O outro lado da conquista

Por Gerson Nogueira

COLUNA GERSON_21-05-2013O Paissandu tem se portado bem nas competições esportivas – com a exceção do vexame frente ao Naviraiense pela Copa do Brasil –, e tem desempenho ainda melhor fora de campo. Depois do acesso à Série B, o clube adentrou 2013 com outra fabulosa conquista. Adotou o sistema de eleição direta, estendo aos associados o direito de escolher o presidente, obtendo resultados imediatos.

As incertezas que rondavam o clube se dissiparam. Não significa que os problemas deixaram de existir de um momento para outro, mas simplesmente passaram a ser enfrentados com transparência e clareza de propósitos.

A posse da diretoria encabeçada pelo ídolo Vandick garantiu, de cara, a mudança de imagem e reputação. De um clube endividado e mau pagador, o Paissandu passa a ser um parceiro que encara seus problemas de frente e procura não dever nada a ninguém.

Pela experiência acumulada ao longo da carreira como jogador, Vandick mais do que ninguém sabe que o mundo do futebol é implacável, cruel até, com os que desrespeitam contratos e acordos. E um dos efeitos mais visíveis disso é a dificuldade que clubes caloteiros têm na hora de fechar contratações.

Apesar dos embaraços normais de começo de gestão, procurando limpar os caminhos e sanear pendências, pode-se dizer que os cinco primeiros meses de trabalho foram mais do que satisfatórios, com direito a festejar o título estadual que o clube não conquistava desde 2010.

Mais do que vencer o campeonato, os novos gestores reposicionaram o Paissandu no mercado da bola. O clube voltou a ser visto com interesse por jogadores e empresários, saindo do limbo em que se encontrava. Os entraves para contratar não têm mais nada a ver com credibilidade, mas com situações normais de oferta e procura.

As declarações tranquilas de Vandick e de seu diretor, Roger Aguillera, em meio à festa do título, refletem o novo momento vivido pelo Paissandu. Não há mais a preocupação desesperada do culto à personalidade, das bravatas e das promessas irresponsáveis. Há preocupação em respeitar compromissos, em não decepcionar o torcedor e – acima de tudo – de manter os pés fincados na realidade.

Presente à vida do clube, o presidente não permite o vazio de poder, que tanto atravancava as coisas na gestão passada. Pelo que se observa, Vandick conversa diariamente com seus diretores e auxiliares, divide responsabilidades, faz consultas e não toma decisões solitárias. Democracia é isso.

———————————————————-

Com as mãos para o céu

Caso a quarta-feira traga as notícias que os dirigentes do Remo ansiosamente esperam, o clube deveria repensar urgentemente sua política de contratações e as prioridades em relação ao futebol. Por exemplo, o novo técnico deverá ter a consciência de que jogadores revelados no próprio Evandro Almeida não podem ser descartados, principalmente em favorecimento a atletas menos qualificados.

O recém-findo Parazão mostrou que o Remo cuidou muito mal de seu patrimônio, dando poderes exagerados ao técnico Flávio Araújo. Abriu mão de um bom atacante caseiro, Jaime, e subestimou o potencial de Alex Ruan (só utilizado quando o titular Berg se contundiu), Gabriel, Yan, Guilherme e Rodrigo.

A escolha do novo comandante é um dos desafios e a cúpula dirigente deve buscar evitar entregar os destinos do futebol a um treinador incapaz de entender a real grandeza do clube. Araújo perdeu-se diante das pressões e não conseguiu ganhar um campeonato que lhe era bem favorável. Mesmo com um time desentrosado e sem meio-campo, decidiu os dois turnos em vantagem – e perdeu por covardia.

Seu time conseguiu a proeza de ser atropelado por um adversário que, nas finais, foi massacrado por 7 a 1 pelo Paissandu. Evidências claras de que algo de muito caótico aconteceu com o elenco remista sob a batuta de Araújo.

Na possibilidade ainda remota de obter a vaga à Série D, com interferência inclusive do senador Jader Barbalho, os dirigentes precisam entender que a nova chance não pode ser vista (ou celebrada) como vitória. Muito pelo contrário. Sob todos os aspectos, é um recurso desesperado, revelador da incompetência generalizada nas disputas de campo.

É um bom momento, ainda, para repensar as estratégias gerenciais e até mesmo a maneira de agir nos bastidores. Com a vocação natural para a trapalhada, alguns cartolas não podem assumir funções espinhosas.

A classificação final (segundo lugar na pontuação) no Parazão escancara outro pecado imperdoável dos azulinos. Jamais tiveram o cuidado de defender um regulamento que privilegie o mérito e o bom rendimento técnico. Pelo segundo ano consecutivo, o time termina com uma pontuação expressiva, mas inútil. O problema aí não é de sorte, é de sonolência.

———————————————————-

Direto do Blog:

“Parabéns aos listrados. Mas o regulamento precisa mudar. Por vários anos o Remo faz campanha superior a todos e fica fora. Injusto, mas é fruto da própria falta de visão de uma diretoria capenga cujo dinheiro arrecadado não aparece nos lugares mais básicos como, por exemplo, pagar os funcionários etc. Eleições diretas e uma campanha para rechear o mais querido com milhares de sócios são fundamentais para mudar essa odiosa e falida realidade”.

De Rosivan Silva, azulino desiludido com os rumos do Leão.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta terça-feira, 21)

105 comentários em “O outro lado da conquista

  1. Gerson e amigos, quanto a essa lerdeza nas contratações e que muitos chamam de prudência, coisa jamais vista, novos tempos, e tudo mais… Continuo acreditando que na parte administrativa, o Vandick e sua trupe estão organizando o Paysandu e vão colher os frutos lá na frente.. Acontece, que em clubes de massa, para se colher esses frutos, o Futebol tem que estar funcionando, e com sucesso…

    O Paysandu, sem o Eduardo Ramos, não teria ganho esse campeonato, e ontem, o Roger Aguilera falou que só ele viu bola nesse jogador e bancou sua contratação, o que prova o que estou dizendo…
    O Vandick, perguntado se iria contratar um ala direito, disse, ontem: “Ainda não, pois temos um ala, Gleissinho”, que é da base, que ainda não vimos se ele é bom ou não. Vamos analisar esse jogador, primeiramente, para contratar”… Então tá…O Papão estréia na série B, em 3 dias…

    O departamento de futebol, comete algumas lambanças, nessas contratações. Só espero que não seja muito tarde, quando acordarem para o que sempre falo aqui..

