Felipão convoca para jogo contra a Suíça

O lateral-esquerdo Maxwell, do Paris Saint-Germain, foi a única novidade na primeira convocação feita por Luiz Felipe Scolari depois do título da Copa das Confederações, no dia 30 de junho, no Maracanã. O próximo amistoso do Brasil será no dia 14 de agosto, na Basileia, contra a anfitriã Suíça. Os atletas viajarão no dia 11. Na temporada 2012/2013, sua primeira completa pelo clube francês, Maxwell atuou em 48 partidas (33 do Francês e 10 da Champions) e marcou 2 gols. No Brasil, ele defendeu apenas o Cruzeiro, em 2000 e 2001, quando foi negociado para o Ajax, da Holanda. Ele tem 32 anos (faz 33 dia 27 de agosto). Os outros três atletas que ficaram fora foram o zagueiro Réver (Atlético-MG), o goleiro Diego Cavalieri (Fluminense) e o meia Jadson (São Paulo).

{title} © 2013

Goleiros:

Julio Cesar – Queens Park Rangers (Inglaterra)
Jefferson – Botafogo

Zagueiros:

Thiago Silva – Paris Saint Germain
David Luiz – Chelsea (Inglaterra)
Dante – Bayern de Munique

Laterais:

Daniel Alves – Barcelona
Jean – Fluminense
Marcelo – Real Madrid
Maxwell – Paris Saint Germain

Meio-campistas:

Fernando – Shakhtar Donetsk (Ucrânia)
Hernanes – Lazio (Itália)
Luiz Gustavo – Bayern de Munique
Paulinho – Tottenham (Inglaterra)

Meia-atacantes

Oscar – Chelsea
Lucas – Paris Saint Germain
Bernard – Atlético-MG

Atacantes
Jô – Atlético-MG
Hulk – Zenit (Rússia)
Fred – Fluminense
Neymar – Barcelona

Torcida pagará para ver Leão na Copa Norte

A diretoria do Clube do Remo anunciou que as partidas do time na Copa Norte Sub-20 terão cobrança de ingressos a R$ 5,00. O primeiro jogo da competição será no sábado (3), às 20h, no estádio Baenão, contra o Baré-RR. O diretor de futebol Thiago Passos informou que os sócios adimplentes do Leão terão acesso gratuito ao estádio Baenão e local exclusivo. A arrecadação será revertida para as divisões de base do clube. Além do Remo, participam da Copa Norte a Desportiva e o Ananindeua.

Gameleira muda time e promete Papão vencedor

PSC Rogerinho e grupo-Mario Quadros

Com uma rápida interrupção provocada por um grupo de torcedores, o técnico interino do Paissandu Rogerinho Gameleira realizou na tarde desta segunda-feira o treino apronto para o jogo contra o Figueirense nesta terça-feira, no estádio da Curuzu, às 21h50. De prancheta na mão e conversando muito com os jogadores, Gameleira fez mudanças na equipe bicolor. Na defesa, Diego Bispo vai substituir o suspenso Fábio Sanches. Na lateral-esquerda, o contestado Janilson ganha nova oportunidade. No meio, duas alterações: Diego Barbosa entra ao lado de Eduardo Ramos na armação e Ricardo Capanema, com dores lombares, cede lugar a Esdras.

Outra modificação ocorre no ataque, onde Marcelo Nicácio entra ao lado de Iarley, deixando Careca no banco de reservas. Gameleira promete um time lutador e atento aos perigos do Figueira. “Vamos fazer uma marcação forte em cima do adversário e conseguir a vitória dentro de casa”, garantiu, depois de ouvir alguns protestos dos torcedores que invadiram o campo. Em sua única atuação no comando da equipe, Gameleira conseguiu vencer o Paraná Clube, no Mangueirão. A provável escalação: Marcelo; Pikachu, Raul, Bispo e Janilson; Esdras, Zé Antônio, Diego Barbosa e Eduardo Ramos; Marcelo Nicácio e Iarley. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)

PSC protesto da torcida-Mario Quadros (3)

Um genial homem simples

Por André Barcinski

Semaninha miserável para a música: terça-feira passada, Dominguinhos se foi. Sexta, foi a vez de J.J. Cale. O guitarrista norte-americano morreu aos 74 anos, de um ataque do coração. Cale é muito menos conhecido do que merecia, mas não parecia se importar com isso. Era um artista que não gostava de entrevistas e odiava até tirar fotos. Dizia se sentir mais feliz num estúdio, experimentando com novas tecnologias – nunca fui um purista do blues e sempre adorou novidades tecnológicas e bugigangas – do que falando de si mesmo.

1374938462436-jj-calePara o grande público, Cale foi só o compositor de “Cocaine”, grande sucesso na voz de Eric Clapton. Mas para guitarristas, ele foi um mito, um instrumentista que, sob a aparente simplicidade de seu som e modo de tocar, escondia uma técnica primorosa.

Não é à toa que gente como Clapton, Santana, Neil Young, Waylon Jennings, Jack White e tantos outros morriam de amores pelo estilo espartano, quase zen de J.J. Cale. É preciso muito treino e talento para ser simples. De certa forma, J. J. Cale foi o oposto do “guitar hero”.

E pensar que ele quase abandonou a música. Em 1970, Cale ganhava a vida fazendo bicos de motorista, quando Eric Clapton gravou “After Midnight”, que Cale havia lançado em 1966. Foi a bênção de Clapton – e os royalties de “After Midnight”, claro – que persuadiram Cale a gravar seu primeiro LP, “Naturally”, em 1972.

Achei no Youtube a íntegra de um documentário sobre J.J. Cale – “To Tulsa and Back”. Vi os primeiros 20 ou 30 minutos e parece muito bem feito.

O curioso é notar que o filme começa com um show de Cale, em que os músicos vão subindo ao palco, um a um. E ele, o líder da banda e “estrela” do show, sobe ao palco antes do resto da banda, o que diz bastante sobre esse anti-herói da guitarra.

Águia se aproxima do G4 na Série C

AguiaXPSC 2a fase Parazao2013-Mario Quadros (15)Com uma virada heróica nos instantes finais, o Águia derrotou o Brasiliense-DF neste domingo pelo Campeonato Brasileiro da Série C, no estádio Zinho Oliveira. Depois de sofrer um gol aos 26 minutos do primeiro tempo, o Águia conseguiu empatar aos 42 minutos da etapa final, em cabeceio do artilheiro Danilo Galvão (foto). Cinco minutos depois, o zagueiro Fred desviou para as redes do Brasiliense após jogada confusa na entrada da área. O resultado empolgante foi muito comemorado pelo técnico João Galvão e colocou o Águia na quinta colocação do grupo, a um ponto apenas do G4.

O goleiro Jair viveu um drama pessoal durante a partida. Sua esposa entrou em trabalho de parto na Bahia, mas perdeu a criança. O problema do goleiro, que teve novamente grande atuação, comoveu a todos no Águia. O próximo compromisso da equipe será fora de casa. O Azulão enfrenta no próximo domingo (4) contra o Baraúnas (RN), treinado por Samuel Cândido. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)