30 comentários em “Capa do Bola, edição de terça-feira, 17

  1. Com esse time pereba acho dificil, nao ganha de ninguem fora, e quando joga em casa e um Deus dos acuda pra ganhar o jogo. Se o Vandick tivesse mandado uns 10 embora logo o termino do Parazão e feito logo as contratacoes nao estavamos nessa pendenga.

    Curtir

  2. Podem trazer o Guardiola, que não vai resolver, bem disse o Arthurzinho. Quem sabe ele repetirá essa mesma sentença, após sua provável demissão.

    Curtir

  3. Amigo Marcelo a verdade é que o nosso time, às vezes, é uma caixa de más surpresas, com o futebol que jogou contra o América de Natal será mais uma derrota. Se a saída do arturzinho for a solução então demoraram muito para tomar esta atitude!
    Infelizmente podemos constatar que o problema não é treinador mas a má qualidade técnica e física dos nossos jogadores. O time foi montado nas coxas, não houve planejamento, perderam muito tempo com jogadores de qualidade duvidosa, pífias apresentações nas primeiras rodadas,trouxeram um treinador ultrapassado e sem ambição e junta-se a isso jogadores “veteranos” sem a menor chance em outros centros esportivos vêm explorar o time alvi-azul.
    Ontem fiz uma série de projeções e só pude enxergar a série C no fim do tunel,será muito triste depois de brigar seis anos para sair do buraco voltar a ele quando tínhamos tudo para fazer uma grande campanha que pelo menos nos deixássemos na segunda divisão sem a agonia que passamos hoje.
    Culpados existem mas sabemos que os erros não são propositais, ninguém dá tiro no pé,mas vamos esperar só o tempo dará a resposta!
    Meuplacar para hoje Paraná 4 x 0!

    Curtir

  4. De um Setorista do Paysandu: Conversa nos vestiários do Paysandu, após o jogo contra o América/RN:

    1- Athurzinho: ” Mandamos no jogo, merecíamos ganhar a partida, pois jogamos bem. Vocês querem falar alguma coisa(se referindo aos jogadores)?”

    2- Jogadores: Todos, ficaram Calados…

    3- Vandick Lima: Eu quero falar: ” Pra mim, o time merecia era ter sido goleado. A equipe não jogou nada”… E veio embora para Belém..

    Isso, diz tudo… Se perder, hoje, já era o Arthurzinho…

    É o que penso, também..

    Curtir

  5. É, caro Cláudio, mas NADA garante que os jogadores irão, da noite para o dia, pôr em prática um bom futebol. Os caras estão muito mais que “incinerando” o téc. e sim empurrando o clube à série-C !! Esse elenco, para mim, está desmoralizado e não é nada confiável. Podem trazer o Guardiola…

    Curtir

  6. Só dá alegria pros secadores. Se torcesse por esse time ocioso do remo,ficaria calado o tempo todo e sei que ainda não seria suficiente.Como vou apontar os defeitos dos outros com meu dedo todo sujo de lama ? ´´E o imundo falando do mal lavado !

    Curtir

  7. Prezados, toda as vezes que cogita-se a demissão de Arturzinho, fala-se aqui no blog da possibilidade de João Galvão assumir o comando do papão. Na noite de ontem, falei com o “bocudo” no aeroporto de Brasília durante uma conexão. Perguntei sobre a meta de superar o Mestre Telê Santana no recorde brasileiro de um técnico a frente de um time e o mesmo confirmou que, mês que vem, quebra o recorde de Telê a frente do São Paulo. Sobre a possibilidade de assumir o Paysandu, foi enigmático…..disse: – “quem sabe?”. Com a palavra os amigos do blog.

    Curtir

  8. Não é nada inteligente (por parte da diretoria) divulgar isso postado pelo Cláudio. Caso haja realmente uma frente de jogadores contra o técnico, a postura de hoje revelará.