    Você trazer o Careca e o Diego Barbosa(novo meia contratado pelo Papão), e dizer que se trata de contratações “cirúrgicas”, sem saber se vão dar certo ou não, é balela…. Seria sim, se fosse um Marcelo Nicácio, um Dennis Marques, um Bismarck( que o Papão, mais uma vez, acabou de perder, por isso trouxe o Diego)… Elementar..

    Papão na parte administrativa: 10

    Papão no projeto futebol: 05

    É a minha opinião.

    Curtir

  2. Quanto ao Remo ter que, dessa vez, usar a base quase toda, se voltar à série D, me fez lembrar de uma piada, onde o cara colocou grade em toda casa, com os mais seguros cadeados e, após ser roubado, retirou as grades, os cadeados, como quem diz: Se é pra ser roubado mesmo, melhor não gastar muito…. Te dizer..

    O que o Remo tem que fazer diferente, é contratar um bom técnico, acostumado com pressão em clubes de massa(Não pode mais arriscar) e deixar ele montar o elenco, sem interferência de seus dirigentes, até porque não terá tempo para ensinar fundamentos a esses jogadores da base… Vamos deixar o Valtinho trabalhar essa base, para ver se ele, daqui a 1 ou 2 anos revela pelo menos 1 jogador, mas em condições de subir ao profissional, como fazem os grandes clubes brasileiros, que possuem uma divisão de base confiável…

    É a minha opinião..

    Curtir

  3. Acho que o Renê Simões Seria o técnico ideal para resgatar o Remo fundo do poço, pois ele conseguiu um verdadeiro milagre ao levar a Jamaica ao mundial da França.

    Curtir

  4. Uma deixa para o Rosivan, não o campeonato que tem que mudar e sim o seu clube que tem que se enquadrar dentro do que é estabelecido e se mudar será que ele vai se enquadrar. É minha opinião.
    Gerson, acordo todos os dia em Pedra Branca do Amapari, tomo café, ligo o notebook e a primeira coisa que faço e abrir o site da Clube para ver as noticias e agora já fazem dias que a unica mudança de noticia que vejo de mudança é no blog, que tal melhorar e colocar noticias novas.

    Curtir

  5. Após brilhar nos gramados brasileiros, e elevar o orgulho do futebol Sul-Mato-Grossense com vitórias históricas sobre Portuguesa e Paysandu, que disputam as séries A e B do Campeonato Brasileiro, respectivamente, o nosso filiado CE Naviraiense enfrentará nesta quarta feira, a partir das 17 horas no Rio de Janeiro, mais uma dura batalha, infelizmente desta vez longe dos gramados.

    O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBF intimou o valente clube do interior por possível infração ao artigo 214 do CBJD, o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que pune a Associação que incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente. (Redação dada pela Resolução CNE nº 29 de 2009).

    A raiz do problema está na escalação do jogador Luis Cláudio Lima Conceição, o Bahia, nos jogos contra o Paysandu. Segundo os arquivos da CBF, o jogador teve seu contrato de trabalho com o CE Naviraiense encerrado no último dia 07 de maio, um dia antes do confronto diante do representante do Pará. No entendimento do Departamento de Competições da CBF, ao ter o contrato encerrado, o jogador Bahia teve seu nome retirado do BID (Boletim Informativo Diário), que atesta a condição de jogo do atleta, o que estaria ferindo o artigo 6º do Regulamento Específico da Copa do Brasil:

    “Art. 6º – Somente poderão participar da competição os atletas que tenham sido registrados na DRT e cujos nomes constem do BID publicado pela DRT até o último dia útil que anteceder à cada partida.”

    Já o nosso representante confia na legitimidade dos seus atos, ao ter entrado em entendimento com o jogador e ter feito a renovação de contrato na conformidade do Artigo 41 do Regulamento Geral das Competições da CBF:

    “Art. 41 – Nos casos de renovação de contrato o atleta terá condições de jogo a qualquer tempo, não sendo observadas quaisquer limitações de prazo para registro, desde que a publicação do ato de renovação contratual, no BID, venha a ocorrer em prazo não superior a 15 dias contados a partir da data do término do contrato anterior.

    Parágrafo único – Nos casos em que a publicação no BID, do ato da renovação contratual ou prorrogação ocorrer em prazo superior aos 15 dias, serão observados os prazos normais de condição de jogo previstos no regulamento da competição.”

    O Presidente da FFMS, Francisco Cezário de Oliveira, esteve ao lado do CE Naviraiense em todos os seus pleitos durante a disputa da Copa do Brasil, inclusive comparecendo aos estádios e auxiliando o nosso representante em todos os trâmites administrativos que lhe foram confiados. Num momento em que afirmações levianas e oportunistas tomam as redes sociais, cabe à diretoria da FFMS se manifestar de forma clara e contundente na defesa dos interesses do seu filiado, que dentro dos gramados demonstrou rara competência, e está sendo agora julgado por uma questão que foge completamente às atribuições e normas de controle da nossa FFMS, já que se trata de Competição Nacional.

    Independentemente do resultado do julgamento, temos que enaltecer o trabalho dos atletas, comissão técnica, diretoria do Naviraiense e torcedores de Naviraí, reconhecidos como uma das torcidas mais fanáticas e organizadas de Mato Grosso do Sul, que nos orgulha e inspira na busca do desenvolvimento do futebol do nosso Mato Grosso do Sul. Confiamos na Justiça Desportiva brasileira, e esperamos que a decisão do STJD confirme o nosso representante na terceira fase da Copa do Brasil.

    O texto está no site da FFMS. Abaixo três observações:

    1- Como a própria federação de lá afirma, a denúncia não partiu do PSC e sim da própria CBF. O PSC participará do julgamento como parte interessada.
    2 – Os dois regulamentos são complementares e caracterizam a irregularidade do jogador.
    3- Imaginem que qualquer jogador pudesse atuar sem contrato e dias depois entrar em ENTENDIMENTO, conforme alega acima presidente do clube , assinar renovação e depois registrar para regularizar. A bagunça estaria formada.

    Bom dia para todos!

    Curtir

  6. Observações de precisão cirúrgica, principalmente a respeito da forma compartilhada de administra, da presença viva e sem aquela esquizofrenia idólatra de outros tempos, quando a simples menção da saída de um atleta virava prenúncio de catástrofe pelo advento do vácuo.
    Que continue assim que vai longe. A cópia de modelos falidos nos quatro cantos do país mais ensinam como exemplos a não seguir, assim como incentivam a buscar a parceria com o maior interessado nesse êxito: o torcedor. Essa receita, aparentemente simples, é que poderá levar o Bicola a reviver seus dias de glória no cenário futebolístico nacional.

    Curtir

  7. E abaixo seguem os besteiróis do Rocildo (égua do nome) e do Anonimo que tem vergonha de se identificar (eu também teria vergonha se torcesse para um time que não vence nada há cinco anos).

    Curtir

  8. COPA DO BRASIL DE 2013
    REC – REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO

    CAPÍTULO III
    Da Condição de Jogo dos Atletas
    Art. 6º – Somente poderão participar da competição os atletas que tenham sido registrados na DRT e cujos nomes constem do BID publicado pela DRT até o último dia útil que anteceder à cada partida.
    Alguem da FFMS errou e o Payssandú tem nada ver com isso e se julgamnto for mesmo pelo Regulamento.

    Curtir

  9. O discurso está perfeito,coroas de flores para os organizados e vitóriosos bicolores, que categoricamente conquistaram o título paraense sem nem uma constestação. Perplexo vejo imperar na curuzu a organização e a seriedade. Não existe um só funcionário que se queixe de salários atrasados, tudo pago religiosamente em dia. A torcida acostumada a deixar o bicolor na mão, agora não se queixa de mais nada. Tem a imprensa e os torcedores a certeza que tudo daqui pra frente , vai ser diferente. Os dias de tristeza terminaram, o surpreendente time de Lecheva , atropela quem aparece no caminho. Está tudo muito bom, tudo muito bonito. Agora será que se o Raul fosse marcado corretamente, e fosse evitado aquele gol espirita aos 42 minutos do segundo tempo, e tendo com isso o Remo conquistado o primeiro turno, e depois após duas derrotas seguidas para o Remo, e por conseguinte a precoce eliminação do listrado do segundo turno e do campeonato, esatria tudo bem.E se ainda o navico, não tivesse colocado um jogador irregular e com isso perdido a vaga conquistada em campo,para o nosso super organizado papinha, estaria aqui o bicolor ,euforico, extasiado com a estupenda administração do presidente bicolor e sua equipe. Na verdade tudo acaba bem, quando termina bem. São conquistas mascaradas, que escondem a poeira debaixo do tapete. Aqui neste espaço, e isso é testemunhado por todos os frequentadores, alguns bicolores já questionavam a capacidade do presidente Vandick Lima. Até que apareceu o Paragominas e suas pifias apresentações na vida do bicolor e principalmente o tapetão, que mascarou o vexame do dia 15/05/2013. Bom dia participantes do blog.

    Curtir

  10. Esse Rocildo é muito cômico. rsrsrsrsrs A gente nem se aborrece mais com ele. rsrsrsrsrsrs Relaxa amigo, vem pra nossa torcida (sem secar!) que você vai ver e sentir a diferença. kkkkkkkkkkkkkkkk!!!

    Curtir

  11. Gerson, até me emocionei com seu artigo a respeito do meu renovado bicolor. Realmente, a grande vitória do Papão é essa nova mentalidade. Às vezes, penso que o Vandick está meio fora de órbita, tranquilão, ou mesmo, faltando a experiência da cartolagem. Mas o que ocorre mesmo é isso que você falou. O Vandick é um cara pé no chão, responsável e que busca uma administração mais profissional, sem aquelas declarações pra torcida, inflamadas e utópicas. Estou com o Vandick, agora, mais do que nunca.

    Curtir

  12. A teoria de SE, PQP ! Esse Sr. esqueceu de tomar o controlado. SE o Rocildo tivesse tomado o controlado, nunca mais postaria tanta bobagem.

