Leão ainda na expectativa de entrar na Série D

Remo Charles e Edmilson-Mario QuadrosA situação do Remo em relação à Série D do Campeonato Brasileiro deve se definir nas próximas horas. Torcedores e dirigentes aguardam um desfecho positivo da reunião de conciliação prevista para ocorrer em Brasília na tarde desta segunda-feira. Os advogados de Wendell de Souza Figueiredo, autor da ação judicial que suspendeu liminarmente a participação do Genus (RO) no Campeonato Brasileiro, irão conversar com representantes da CBF em busca de um acordo que pode levar à retirada da ação judicial que paralisou o grupo A1 da competição. Deputados e senadores do Pará devem participar do encontro.

O advogado Walber Mota mostra-se confiante, baseando-se no episódio da Série C envolvendo o Treze da Paraíba e a CBF. A situação foi resolvida com um acordo amigável, que permitiu a permanência do Treze e a inclusão do Rio Branco depois de longa perlenga. No caso do ingresso do Remo na Série D, o grupo A1 passaria a ter seis clubes participantes ao invés dos cinco atuais.

O departamento jurídico da CBF se movimenta para cassar a liminar, mas, como a ação teve origem na 10ª Comarca da Vara Cível de Ananindeua, o recurso deve ser apresentado e julgado em Ananindeua. Além disso, o autor da ação reside no município, o que torna a Comarca como fórum obrigatório da questão. Os argumentos dos azulinos estão baseados em duas teses: o não cumprimento pela Federação de Rondônia dos prazos determinados pelo regulamento da competição e o ranqueamento técnico das federações.

No Baenão, o técnico Charles Guerreiro mantém uma programação de treinos levando em conta a possibilidade de inclusão do Remo na Série D e a eventualidade de estrear já neste fim de semana. Caso isso se confirme, a diretoria irá renegociar com jogadores que ainda estão em Belém aguardando o pagamento de rescisões contratuais. Fabiano, Gerônimo, Carlinho Rech, Mauro, Capela, Jaime e Val Barreto podem ser reengajados ao elenco. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola) 

18 comentários em “Leão ainda na expectativa de entrar na Série D

  1. Nessas horas, devemos ter muita calma. A CBF não costuma ser boa mãe com o Remo e acho dificílimo ela entregar essa vaga de “mão beijada”.

    E mesmo se entregar…o time que restou é bastante limitado:
    Fabiano; Gerônimo, Rech, Mauro e Alex Juan; Jonathan, Tragodara, Capela e Reis; Val Barreto e Branco.
    Banco: Naylson; Berg; Yan; Nádson; Eduardo; Rodrigo; Jayme.

    Ainda acho que contratações deveriam ser feitas, se fossemos confirmados na série D.

    Jogadores baratos como Sinésio, Josy e T. Marabá estão sem clube. São bons jogadores e estão dentro das possibilidades do Remo.

    O atacante Cléo (América-RN) e Thiago Cametá também estão “encostados” e poderiam ser emprestados.

    Outros atletas como Caio Tavera (Passou por todas as divisões de base da seleção) e Leo Fortunato (Jogou pelo Cuiarana) são mais caros, mas também estão sem clube. Valeria a pena apostar.

    Acho que dinheiro não será um problema, se o Remo for confirmado na série D. Creio que os bancos estão esperando essa definição.

    Enfim, estou de volta. Senti falta dos companheiros do blog.

    Curtir

  2. Bomba: Operação Perda de Patrimônio.

    Remo: reunião define as bases para a negociação da área do Carrossel.
    Fonte: globoesporte.com

    Curtir

  3. Que vergonha, o time não consegue se classificar em campo e agora fica tentando de todas as maneiras uma vaga na série “D”.
    E esse torcedor, ser[a que não tem o que fazer? Será que ele acha que vai conseguir a vaga no tapetão, já que não conseguiu em campo? Palhaçada, grande palhaçada desse torcedor azulino.

    Curtir

  4. BOMBA: CBF CONTRA-ATACA.

    STJD denuncia REMO, pela ação movida por seus torcedores (Que estão respaldados pelo estatuto do torcedor). Aiai….

    Eu disse que a CBF é péssima mãe para os clubes aqui do norte. Remo que se cuide.

    Curtir

  5. Rodrigo, a área do carrossel é cobiçadísisma, porém é uma sandice vendê-la agora. Dá para construir um complexo de treinamento lá, dos bons.

    Acho que se o Remo receber nessa transação uns 8 milhões, ainda terá ficado no prejuízo. Porque dinheiro na mão é vendaval. Daqui a pouco, não teremos nem dinheiro, nem carrossel.

    Penso seriamente em levar um papo cabeça com o sucessor do cabeça. O que mais vejo é diretor não sabendo aproveitar a carência do torcedor azulino.

    Por que não levantam um jogo amistoso no Mangueirão ou no Baenão para auxiliar na construção de uma academia para os atletas? Basta massificar a propaganda.

    “Ajude a construir a academia do Leão”.

    Porque nessas horas, a torcida Remista é bem “paternalista”. Cobramos, somos exigentes, mas dificilmente viramos as costas ao clube. Ainda mais quando somos solicitados.

    Mas preferem mandar o sub-20 jogar contra Acará por 3 mil reais.

    É por isso que o Remo está onde está.

    Curtir

  6. E meu irmão melhor dispensar todo mundo, fecha as portas do futebol e abrir somente em janeiro de 2014, já está perto mesmo.

    Curtir

  7. A esperança pode vir a transformar-se em pânico. Essa ação, movida pela Procuradoria do STJD, contra o ingresso na jusiça comum por um torcedor azulino pode significar a perda da vaga na única competição nacional que o Remo disputará em 2014, a Copa do Brasil, daí ser urgente a direção do Leão Azul tratar de entregar os anéis para não ter que perder os dedos.

    Curtir

  8. amigos, pelo que eu lí do próprio advogado do torcedor azulino, já era esperada esta ação movida pela CBF… pergunto, o remo pode vir a sofrer alguma punição pela ação movida por um torcedor? será que o tiro saiu pela culatra?

    Curtir

  9. Sem chance de retaliação, Julio. O clube não pode impedir que qualquer cidadão use o Estatuto do Torcedor como base de reclamação judicial. Simples.

    Curtir

  10. Amigo Thiago, o acordo será firmado com um grande grupo lojista paraense do ramo de medicamentos. Aluguel mensal da área, por 20 anos, sairá em torno de R$ 150 mil. Dívida trabalhista será imediatamente paga e o Remo não perde patrimônio. Nas circunstâncias, uma boa saída.

    Curtir

  11. “É importante frisar que esta não é uma ação do Remo, mas sim de um torcedor que se sentiu insatisfeito e prejudicado. O Estatuto do Torcedor se equipara ao do consumidor”, compara o advogado Walber Mota. Dessa forma, por mais que a entidade máxima do futebol tenha entrado com uma representação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Remo não corre risco de sofrer qualquer tipo de punição por se tratar de uma ação de um torcedor e não da entidade Clube do Remo. “É uma atitude de praxe da CBF levar ao STJD”, garante Walber.

    Curtir

  12. Recentemente, Rincón esteve em ação por cerca de 3 semanas pela seleção da Guiné, onde provavelmente contraiu a doença. Ele havia retornado para Santa Cruz, no RS, há 10 dias, não apresentando sintomas. Último clube de Rincón, o Avenida proclamou no final da manhã desta segunda-feira luto oficial. O gerente de Futebol do Avenida, Lúcio Collet, que tratou das negociações com o atleta, conta que a notícia chocou os profissionais do Periquito:”Na quarta-feira passada acertamos a rescisão, e ele voltou no mesmo dia para Sorocaba. Ele disse que queria “fugir do frio”, mas revelou ter gostado muito de jogar aqui. Nessa madrugada, vi pelo Facebook que amigos dele estavam enviando mensagens de apoio à família. Liguei pra esposa dele que me informou que ele havia falecido nessa madrugada. É um choque”.

    Curtir

  13. Gerson que essas condições (comentário 14) é um negócio excelente.
    Caso o Remo não queira o PSC deveria abdicar setor da Curuzu e fazer esse negócio, afinal são R$ 150 mil todo santo mês.

    Curtir

  14. É triste, melancólico ver a situação do REMO, pior é constatar que essa crise do REMO terá que ser contada em décadas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s