    Abs

    Curtir

  9. Amigo Claudio o paisandu pode contratar Guardiola e Murici junto, mas com esses pernas de pau que tem ai nao vai adiantar nada.

    Curtir

  10. Cláudio, há muito que o Arturzinho deveria ter sido demitido, essa LENIENCIA do Vandick, é que incomoda a torcida, pois se ele realmente falou isso, falou besteira, deveria ter agido logo e desligado o técnico e em seguida a trinca Eduardo Ramos, Nicácio e Yarlei.
    Oliveira, em entrevista a um repórter, após o jogo contra o sampaio Correia (se não me falha a memória) o João Galvão falou que na campanha do ano passado, ele só não aceitou sair do Águia, para dirigir o Grande Bicolor Celeste Amazônico, devido ao fato que ambos estavam na mesma competição, qual seja, série C e quando o convite fora feito, o próximo jogo do Bicolor seria exatamente contra o Águia, elementar que naquela situação, ele não sairia, mas quanto ao futuro, respondeu também com esse QUEM SABE? penso que o Vandick realmemnte está perdidinho da silva, como dizemos, pena que não haja um administrador ao lado dele, para mostrar a equação Custo X Benefício das contratações e dos altos salários do Eduardo Ramos, Yarlei e Marcelo Nicácio, pois como postei em outro post, prá participarmos e apenas mantermo-nos na segundona, não precisamos desses medalhões, sou defensor ferrenho dos regionais, sem contudo, ser Xenófobo, reconheço méritos no trabalho do Arturzinho, mas, deixou-se engolir pelos diretores mandões que escalam atletas que indicaram, dos quais são “protetores” em detrimento dos objetivos do clube, por isso e pelos resultados pífios e sobretudo pelas desastrosas mexidas, que em meu entendimento tem deterrminado as derrotas que temos sofrido, é que entendo que ele há muito já não deveria comandar o Grande Bicolor Celeste Amazônico.

    Curtir

  11. Pernas de pau tem lá onde eu brinco uma peladinha, todo final de semena, amigo Luiz Papão. No Paysandu, são jogadores medíocres, covardes, mercenários, um bando de safados, anões de jardim, que não tem compromisso nenhum com o clube, infelizmente.

    Meu placar de hoje: Parana 3 x 0 time medíocre.

    Como diz o Bad Boy. DOA A QUEM DOER.

    Curtir

  12. Amigo Acácio para acabar a fritura não precisa jogar água fria mas sim uma bomba que detona tudo de vez e do que restar faz-se um novo começo!

    Curtir

  13. Imagino que, talvez, a uma hora destas, o elenco será que já está aprumando o caldeirão e verificando a quantidade de óleo, para mais tarde implementar a fritura final do Pequeno Arthur. Se isto for verdade, saibam que sou totalmente contra, anti-profissioanal, anti-ético, enfim, uma tremenda de uma sacanagem, com o Pequeno Arthur, mas muito mais com o PSC e sua imensa torcida. Já disse e volto a repetir: esse elenco está empurrando o PSC para a série-C.

    Curtir

  14. Verdade, Heleno. O cara pode não ser um estrategista como aqueles cobrados pelo nosso Cláudio Columbia, mas pelo menos parece ser um profissional que gosta de trabalhar e de cobrar trabalho. O problema é a turma que vinha mal acostumada e que agora sente a carga,
    Espero que o Paysandu consiga um bom resultado lá fora que será fundamental para a sequência de dois jogos em casa.

    Curtir

  15. SE O vANDICK, BANCAR A PERMANENCIA DO ARTURZINHO, TERÁ DE IMEDIATO DE DESLIGAR DO PLANTEL O EDUARDO RAMOS, O NICÁCIO, O YARLEI, ALÉM DO FABIANO SILVA, E COBRAR O APROVEITAMENTO DOS DA CASA, BILLY, PABLO, CAIO, BRUNO, ROMÁRIO, E POR FALAR NOS DA CASA, O QUE FIZERAM DO LINEKER?.ALGUÉM SABE INFORMAR POR ONDE ANDA?