    Curtir

  13. A vida após a morte!
    Há cinco anos ouvimos sempre a tentativa de reerguer um dos principais clubes do estado do limbo onde se encontra no cenário local.
    Promessas da diretoria, renovação do elenco etc…
    Os torcedores lotam os estádios, enchem os cofres do clube,mas este, por sua vez, não paga a quem deve.
    Conforme fontes e comentários tem funcionário que não recebe há muitos meses.
    O que podemos esperar de um grupo, na minha opinião, o Remo voltou às origens, deixou de ser um clube, pois está nas mãos de uma pequeno gueto de “cardeais” que mandam e desmandam, usam e abusam da paciência e da crença do seu apaixonado torcedor, em dias melhores?
    Os iludidos, sem ofensa aos torcedores do rival, parecem preferir se entorpecer enaltecendo uma campanha que na pontuação geral chega à frente do vice-campeão, ou por vezes, até do primeiro colocado.
    Culpar o regulamento é muito fácil!
    A incompetência de quem o dirige time e foi quem o aprovou é que não faz uso deste de forma sábia e esperta!
    Lembro-me que durante a derradeira rodada que decidiria os confrontos das semi-finais, alguém chegou a dizer que preferia que o time tivesse empatado com o Águia evitando um confronto direto com o Paysandú.
    Venceram duas vezes o rival! Mas será que foram vitória convincentes mostrando que o time tinha fôlego para conquistar tudo nas finais?
    Uma análise mais fria das duas últimas partidas com um esquema que se apequenou diante do adversário já projetava o que viria no momento de decisão.
    A eterna cobrança na mudança do regulamento do campeonato é porque o Remo não venceu quando era imprescindível vencer! Foi covarde, se retrancou diante de um nubente, este que em momento algum se portou de tal forma, e do resto todos sabemos!
    O passado serve para rechear a lembrança dos torcedores mais apaixonados, também o sou pelo meu Paysandú, mas a torcida remista tem que acordar antes que o Remo, a instituição que eles dizem tanto amar se quebre e dela nasça um novo clube paraense. Já imaginaram que isso é possível, a história está repleta de casos semelhantes!
    Um racha parece impossível, mas até quando?
    Outros abnegados azulinos podem sim perder as estribeiras e acabar com o filho da Glória e do Triunfo gerando o seu “neto” Mas o futuro não pertence a ninguém, cria-se metas, planeja-se, procura-se acertar, mas infelizmente no Remo o critério de errar menos não é observado, os tropeços são idênticos nestes cinco anos!.
    Tem torcedor que pela sua paixão acha que o Remo é problema só deles, é não, é um problema do povo paraense que em termos de torcida são de série A, mas apenas o Paysandú procura trilhar pelo caminho mais coerente em busca de um horizonte melhor.
    Um clube na elite do futebol brasileiro é benéfico para o estado em todos os sentidos! Que o diga a imprensa e demais ramos beneficiados direto e indiretamente!
    A nossa rivalidade é apenas dentro das quatro linhas, e no Parazão, fora delas defendemos uma única bandeira que é a do estado do Pará.
    Às vezes, mais em função dos sarros chegamos até se gloriar com a desgraça do rival, mas no fundo é o Pará que sai perdendo, ou mais especificamente, é a torcida do Remo que permanece no ostracismo vivendo das glórias do passado!
    Na crença de que depois da tempestade vem a bonança no Remo não tem sido assim, sempre após as tempestades tem-se contabilizado os prejuízos e que são cada vez maiores.
    Ao torcedor azulino é hora daquela famosa doação de sangue para o paciente em situação final na expectativa de que com essa injeção ele sobreviva, levante a cabeça e tome novo procedimento, saia renovado, olhando para o passado apenas para não cometer os mesmos deslizes e que a torcida azulina tenha, de fato, dias melhores!
    Sou um torcedor paraense que passo por cima da rivalidade porque na hora da dificuldade é possível se dar as mãos!
    Força Nação Azulina!!!

    Curtir

  14. É verdade Gerson Nogueira,

    Não ha o que discutir se compararmos esses 5 meses do Wandick a frente do Paysandu, com os 6 anos do LOP. A diferença de boa administração entre os dois ja é visível a olho nu em favor do Wandick. É claro que a adinistração do Wandick já tem alguma constestação como afirmou um secador conhecido aqui do blog, porém nada que possa abonar a conduta do Wandick a frente do Paysandu até o momento. Com apenas 5 meses de administração o homem já é campeão estadual, acredito que seja um recorde ou um dos poucos a conseguir esse feito, pelo menos no futebol paraense. Apesar de ter recebido um time com a tranqualidade do acesso das mãos do LOP( um dos que pertence o merecimento), Wandick também pegou um clube em situação fianceira precária que perdura até hoje. Então meritos sim para a administração do Wandick. A única constestação contra o wandick é que esse titulo deveria ter sido mais facilmente conquistado e teve chances para isso. Porem, 2 derrotas inesplicáveis para o inespressível remorto poderiam até causar a perda desse título por motivo da “colher de chá” que o Papão costuma dar para esse time. Sobre isso critiquei muito o Wandick.

    Agora quanto ao comentário amargurado e cheio de revolta, e sofrimento do secador rocildo oliveira contra a administração do wandick e contra o papão, ja disse que não devemos levar em conta e deixar ele falando sozinho com suas ilusões e alucinações.

    Agora

    Curtir

  15. AmiGos bo blog vamos participar da campanha FORÇA ROCILDO!!
    Ele tá precisando de ajuda, está abalado psicologicamente, anda escrevendo e falando bobagens por aí!!
    Temos que entende-lo afinal ele vai ficar 8 meses sem poder torcer pro time dele, isso deve ser desesperador!!

    FORÇA ROCILDO!!!!

    Curtir

  16. O grande problema bicolores ,é que eu tento tirar a venda dos olhos de vocês. e mostrar a verdade . E a verdade é tudo que o bicolor não quer enxergar. o que eu postei é muito claro e deixa o bicolor furioso, por isso ele tenta me atacar ,e sem argumento ele apenas joga palavras ao vento. achando que vai tolir com isso minhas opiniões. O bom disso tudo ,´que após um dia vem outro e outro e outro e outro. A verdade pode até tardar um pouco, agora quando ela chegar, ela vai com certeza derrubar castelos construidos na areia da praia. Bom dia bicolores rsrsrsrssr

    Curtir

  17. Rocildo ontem a própria diretoria do Paysandú contrariando a vontade de muitos aqui do blogue reafirmou que não seriam as duas derrotas para o rival e a desclassificação da CB poriam fim ao planejamento traçado junto com a atual comissão técnica do Papão. Para mim NOTA 10 pela atitude. Por causa de decisões precipitadas que no passado ocorreram diversas vezes que colaboraram para o insucesso do Paysandú em campeonatos paraenses e tu deves lembrar disso muito bem. Hoje no Paysandú, que não é o clube ideal, mas tenta errar menos, não existe mais esta atitude de perdeu o clássico o treinador tá na rua. Como consequência e por acreditar no grupo o título veio da forma que tinha que ser. Perseverança e confiança. Trabalho e serenidade. Os frutos virão na hora certa como veio!
    Os sábios senhores da guerra e pensadores do passado sempre tiraram proveito das derrotas em suas batalhas para que nos confrontos futuros evitassem os pontos falhos não dando chance a uma nova decepção!
    O título bicolor não veio por acaso Rocildo como você supõe com os seus “se…isso, se … aquilo”.

