo Vitória, dá combustível aos planos do treinador.

Ainda sem Jaime no comando do ataque, o time muda de feição e vai apostar no estilo rompedor de Rodrigão, escoltado pelos velozes Edcléber, na esquerda, e Guilherme pela ponta direita. O Leãozinho não é favorito, mas se arma com os recursos que tem para superar o tradicional clube carioca.

————————————————————————–

Direto do blog

“Acho de uma irresponsabilidade imensa um amistoso destes com o Paissandu em reta final na Série B e correndo o risco de ter atletas lesionados para o resto do campeonato. Seria burrice extrema da parte da direção bicolor aceitar tal sandice!”.

De Miguel Ângelo Carvalho, contrário ao Re-Pa na antevéspera do Círio. 

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 30)

Entry filed under: Uncategorized.

Rock na madrugada – Led Zeppelin, Over The Hills And Far Away Um jogaço em Curitiba

9 Comentários Add your own

  • 1. Rocildo Silva Oliveira Silva de Oliveira  |  30 de setembro de 2013 às 8:03

    O medo não é esse não meus grandes amigos do mais querido. O medo e de saber que eu estarei na arquibancada e as chances do maior do Norte,do mais querido meter o cassete no papinha é imensa, e ai o clima de terror vai tomar conta da casa do nosso freguês. Vou dar um conselho para o grande presidente bicolor. Meu amigo não meta a cara, que o cassete é certo, e quem está afirmando é o grande vencedor de Remo x Papinha Roclldo Oliveira, 118 jogos assistidos ao vivo e a cores , 76 vitórias, 17 empates e 23 derrotas.

    Curtir

  • 2. Rocildo Silva Oliveira Silva de Oliveira  |  30 de setembro de 2013 às 8:10

    Com ou sem moderação eu mandei o meu recado. E querem saber de uma coisa, esse papo de torcedor do Remo dizer que torce para o papinha se manter, e de torcedor do papinha que quer ver o Remo numa boa, é tudo papo furado. Torcedor que é torcedor não entra nessa. E mais o futebol paraense , se mantém a custa de toda essa rivalidade, se todo mundo fosse consciente a coisa já teria perdido a graça faz tempo. O torcedor consciente como se auto denominam os que pensam ser intelectuais do futebol, não vão para a arquibancada pegar sol e chuva para torcer para seus respectivos clubes, ficam em casa com um computador teorizando sobre futebol e suas evoluções. Viva a rivalidade, viva a secada e viva tudo o que mantém o futebol vivo. Papinha rumo a série B, e Remo rumo ao sucesso total.

    Curtir

  • 3. Wilson Costa  |  30 de setembro de 2013 às 8:36

    Esquadrão? rsrsrsrsrs!!!!

    Curtir

  • 4. ANTONIO Valentim  |  30 de setembro de 2013 às 8:39

    Quando se trata de Botafogo, sempre ligo o desconfiômetro, porque, como se costuma dizer, tudo acontece com o clube da estrela solitária. Muitas vezes o adversário está lá dentro mesmo, a exemplo do que tem ocorrido com o meu estimado Clube do Remo.

    Falando em Clube do Remo, diz o provérbio popular que “Deus escreve certo por linhas tortas”, já eu digo que “As linhas que os homens entortam, Deus endireita, e Ele acaba escrevendo certo por linhas certas”. Nesse sentido, independente de vencer o Flamengo, independentemente de seguir em frente na competição, essa garotada do Clube do Remo sub-20 dá a todos nós, azulinos, um grande alento, uma grande esperança.

    Tomara que, num desespero de causa – como tem ocorrido várias vezes – não chamem um treineiro qualquer que traga uma caçambada cheia de perebas, e com isso atletas como Jaime, Rodrigão, Guilherme, Edcleber e outros, acabem brilhando em outras plagas.
    Alguém já viu isso?

    Curtir

  • Não existe motivos pra realização de um Re-Pa.

    Sinceramente, o Vandick tá pisando na bola nesse sentido.

    Curtir

  • 6. miguelangelo1967  |  30 de setembro de 2013 às 22:44

    A campanha do Botafogo é uma caixa de surpresas. Agora até a vaga da libertadores está ameaçada. Desgaste da peça principal faz parte de uma falta de planejamento imensa.
    O Cruzeiro teve um planejamento e certamente está levando o título com sobra pois preparou um bom plantel e o reforçou no decorrer do campeonato!
    E quanto ao RexPa minha opinião é a mesma, sou totalmente contra!

    Curtir

  • 7. Heleno  |  1 de outubro de 2013 às 2:14

    Que clube de remo é esse ?! Ah, tá, aquele que abandonou o futebol profissional.

    Curtir

  • 8. Heleno  |  1 de outubro de 2013 às 2:15

    Agora, o CR só participa de futebol sub-20 e regatas de remo.

    Curtir

  • 9. Harold Lisboa  |  1 de outubro de 2013 às 9:57

    Enquanto o Bota morre de sede em frente ao mar, minha Tuna procura um, e o Remo finge que tem…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,320,927 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.815 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

setembro 2013
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: