Bio de Luizinho das Arábias é lançada no Rio

19910_421061601345527_734139893_n

Foi lançada, no Rio de Janeiro, a biografia do ex-jogador Luizinho das Arábias, que defendeu Paissandu (1987/88) e Remo (1989), e morreu em Belém. A autoria é de Jackson Sala, escritor carioca que teve a ideia de homenagear o saudoso atacante. O lançamento do livro “Sai o Rei, entra Luizinho” aconteceu na última terça-feira (6) via internet. Na capa, o jogador aparece com a camisa do Botafogo, onde viveu um de seus melhores momentos na carreira. O prefácio é de Washington Rodrigues. Para obter notícias a respeito, basta clicar no link (Rio de Janeiro) http://www.cnt.com.br/ ?id_channel=8# . Luciano Corrêa, paraense (e bicolor) radicado no Rio, é quem dá a dica, pedindo que o livro seja divulgado junto aos torcedores de Papão e Leão, clubes que Luizinho defendeu com grande talento e profissionalismo. É só entrar no site www.jacksonsala.com.

14 comentários em “Bio de Luizinho das Arábias é lançada no Rio

  1. Tinha 14 anos quando ele morreu e me lembro bem não só da comoção do torcedor paraense, como também dá cena que a televisão da epoca mostrou do apartamento do jogador. Lembro que foi nesse ano que o remo perdeu para o Bragantino a classificação para final daquilo que equivalia a serie b de hoje. Acho que ele fez muita falta nessa competição nacional.

  2. Essa foto no Maracanã antigo está muito bonita. O uniforme do Botafogo também era muito bonito, sem nenhum patrocínio.

    1. É verdade, amigo Antonyo. O manto sagrado alvinegro é um dos mais belos do mundo, mas aquele monte de marcas acaba diminuindo um pouco sua majestade.

  3. Lembro de um jogo que o paisandu ganhou do remo e eu tava na antiga geral do mangueirao, Marinaldo lateral direito do paisandu foi na linha de fundo e cruzou, Luizinho estilo Dada Maravilha parou no ar e c uma linda cabecada estufou o barbante azulino, nunca esqueci aquele gol.

  4. Também me lembro que foi chocante a notícia de que ele foi encontrado morto, em seu apto. Mas não me lembro o quê houve,
    se foi suicídio ou assassinato…

  5. Caro Heleno, o Luizinho foi encontrado morto devido um infarto no apartamento onde morava (res. Villa lobos). Foi um excelente jogador, eu o vi jogar. Definiria Luizinho com uma palavra: GENIAL!

  6. No Fortaleza ele também escreveu uma linda historia sendo até hoje lembrado como um dos maiores jogadores de todos os tempos do Tricolor cearense. craque, matador e jogador de estilo elegante, um canhoto que dava alegria de ver jogar.
    Foi embora e deixou muitas saudades.
    Pena que não teve uma vida muito regrada, o que infelizmente levou a morte precoce.
    UMA PENA!
    Que esteja sempre ao lado do Pai, aqui será eternamente lembrado.

Deixe uma resposta