    Curtir

  18. Em resposta ao post 19, um dia atrás do outro, já se contabilizam cinco anos que o Remo parou e todos passaram a sua frente, basta você olhar para Marabá e Paragominas que não tem toda a força azulina mas estão pelo menos a um ou dois anos a frente do leão.
    Acorda Rocildo! Tua idade já era para você está aconselhando os teus companheiros remistas em busca de um amanhã melhor.
    Ou talvez, o que seja próprio da idade, você chegou na fase da vida que você é sabedor de tudo, ou seja , o dono da verdade. E como lidar com isso? É simples, basta fingir que te escuto! Sem faltar com o respeito pelos teus cabelos brancos apenas para evitar o confronto desnecessário e que nenhum dos lados cresce com isso!
    Fique na paz amigo azulino!

    Curtir

  19. Pessoal olhem a mensagem do secador Rocildo no site do ASA de Arapiraca……è pra morrer de rir…..

    rocildo oliveira

    Acredito que o ASA, se jogar com inteligência, explorando as subidas do ala pikachu pelo lado direito, que sempre deixa um avenida quando sobe, exercendo forte marcação nos meio campistas Eduardo Ramos e Djalma, certamente o time de arapiraca, terá enormes chances de sair com a vitória de Paragominas nesta sexta feira.

    Curtir

  20. Assim como o velório, o choro segue em frente.

    O Papão é campeão paraense, está na série B e alguém pretenciosamente, julga isso como acaso. Tá certo.
    Uma observação feita por alguém, é verdadeira: O Vandick precisa estar mais atento aos jogos dos bastidores. Estes, determinam em muitas situações o fracasso ou o sucesso.

    Bom dia a todos!

    Curtir

  21. Deixando de lado as cores, tenho mais é de concordar como o amigo Gerson em tudo que colocou na coluna. Me preocupa de verdade de que futuramente e bem próximo, haja um distanciamento maior administrativo e técnico entre o Remo e o nosso adversário maior. Não sou tolo e nem ingênuo para deixar de notar que o Presidente Vandick, além do carisma, tem demonstrado capacidade administrativa elogiável, esse diferencial de comando, se continuar a persistir, não tenho dúvidas que o meu Clube do Remo estará fadado ao fracasso administrativo e no resultado pífio nas competições. Por outro lado o nosso adversário disputando uma série B, com possibilidades de acesso a série A, se continuar nesses acertos administrativos logrará efeitos positivos, a não ser que fatores alheios impeça esse objetivo. E esses fatores a meu ver pode concretizar esse terrível distanciamento, hoje ainda não existe, porém a curto espaço de tempo, se nada mudar nas atitudes administrativas do Remo, infelizmente poderemos assistir o nosso maior adversário galgando degraus acima, e nós estacionados em virtude da incompetência administrativa, na falta de um organograma funcional, sim, porque todos querem mandar e no final só pode dar em resultados que desagradam e entristecem o torcedor como eu, depressivo e raivoso com tanta falta de compromisso com a causa azulina.

    Curtir

  22. O assunto pode estar se tornando chato, mas depois de ler muitos comentários sobre a questão do recurso do Paysandú contra o Naviraiense, tenho que acrescentar algumas indagações:
    1- O contrato não foi assinado ontem como alguns dizem
    2- Eu posso assinar um contrato em um dia e registrar em cartório depois, no caso seria a DRT, que imediatamente incluiria no BID.
    3- O jogador não seria tão leviano com ele mesmo ao jogar sem cobertura, pois hoje em dia esses profissionais são orientados. Se jogasse sem contrato assinado, caso houvesse contusão séria estaria ele sem cobertura, ou seja o clube isento de responsabilidade com possíveis gastos hospitalares ou indenizações.
    4- Os Regulamentos Gerais e Específicos se tornam únicos, ou seja aplicáveis de acordo com a competição, porém quanto a situação de inscrição de atletas serve para todas as competições. O que diferencia é somente as datas, porque as competições são realizadas em períodos que não coincidem.
    5- Não existe essa de que o específico se sobrepõe ao geral, pelo menos se entende assim ao ler os Regulamentos.

    Curtir

  23. RELAÇÃO DOS PRESIDENTES BICOLORES NOS ÚLTIMOS 15 ANOS E SUAS RESPECTIVAS CONQUISTAS INICIAIS:

    ARTHUR TOURINHO – ASSUMIU EM 1999 , icialmente perdeu o titulo do parazão para o remorto, rebaixou o papão para a terceirona mas depois engrenou a partir de 2000 onde ganhou tudo o que disputou. É o mais glorioso presidente da historia do Paysandu, futebol paranse e do norte do Brasil.

    MIGUEL ´PINHO – ICIALMENTE PERDEU O TITULO PARAENSE MORTO, PASSOU 2 ANOS SEM GANHAR O REMORTO, FALECEU SEM CONSEGUIR GANHAR NADA PELO PAPÃO.

    LOP – INICIALMENTE PERDEU O TITULO DO PARAZÃO PARA O REMORTO , PASSOU 1,5 ANOS SEM GANHAR O REMORTO, E SO GANHOU UM TITULO DO PARAZÃO APÓS 2 ANOS NA ADMINISTRAÇÃO BICOLOR E 6 ANOS PARA TIRAR O PAPÃO DA FAMIGERADA TERCEIRONA.

    COMO SE VÊ WANDICK INICIALMENTE É O MELHOR. PARABENS WANDICK

    Curtir

  24. Volto a perguntar: Como que o Remo fez campanha superior a todos os adversários,se O Papão foi o primeiro colocado. O Papão foi o único clube que venceu todos os adversários que disputaram o campeonato.Foi o detentor de todas as goleadas da competição.A partir disso tudo,passo a descordar do amigo Rosivam.No máximo segunda melhor pontuação ?????

    Curtir

  25. Em tempos não muito distantes, a derrota para o Naviraiense seria o suficiente para que o presidente demitisse o treinador e provavelmente mais da metade do elenco.