    Curtir

  16. Será que Vandick irá manter o pagamento de “bicho”, em caso de derrota ?! É bom que ele chame o LOP, para dar um esporro no elenco.

    Curtir

  17. Seedorf se posicionou contra a arbitragem brasileira nesta terça-feira. Segundo ele, os juízes têm apresentado uma mudança de comportamento nas últimas partidas e menos faltas a seu favor têm sido marcadas. Irritado, o holandês criticou o excessivo número de cartões que recebeu e cogitou até começar a cair mais para ter a infração marcada.
    “Deveriam proteger quem constrói o jogo. Estou muito irritado com isso, sinceramente. Tem outras situações que marcam para os outros e não para mim. Foi assim com o Ronaldinho também. Não quero falta quando não é, apenas quando ocorre. Eu e o Ronaldinho tentamos sempre ficar em pé. Mas têm chegadas que não dá para se manter. Se o zagueiro pode parar o adversário com violência, fica difícil. Não é justo. Gosto quando jogam duro, até peço isso a eles. Mas na bola, não no corpo. É uma falta de justiça e gostaria que fosse revisto. Nunca falei porque achei que pudesse piorar. Mas a relação piorou muito. Se não mudar logo vou ter que cair, como gostam aqui. Os juízes dizem ficar chateados com isso, mas não protegem quem não cai”, disse Seedorf.
    Visivelmente irritado, o meia holandês também reclamou de perseguição. “Sinto uma diferença de quando joguei das últimas oito rodadas. Deixaram de apitar várias faltas a meu favor. Não estou dizendo de qualquer lance, mas faltas que existem. Estou levando mais pancadas sem bola e não consigo me proteger. Entram de maneira excessivamente forte e não fazem nada. Não caio o tempo todo e não entendo essa mudança contra a minha pessoa”.
    Seedorf disse ainda que no jogo contra o Corinthians acabou sendo prejudicado pelo fato de não cair por qualquer coisa. Além disso, ele vê o alto número de cartões amarelos recebidos neste Brasileiro: 5. Ele diz que seu histórico fala por si e compara o período em que jogou no Milan como parâmetro.
    “Contra o Corinthians sofri um pênalti e fiquei de pé. É a minha mentalidade. E, por isso, não foi marcado. Não caio à toa. É uma tendência que deveriam rever. Não estou vendo justiça nos nossos jogos em termos de falta. Estou recebendo mais cartões amarelos que em quatro anos no Milan. Três foram justos, parando contra-ataque. Agora os outros são discutíveis. Falo com os árbitros todos os jogos para saber o porquê disso. Não entendo. Quase me machuquei três vezes. Se não me protejo… Os atletas veem que não marcam falta e vão com tudo”, afirmou.
    Seedorf está confirmado para enfrentar o Cruzeiro nesta quarta-feira, às 21h50, em Belo Horizonte. Os mineiros são líderes do Campeonato Brasileiro com 46 pontos. Já o Alvinegro ocupa a segunda colocação, com 42.
    Minha opiniao : Seedorf, esqueça a arbitragem e jogue da forma que vc está jogando…ajude o clube da estrela solitária ser campeao Brasileiro…

    Curtir

  18. Eu também notei a perseguição sobre o holandês. É uma pena ver que jogadores de verdade que só caem quando é impossível ficar de pé por causa dos choques violentos e desleais de muitos adversários passam em branco por parte da arbitragem brasileira e o que se vê é que tem árbitro apitando falta em qualquer quedinha de certos jogadores queridinhos da mídia e o pior punindo quem joga futebol e sendo cortês com quem dá o ponta pé. A comissão de arbitragem tem que ser mais rígida com alguns árbitros coniventes como anti-futebol!
    Será que os árbitros brasileiros estão acostumados com o cai cai do Neymar que foi embora?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s