50 comentários em “Capa do Bola, edição de sexta-feira, 17

  1. Passada a inesperada eliminação do Paysandu é hora de esquecer e enteder que com ese time se não fosse ontem logo logo o time cairia fora.

    A Copa do Brasil só serve pra quem consegue ser campeão, esse papo de comemorar que chegou a 3°, 4° ou semi final é para times mediocres, times pequenos que na sua tragetória é o maxímo que conseguem.

    Curtir

  2. Apos a ressaca bem sugerida pela manchete, vamos relembrar aos esquecidos que tiveram o seu dia de glória ontem, e que agora devem voltar a sua dura e merdatica realidade, assim como os demais times paraenses que tem o que disputar daqui pra diante.

    Paysandu: Domingo tem amplas chances de conquistar pela 45° o parazão.
    Depois, no dia 24 de maio sexta feira contra o ASA em Paragominas começa a corrida pelo tri campeonato da segunda divisão e consequente volta a Elite.

    Aguia: É o nosso representante na Série C que inclusive será mostrada pra todo Brasil pela SKY

    Paragominas: Domingo apesar da remorta chance pode ser campeão estadual.
    Mas o clube do interior conseguiu dentro de campo, jogando bola a vaga pra representar o estado na 4° divisão.

    Curtir

  3. Concordo contigo Edson! E só para acrescentar um pouco mais, os azulinos que pareciam pinto no lixo com a derrota bicolor e com o possível torneio Pará x Rio de Janeiro, poderão ficar felizes apenas com a derrota bicolor. Pois o famigerado torneio Que serviria de alento para o sofrido clube peruquento está dado como encerrado.
    O Flamengo não concordou com as bases financeiras e não irá mais participar. Então os dirigentes e torcedores azulinos terão mesmo que excursionar pelos interiores do estado se quiserem ganhar alguns trocadinhos para e ver a pior equipe do estado em ação.

    A rapadura e doce mais não e mole não!

    Curtir

  4. Como eles mudam de opinião a cada dia a cada jornada. Em um determinado momento a prioridade era a reconquista do paraense, ao apagar das luzes conquistam o primeiro turno e a impoprtância do paraense cresce assustadoramente. Após uma retumbante classificação na Copa do Brasil, quando o papinha elimina o poderoso São Raimndo de Roraima sem direito a jogo de volta. Eram duas as prioridades. O paraense e a Copa do Brasil, o caminho mais curto ou fácil para levar o papinha até a Libertadores, como se a Copa do Brasil fosse um torneio realizado todo dentro de Belém. Nesse momento o arrasador papinha, empata com o Cametá de Landu, com a Tuna do digamos inseguro Dida, que em 2001 defendendo o Independente,fora afastado da decisão do campeonato, após um contato do mesmo com diretores do bicolor, que deixaram Sinomar com uma mucura atrás da orelha. Vence por W X O , o cuiarana. Dois jogos contra o Remo, dois massacres , duas tranquilas vitórias contra o mais querido, e consequentemente o grande passo para a conquista do paraense. Eu desafiei aqui os bicolores e quebrei duas castanhas na boca deles. Duas vitórias azulinas e um chocolate azul nos listrados. Eles deixaram,foi salto alto, foi marmelada. Não faziam mais questão desse campeonato insignificante. A meta volta a ser a Copa do Brasil, felizes ficam quando o Navico elimina a lusa da competição. A euforia se instalou a dúvida também, eliminamos o logo o Navico no jogo de ida ou não. O algoz bicolor é eliminado do campeonato paraense de 2013, Alivio nos corações bicolores, tiraram o temido Leão do caminho do papinha , o paraense volta a se juntar a Copa do Brasil como objetivo. O Navi é vencido em casa pelo papinha, os matématicos começam a contabilizar os ganhos bicolores na competição, pois enfrentariam o Atlético PR, pois o Navi, já era. um milhão,dois milhões e a volta triunfal para a Libertadores. O paraense é esquecido novamente até as 22:30 da noite de 15/05/2013, noite do vexame que eu testemunhei. Agora de volta a realidade, o paraense volta a ser o Parazão, motivo de orgulho do torcedor bicolor. Pode se contentar bicolor essa é a última competição que os senhores festejarão pelos proximos 3 anos.

    Curtir

  5. Bicolores essa é nossa grande diferença, sou azulino em qualquer situação, visto minha camisa na vitória e na derrota principalmente. E sinceramente prefro bater no peito e dizer fui campeão brasileiro da terceira divisão dentro de campo contra tudo e contra todos. Do que e vangloriar de dois campeonatos que ficaram enxovalhados, com a afirmação do falecido ex presidente bicolor Miguel Pinho, que afirmou em matéria publicada no jornal O Liberal do dia 12/11/2003, que o papinha se beneficiou de esquemas para conquistar o seu objetivo. Não sou eu que digo, apenas repasso o que eu li sobre o assunto, e que pode ser visto por qualquer pessoa na internet.