    Há bem pouco tempo, as contratações eram divulgadas por pessoas desautorizadas que buscavam com isso reconhecimento de quem vive de novidades.

    Não vai longe o tempo que os responsáveis pelo Paysandu disputavam a tapas o calorzinho dos refletores.

    Graças a Deus não faz muito tempo, pois isso me propiciou a oportunidade de ver meu clube passar por uma transformação há pouco inimaginável.

    Curtir

  26. Lendo o comentário do Lucídio,chego a conclusão que o Blog está cheio de advogados ou curiosos na profissão. Será que os causíadicos do Paysandú são assim tão incompetentes para não conhecerem as leis e causas ? Eu hem !!!!!!!!!!!!

    Curtir

  27. Chora, Rocildo, chorem azulinos, pois o PAYSANDU SPORT CLUB é o MAIOR clube do Norte. E vai lutar pra subir à série-A. Só quero é ver a choradeira de vc´s, se em 2014, o PSC estiver na A e vc´s, de novo, perderem, quem sabe lá no campo da Antônio Baena, a classificação à série-D, para o S. Francisco ou o PFC. Chorem,
    chorem, pois o choro é livre. rs

    Curtir

  28. Sr. Gerson, por gentileza, libere meus comentários. todos estão na moderação???????????? explique onde estou transgredindo as regras da bom relacionamento, para que eu possa me corrigir.

    Curtir

  29. Concordo veementemente que houve uma mudança radical nas estruturas do Paysandú,em todos os sentidos.Deus ilumine esses novos dirigentes e que continuem mudando da cozinheira a sí próprios,caso seus desempenhos venham ocilar !

    Curtir

  30. Manoel, a regra é clara e quem tem o mínimo de capacidade de interpretação sabe que ao CBF eliminará o time de Naviraí da competição. Afinal de médico, advogado e louco todo mundo tem um pouco.

    Quanto ao companheiro Rocildo, ele pode ser tudo, menos louco, pois ele consegue com suas postagens sem sentido capitalizar audiência em cima dos que se deixam impregnar. Abandonado pelos torcedores do seu clube que desapareceram em quase sua totalidade, ele busca demarcar espaço, mas pelo menos poderia seguir os exemplos do Lucilo, Mariano e outros que o que escrevem se aproveita.

    Curtir

  31. Sou leitor curioso em diversos assuntos amigo Manoel, aproveito também o espaço que o blogueiro nos dá para omitir opiniões sobre os diversos assuntos. Leia também os artigos e emita seu entendimento sobre a questão, claro separando as cores de clubes. Sou Remista mas nem sempre faço comentários esquecendo o bom senso.

    Curtir

  32. Verdade Acácio O Rocildo é aquele participante de muita quantidade e pouca qualidade. Digamos assim:,Parece aquerle produtos de 1,99,é isso ? Tem uma grande vantagem,ele brinca e dá a cara pra brincar.As vezes penso que ele é torcedor do Papão que por algum trauma do passado,transferiu-se pro outro lado e esqueceu de voltar

    Curtir

  33. Acredito que o sucesso do rival vai forçar as mudanças no Remo. Só espero que os torcedores estejam atentos para que tais mudanças não sejam mais um engodo dessa diretoria, como tantos outros malabarismos financeiros criados para maquiar os problemas, mas que logo em seguida desabaram num efeito dominó. Prefiro que o Remo fique de fora da Série D e a dupla Cabeça-Pirão não tenha outra alternativa, a não ser aceitar as eleições diretas no clube. O momento está propício para mudança e espero que o movimento oposicionista no Bahia possa servir de inspiração para a Assoremo.

    Curtir

  34. Lúcilio. Acho como falei,que se concordar com você estarei assinando um documento que prova que os Advogados do Paysandú são leigos e incompetentes.Ouvi uma deles ontem no programa dp Bed,afirmando com tda a convicção ser paarada ganha. Será ?

    Curtir

  35. Amigo Luis Antônio,concordo plenamente.Olha que é difícil alguém do outro lado ou vice versa,reconhecer superioridade de um sobre o outro.Até mesmo nessas situações que oferecem exemplos para colheita de bons frutos.Continuo achando que os maiores adversários do remo,são seus dirigentes e a maneira arcáica de admonistrar.

    Curtir

  36. Também ouvi o Dr. Alberto Maia dizer que o Regulamento especifico se sobrepõe ao geral, e sinceramente lendo- os, amigo amigo Manoel, não consegui decifrar onde diz que um é mais aplicável que o outro. Se ele estiver certo parabéns.

    Curtir

  37. Manoel lima, nem atanto ao ceu, nem tanto ao inferno. Parada ganha não. Se o advogado bicolor, mesmo tendo ampla certeza, falou isso em público, ele cometeu equivoco, porque todos sabem que justiça é muito subjetiva as vezes. Como exemplo, é so lembrar 2003, Paysandu também, e o caso Tourinho e assinatura dele no contrato trabalhista de 2 atletas. Deu o maior rebu porque essa FPF( que ainda insistem em dizer que ajuda o papão) denunciou à CBF seu proprio filiado a qual mandou para o STJD. No STJD antes do julgamento alguns dos mais consgrados juristas do pais, pessoas da imprensa local e nacional afirmavam que o Paysandu ganharia a causa e se fossem tirados aqueles pontos que o Paysandu ganhou dentro de campo , seria a maior injustiça do futebol. O STJD não quis nem saber do apoio favorável desses juristas ao papão e tiraram 8 pontos do Paysandu, que fazia uma grande campanha e seguia firme à possibilidade de ficar entre os primeiros naquela primeirona.
    Por isso nesse outro caso é melhor aguardar para ver e se preucupar com a estreia na segundona sexta que ainda não vi ninguem comentar vamos esquecer Copa do Brasil por favor.

