Arena Amazônia, candidatíssima a “elefante branco”

310107-970x600-1

Por Lucas Reis – Folha de SP

Um futebol mambembe e o clima úmido reforçam a vocação para “elefante branco” da Arena Amazônia, uma das sedes da Copa do Mundo-14. O estádio, com 76% das obras concluídas e capacidade para 44 mil pessoas, receberá um aporte extra de R$ 54 milhões. Está orçado hoje em R$ 605 milhões, acima dos R$ 515 milhões previstos.

Vai sediar quatro partidas do Mundial e depois custará R$ 6 milhões por ano em manutenção (energia, segurança, gramado etc.), segundo Miguel Capobiango Neto, coordenador da UGP-Copa (Unidade Gestora do Projeto Copa), ligada ao Estado.

A manutenção do futuro estádio do Corinthians, em Itaquera, custará em torno de R$ 36 milhões ao ano. Não se sabe quem bancará os R$ 500 mil mensais para manter a arena manauara, que recebe hoje a visita de Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa.

“Haverá licitação de operação para terceirizar o estádio para a iniciativa privada”, afirma Capobiango Neto.

Se depender do futebol local, a arena pode naufragar. A média de público do Amazonense não passou de 500 pessoas por jogo, e a arrecadação média foi de R$ 4.800. “Esperamos que a arena seja rentável como a de Brasília, que tem recebido jogos dos grandes times do Rio. Ela pode gerar receitas também com shows e eventos”, diz.

Mas não é apenas o pouco atraente futebol local, que hoje assistirá a uma rara partida de elite – Nacional x Vasco, pela Copa do Brasil -, a dificultar a sobrevivência da arena de Manaus. “O clima é um agravante. Temos seis, sete meses de chuva por ano. Quem vai fazer show musical aqui?”, diz Ariovaldo Malizia, diretor técnico da Fundação Vila Olímpica, braço do Estado que administra praças esportivas.

“O plano B é que nós administremos a arena até que apareça uma empresa interessada, que é o plano A”, afirma Malizia. A previsão do fim das obras é dezembro.

23 comentários em “Arena Amazônia, candidatíssima a “elefante branco”

  1. O Mangueirão também virou um elefante branco. Quando foi disputada a última partida nele? Dificilmente receberá alguma até o fim do ano e, a julgar pelo desempenho da dupla re-pa, a tendência é ser cada vez menos utilizado e com públicos cada vez menores. Olhemos para o nosso próprio umbigo antes de falar dos outros.

    Curtir

  2. Juan Pablo Escobar, o problema não é esse, pois a hora que colocarem jogo pra lá, se não lotar, mas vai um bom público.

    Elefante branco e pra estádios que não tem pespectivas de uso e uso com sucesso.

    Aqui em Belém é diferente, só no 1° semestre tivemos mais de 200 mil pessoas passando lá pelo colosso, e agora no 2°. realmente não vem sendo usado, mas a hora que o papão jogar lá, vai ter utilidade.
    Até mesmo o rival com seu sub-20 colcou mais gente do que em muitas partidas lá de manaus.

    Agora lá, como? Como?, Como? É que vão fazer uma partida de futebol com pespectiva de público?

    Curtir

  3. Juan Pablo, deixa de ser burro, nem compara as realidades. Outra coisa, a reportagem foi da Folha de SP. Todas as arenas são de alto custo, porém a de Manaus parece ser a única que será pouco utilizada, foi isso que a reportagem quis dizer.

    Curtir

  4. Burros são vocês, que negam o óbvio. Acham que somos uma potência esportiva, com as maiores torcidas do Brasil. Infelizmente a realidade não é esta que se quer impingir.

    Curtir

  5. Edson, não se pode negar a subutilização do nosso Mangueirão… Mas, de fato, a situação da Arena amazonense é, sem sombra de dúvidas, muitíssimo pior.

    Curtir

  6. Verdade, Edison. Incomparável a situação. Até porque o mangueirão nunca foi elefante branco. Primeiro porque o custo de manutenção é bem menor que os 6 milhões/ano previstos para a Arena Amazônia. Segundo porque aqui há eventos e públicos suficientes para manter o estádio, seja com futebol (profissional e amador), seja com atletismo, ou até, eventualmente, com outros tipos de eventos (musicais, religiosos etc).
    Com o inícício de reforma no Baenão, o Remo já solicitou a transferência dos jogos da copa do Brasil sub-20 ao mangueirão. E, provavelmente, a media de público será bem maior que em Manaus.
    Apenas para responder ao Juan, a última partida no mangueirão foi a final da copa norte sub-20. Mas o paysandu já jogou lá pela série B deste ano contra o paraná.

    abs

    Curtir

  7. Juan Pablo, o que entra na questão não é o mangueirão ter sido muito ou pouco usado, o que nos diferencia dos demais do Norte, é que aqui, futebol tem CALENDÁRIO, se vai ser no mangueirão, Curuzú, Baenão, no Souza, Zinho Oliveira, Arena Verde, é outro assunto; percebeu só quanta opção de futebol nós aqui temos? pode não ser potencia de futebol mundial, mas, ainda produzimos futebol, por estas bandas; mas, para te confortar lembro agora que a Arena Amazônia jamais será subutilizada como afirmam os cronistas do centro sul deste país, é que eles de lá de cima, não conhecem a força que tem o Caprichoso e o Garantido, a Arena Amazônia, na verdade será transformada em BOIBÓDROMO, o maior do planeta terra, não é de encher de orgulho???? parabéns aos metralhas havelange e ao genro RT, que visão empreendedora e que futuro….
    Ufanen-se!!! quem acha que deve!!!!

    Curtir

  8. O juan pablo tem um pouquinho de razão sim
    A manutenção e os jogos nas novas arenas são altíssimos.
    com os custos de jogar em um estádio fifa é que remo e papão iam se mudar de vez pro baenão e curuzu.
    por lá só ia ter re-pa e um ou outro jogo de expressão.

    é certo que o elefante de manaus vai ser mais pesado, mas por aqui penso que também teriamos um estádio deficitário.

    Curtir

  9. Se vai ser elefante branco, preto azul, dourado colorido não interessa. O que interessa mesmo para quem se propôs a construir este estádio são os objetivos que ja forão alcançados com muito éxito. E quais são esses objetivos?????
    R – Desvio de milhões de reais dos cofres públicos.

    Curtir

  10. Esse Pablo nem sabe o que é elefante branco! kkkkk meus amigos não se comparam o futebol dos dois estados AM e PA, o clássico local manauara não dá nem 5 mil pessoas, já o nosso querido clássico mais jogado no mundo quanto dá de público? quanto dá de renda? quanto os clubes faturam só com o campeonato paraense? o Pará perdeu esse sede pro Amazonas por pura politicagem e nada mais!

    Curtir

  11. Acho que foi em julho que assisti PaissanduxAtlético Paranaense, no Mangueirão. Depois disso, parece que marcaram um jogo do Águia pra sábado à tarde, sendo que não tenho informações do número de testemunhas deste último, sei apenas que o do Papão teve bom público, aliás, como já havia ocorrido em outro jogo da Série B, contra o Paraná Clube.
    Por isso, penso que o mastodontismo que nos acomete é de origem dessemelhante ao que acometerá a arena manauara. Lá é defeito de fábrica, ou seja, a fabricação de um palco aonde não existem artistas; já, aqui, o problema é a indigência administrativa que promove a subutilização do nosso estádio estadual, praticamente reservado para dois ou três RexPas, um outro jogo do Campeonato Brasileiro e o resto é jogo pra público inferior a 200 torcedores, o que caracteriza sua má utilização. Em ambos os casos, só a inovação supera essa ociosidade.

    Curtir

  12. Meus amigos, estou assistindo ao jogo Ceará x Guaratinguetá. A Arena Castelão está praticamente vazia, imagina a Arena do Amazonas ( não é da Amazônia, pois os manauaras não podem querer se apropriar da região). Não tem jeito Pablito, a arena de voces vai ser um white elephant.

    Curtir

  13. A saída para a Arena do Amazonas não se tornar um elefante branco é o flamengo e o Vasco se transferir para Manaus.

    Curtir

  14. Já disse aqui no blog, Manaus terá a mais linda arena de futebol nesta copa. Porém infelizmente tem tudo para ser um tremendo elefante branco, não tenho dúvidas. Conheço o futebol do amazonas e só com shows não conseguirão manter essa arena, o resultado disso será a destinação de mais verba pública para sua manutenção. Como resido aqui, já reservei a compra de ingresso para duas partidas, espero que seja embate com alguma grande seleção.

    Curtir

  15. A palavra “mambembe” utilizada pelo jornalista pelo que foi visto no jogo de ontem a noite entre Nacional e Vasco pela copa do Brasil foi bem escolhida.

    Apenas 7 mil ingressos, a maioria esmagadora torcendo pro Vasco, pessoas em cima de arvores aos arredores do estadinho do Sesc, policia e os que não conseguiram ingresso se confrontando, uma zorra.
    E por fim, o time nortista perdeu de 2X0 com dois gols bizarros, o 2° uma entregada daquelas de times de pelada.

    Não há duvidas, se não for no Mato Grosso, será em Manaus o maior Elefante Branco.

    Curtir

  16. Égua, ficou difícil comentar diante de tanta coisa certa dita por aqui, sem querer ser o dono da verdade, mas o objetivo foi alcançado sim senhor, a reforma do nosso mangueirão custaria bem menos que a construção deste estádio de manaus, ao final das contas os iludidos manauras se orgulham do estádio, mas esquecem eles que nós todos brasileiros pagaremos esta conta, fica a certeza que o tempo é o senhor de tudo mostrando a verdade nua e crua, acertos, conchavos e politicagem de grandes políticos fez com que perdessemos a copa em belém, ao frigir dos ovos acho que devemos fica felizes pois não participamos deste conluio, fica aqui meus parabéns aos políticos da época que não entraram em acordos. Não perdemos a Copa, a copa e que nos perdeu!!!!!!!!!

    Curtir

  17. O Teatro Amazonas tbm foi chamado de “elefante branco”,hj é muito mais importante do que esse Teatro da Paz em Belém,o mesmo vai acontecer com a Arena da Amazônia.

    Curtir

  18. Se os próprios paraenses(governo) não fossem tão arrogantes,quem sabe teríamos duas cidades-sede na Amazônia,mas não fiquem preocupados,Manaus vai ser umas das melhores cidades da Copa.Tenho muitos amigos paraenses e tenho certeza que eles amam Manaus como eu tbm amo,abraço aos meus queridos “vizinhos”.A copa não perdeu vcs,até pq…eles excluíram vcs kkkkkk até Rio Branco tinha mais potencial que vcs….na minha opinião.

    Curtir

  19. A inveja de vcs daí de Manaus sempre foi grande.
    Grande do tamanho desse elefante branco de vcs.

    Curtir

  20. Teatro Amazonas tem que ser importante.
    Afinal só tem ele…rsrsr!

    Ah sim, tem uma ponte agora! rsrsr!

    Na construção do Theatro Amazonas essa expressão nem existia!!…rsrsr!

    CAMPANHA: “VAMOS AJUDAR A PAGAR O ELEFANTE!”

    Sugiro, todo mês um RE x PA em Manaus!

    Paraense não é arrogante! paraense é apenas…PARAENSE!! … GRAÇAS A DEUS!!!!

    Curtir

  21. O mangueirão virou elefante branco, aonde filho??? Se informe direitinho antes de falar asneira. O mangueirão ficou interditado simplesmente pq entrou em reforma e troca do gramado.
    Sinto muito… mas do contrário de vcs se tem uma coisa que podemos nos orgulhar é do respeito que temos no futebol nacional. Afinal não é qualquer estado que pode se orgulhar de ter conquistado 08 TÍTULOS NACIONAIS, incluindo 03 BRASILEIROS da SÉRIE B e uma COPA DOS CAMPEÕES em cima do poderoso cruzeiro campeão brasileiro daquele ano tb, além de participação em histórica em Libertadores, melhor campanha de todos os Clubes na primeira fase, vitória no BOCA JR, dentro da La bombonera, goleada de 6 dentro do Paraguaí no CERRO PORTENHO, etc, etc….. Desculpem AMs mas vcs nunca souberam o que é futebol com esses timezinhos de quinta q nunca souberam o que é ter torcida. Assistam um RexPa no you tube pra saberem o que é paixão pelo futebol local de verdade, média de 40.000. Já vcs, só sabem o que é Flamengo e Vasco kkkkkk…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s