    Curtir

  38. Mesmo com a chegada dos reforços o ASA vai manter a base da equipe vice-campeã da Copa-Nordeste. Deve entrar jogando com:Gilson; Osmar, Tiago Garça, Fabiano e Chiquinho Baiano; Milton Júnior; Jorginho, Pedro Silva e Didira; Wanderson e Léo Gamalho.
    Apesar da estréia fora de casa contra o Paysandú o foco será para o primeiro jogo em casa contra o favorito Palmeiras.
    Um dos principais jogadores o Reinaldo foi vetado para o jogo em Paragominas.
    A equipe de Arapiraca também está de olho em Lúcio Maranhão um dos pretendido pela equipe bicolor.
    Pelo jeito teremos um jogo bem disputado na estréia do Papão haja vista que o ASA é um time rápido e manterá a base contra o bicola!
    Também o Paysandú deverá manter a base do parazão pois não creio eu que haja tempo para a estréia de algum contratado! É a minha opinião!

    Curtir

  39. Série B
    O ASA estreia no Brasileiro da Série B na próxima sexta-feira, às 21h50, contra o Paysandu, em Paragominas-PA. Nos treinos, o técnico Ricardo Silva já começou a esboçar a equipe para a estreia com: Gilson; Osmar, Tiago Garça, Fabiano e Chiquinho Baiano; Milton Junior, Jorginho, Pedro Silva e Didira. Wanderson e Léo Gamalho.

    Curtir

  40. heleno, o gerson não pode bloquear porque o cara ou a cara (pode muito bem ser mulher ou gls), não está contra os critérios do blog e nem ofedendo em demazia. está apenas falando um onte de bobagens para defender o time dele, mas quanto a isso o gerson é inteligente e deve saber que com issas bobagens o cara(a) está dando tiro no proprio pé ou fazendo gol contra contra o time dele
    kakakakakakakakakakaka

    Curtir

  41. Até agora ninguém postou a foto no mangueirão dos listrados daqui do blog kkkkkkk por falar nisso, o q aconteceu com o seu Edson e com o doente CB, será q enfartaram no mangueirão? kkkkkkkkk sumiram, vai entender kkkkkkkkk vamos dar a descarga pro edilsinho kkkkk

    Curtir

  42. Resposta para a postagem 49

    •121. otavio santos | 03/04/2013 às 11:39
    Fonte: Blog do Valentin
    20 abr. 1919 – Paysandu WO x CR. HOUVE JOGO. “Quando o placar estava em 1 x 1, o Clube do Remo desistiu

    23 jul. 1970 – Paysandu WO X CR. HOUVE JOGO. “… Alcyr Braga, presidente do Remo, … Ao chegar ao estádio, no intervalo da partida, deu ordens para que o time azulino não voltasse mais ao campo de jogo, para cumprir o segundo tempo

    Curtir

  43. Eu não posso perdoar o navico, peguei sol para comprar o ingresso, chuva vendo o jogo, deixei sequinho o bicolor, e os caras escalam um cara irregular aos 44 do segundo tempo do jogo de navirai. Secando com a bola rolando, eu sou o melhor de todos, agora secar no tapetão não é minha praia. Já estou me preparando para dar aquela secada no bicolor contra o furacão rsrsr. Acho que literalmente o time listrado está no olho do furacão.

    Curtir

  44. Rocildo Chorão de Oliveira, tu és bicolor, confessa! kkkkkkkkkkkkkk!!!! Não enganas mais ninguém amigo! kkkkkkkkkkkk

    Curtir

  45. ´Égua,. agora qual será a bomba que vai querer esta vaga, amigo Claudio? quem se habilita?

    Curtir

  46. Claudio mais uma vez o Remo sem presteza no campo, corre desesperadamente pra comprar uma vaga.

    Como o interesse dessa gente é só nas rendas que os doentes azulinos proporcionam, se disputarem, não vão chegar a lugar nenhum, pois não se prepararam pra isso.

    Mas já valeria só pra não ficar parado, vamos aguardar!

    Curtir

  47. Boa tarde Gerson Nogueira e Amigos do Blog;

    Não dá para entender como determinados baluartes deste blog, a exemplo do Cláudio Santos, criticam a atual administração do Grande Bicolor Celeste Amazônico, que demonstra cultivar a prudência e prioriza a razão, não se deixando levar pela emoção, causa do provincianismo demonstrado por administrações recém passadas e que levaram o clube a capitalizar enorme passivo na tradicional casa do índio, só lembrando o aspecto trabalhista para não irmos muito adiante.
    Entendo que as contratações precisam ser realizadas com os critérios adotados e precisamos esquecer determinados nomes que já rodaram por grandes e intermediários clubes e não foram o sucesso todo que se tenta agora creditar-lhes, no caso específico do Marcelo Nicácio, tão engrandecido pelo Cláudio Santos, vejo como muito loby e pouco resultado pois se analisarmos o atleta como produto, haja vista que em se tratando de atleta de futebol, é isso que o é, os resultados dele não são tão grandiosos assim, senão vejamos:
    Ele já jogou no Ceará, Fortaleza e agora está escanteado, no Vitória da Bahia; a mais recente competição oficial que disputou pelo Vitória, foi a copa do nordeste, onde em oito jogos marcou cinco gols, empatando na artilharia com o Jogador do CRB; penso que esse retrospecto não é suficiente para tamanha badalação, afinal, o Val Barreto, no nosso Parazão, marcou mais gols que ele e estou embasando minha crítica, entre regionais, a copa do NE lá e o Parazão aqui, portanto, não estou estabelecendo disparidades, nesse diapasão, entendo que o Lúcio Maranhão, hoje, também na reserva do Vitória, no ano passado marcou 49 gols, penso que esse atleta impõe mais respeito e justificaria a contratação, penso ainda que o artilheiro a ser contratado seria o do próprio Vitória, Dinei que nos 7 a 3 enfiados no arquirrival, o Bahia, fêz quatro e é titular absoluto.
    Por outra forma, os críticos precisam entender que daqui a duas semanas o Brasileirão sofrerá paralização de mais de um mês, em razão da copa das confederações, tempo suficiente para esse mercado especulativo arrefecer e as contratações realizadas naturalmente; outro detalhe é que o time que entrar 100% nessa competição, tende a cair quando esta chegar aos 50%, portanto, observando as peculiaridades da competição e tomando as medidas a tempo, chegaremos com sucesso ao final.
    Portanto, Calma Nação Celeste Amazônica!

    Curtir

  48. Este caso do Naviraiense traz um questionamento: algum clube já foi punido por renovar contrato de atleta em meio à competição? Não se tem notícia disto. O atleta já tinha contrato com o clube e incluiu um aditivo para jogar as partidas restantes. A comunicação foi feita dentro do prazo estabelecido e não há mais qualquer pendência. As opiniões dos causídicos são favoráveis porque (coincidentemente) são todos do Pará e ligados ao Paysandu. Mas se ouvíssemos as opiniões dos advogados em todo o restante do país não teríamos uma sequer a favor do time paraense…

    Curtir

  49. Concordo com o post 67, em se tratando de contratações o mercado está muito aquecido e as ofertas que estão a disposição não tem muito apelo…..muito jabá e pouca produtividade. O Marcelo Nicácio é um exemplo disso começou no Galo das Alterosas e era considerado ainda Jr um fiasco depois perambulou pelo nordeste tendo tido um fase boa no Ceará, mas ai quis se promover na hora da renovação e o Presidente mandou embora. Pelos comentários típico jogador estrela.

    Curtir

  50. Esse Rocildo e um comédia mesmo. Como dizer que o Remo teve campanha superior aos demais clubes do Parazão? Segundo ele, a torcida bicolor está usando venda nos olhos e não consegue enxergar a realidade. Será se tudo o que ele quer dizer na verdade, no fundo não e pra própria torcida azulina? Ou então o miserável vive no mundo de faz de conta.
    Ei Rocildo, vai assistir ao filme Exorcista 2 e procura saber quem e o padre do filme e pede pra ele Exorcizar os espíritos que estão te possuindo. Seu caso e bastante serio mano!

    Curtir

  51. Sinceramente, esse tema é até chato e já deu o que tinha que dar, mas vcs acham que o Remo é candidato forte ao acesso à C? Pra mim, com todo o respeito, trocar Náutico genérico não sei de onde por Remo, não muda nada. Certeza absoluta de que existem vários times melhores do que o “abicora vaga” nessa série D.

    Curtir

  52. Exato, Maurício. Se perdeu a vaga em campo para o Paragominas, é porque não tem a mínima condição. Repetirá o vexame dos anos passados. Não será sintoma de grandeza, como irão apregoar os setoristas, mas de apequenamento, precisar que um time desista, ou melhor, que lhe venda a vaga para disputar uma irrisória quarta divisão…

    Curtir

  53. Essa bomba anunciada pelo Claudio no post.64 é na verdade um foguetinho,pois pelo que li em outros sites o presidente do nautico RR disse que vai tentar patrocinios até o último da de prazo dado pelo cbf que é dia 26 de maio e mesmo que haja a desistência do nautico o remorto só ficará com a vaga se nenhum outro clube de RR desejar ficar com a vaga.

    Curtir

  54. Égua, como eles estão preocupados com o Leão kkkkkk Olha essa notícia abaixo, não é mais novidade kkkkkkk chupa mucura, chupa que é de uva kkkkkkk

    Carlos Ferreira

    REMO CAMPEÃO DE PÚBLICO NO PARAZÃO E NA COPA DO BRASIL

    Curtir

  55. Oh seus GAYSANDU vcs tem q torcer pro REMO ter divisão senão esse título de vcs vai ser vergonhoso…pegou TRÊS PISA de um CLUBE SEM DIVISÃO!

    Curtir

  56. Melhor no proximo ano colocar no regulamento do parazao que, em qualquer tempo ou situação a vaga na serie D será do Remo!

    E assim esperar o vexame depois!

    Curtir

  57. Há exatamente 5 anos em 2008 o remo conquistou o seu último titulo do parazão,naquele campeonato o Paysandu foi o 1 colocado na classificação geral pois obteve 41 pontos e o remo também obteve 41 pontos,no outro quesito de desempate o papão levou a melhor pois teve 13 vitórias e o remo teve 12,alguém lembra se naquela oportunidade a torcida remista reclamou por sido campeã e ter terminado atrás do papão na classificação geral?

    Curtir

  58. Claudio, se o Remo está confirmado na série D, que tal trazer como técnico o jogador que deu um único título nacional para o Mais Querido.

    Campinas, SP, 21 (AFI) – O técnico da nova geração Maurílio (foto) quer trabalhar. No mercado após deixar o Alecrim, o jovem comandante se diz preparado para atuar em outros centros do futebol brasileiro, ainda mais com o início dos campeonatos nacionais..

    Curtir

  59. Amigo Cláudio, se essas duas informações que você vem sustentando forem verdades. Tanto a torcida bicolor, quanto a azulina ficarão felizes com o desfecho.
    Caso contrário amigo, terei que concordar que o FBI virá atrás de você, pois você anda soltando tanta bomba aqui no blogue, que e capaz de falarem que você e parente dos terroristas russos de Boston.
    Caso você não seja terrorista, agente de saúde e que você não e também! Que diabos de tanto “foco” você anda descobrindo pela internet? Kkkkkkk
    Será se o mosquito da dengue agora e virtual? Kkkkkk

    Curtir

  60. O Cláudio é um grande jornalista amador. O cara tem fontes fidedignas que muitos jornalistas profissionais não têm. Não gostei da contratação do Charles, mas como estou torcendo para o Cabeça se ferrar, espero que este seja mais um mico para a coleção do Mr. Head.

    Curtir

  61. Não demora muito o amigo Claudio ganhará contrato com algum site esportivo. Tá muito bem informado caso essas bombas se confirmem. Kkkkkkkkk

    Curtir

  62. Até que enfim, mesmo, amigo Cláudio o Yamato deu uma dentro. Agora, tem que segurar o E. Ramos. E, se for o caso, dispensar o Iarley, para poder pagar o aumento que permitirá segurar o E. Ramos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s