    Curtir

  6. Pra esse tipo de ressaca o Engov é vergonha na cara. Quanto ao malfadado torneio e a volta ao far niente azulino, não resta mais nem a ‘Copa Ferreirinha’, último grande feito do Remo, pois o Águia tem mais o que fazer.

    Curtir

  7. GERSON NOGUEIRA, AMIGO

    com toda a sinceridade, Para início de conversa, ressaca nesses casos para mim não existe e nunca vai existir jamais. O que existe após uma desclassificação desta( QUE MUITOS INSISTEM DIZER INESPERADA, MAS PARA MIM foi normal) é a preucupação e apreensão pelas cifras perdidas as quais poderiam chegar a mais de um milhão e meio de reais. Dinheiro graúdo que poderia ajudar demasiadamente no investimento para a dificilima serie B. mas se é que tem bicolor de ressaca vou logo dizendo deixem disso por vários motivos:
    1- Em Copa do Brasil esses tipos de resultado são mais que normais seja qualquer time e não é a toa que times insignificantes como esse chegam as fases finais. Ja temos exmplos de clubes consagrados no Brasil e no mundo que foram eliminados em casa por times piores que esse naviraeense. Ano retrasado se não angano, o Vasco foi eliminado na terceira fase pelo baraunas de mossoro em pleno são januário, onde tambem jogava por empate, e nem pos isso deixou de ser um dos maiores clubes do mundo.

    2- Copa do Brasil hoje para nós é apenas para participar e fazer o máximo para ganhar um bom dinheiro. so isso. nem podemos pensar no mais importante na vida de um clube ou competidor que são conquistas de titulos. Sem titulos é que ninguem vive.

    3- domingo no mangueirão é que se pode fazer a verdadeira historia, pois o Papão caminha para seu 45º titulo, será o segundo maior campeão estadual do Brasil, porque o bahia ja dançou o merengue da vaca louca, e esse sim ficará marcado ´para sempre na historia do clube se vier.
    4- A derrota para esse naviraí assim como se fosse vitoria daqui a 6 meses ninguem lembrará mais. até porque eliminar naviraiense não teria nenhum icone de gloria. mas o titulo estadual sim. daqui a 100 anos mesmo se o Paysandu ganhar com derrota, o que vai ser lembrado é o titulo e nada mais. então nação alvi azul deixem de pegar corda e vamos lotar o mangueirão

    PAPÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    Curtir

  8. OBSERVEM QUE SE O PAYSANDU ELIMINA O NAVIRAIENSE, daqui a 6 meses, ninguem mais lembraria disso. cairia totalmente no esquecimento. daqui a 100 anos então é que ninguem lembraria nem dessa desclassificação ou da calssificação se viesse. para falar a verdade nem o declarado maior secador do mundo do paysandu chamdo rocildo oliveira lembrará mais dessa eliminação porque até lá ele ja fechou o paletó de madeira. Mas se o bicola ganhar mais esse titulo domingo, afirmo que daqui a 100, 200 anos esse titulo vai ser lambrado por todos, inclusive os grandes secadores do futuro apos o rocildo. então minha gente notem que TITULO É O QUE VALE. VAMOS LÁ. AO MANGUEIRÃO O INGRESSO É BEM POPULAR PAPAÃOOOOO
    PAPAOAOAOAOAOAOP
    PAPAÃOAOAOAOAOAO

    Curtir

  9. Minha gente isso é apenas futebol. Os remistas invejosos ficam felizes quando o Paysandu perde. O que dizer então de Gremio, Corintians, Palmeiras, São Paulo…. todos eliminados da Libertadores.

    Curtir

  10. O Fla mostrando o time grande que é, pulou fora do torneio, pois sabiamente sua diretoria sabe se valorizar e não aceitou ganhar somente o dobro do que um time sem divisão iria ganhar.

    Eu estava certo e estou certo quando digo que o Paysandu está acima do Remo e deve boatr banca quando o assunto for cotas de patrocinio.

    O outro motivo alegado para a desistencia do Fla é baixo nivel tecnico do torneio.

    Bom, pelo Vasco não é, Paysandu? Tá numa 2° divisão, acho que não. Então quem seria esse time culpado por esse time alegado pelo Fla?

    Claro que é o Remo.

    Os caras que tem um elenco acima de 1 milhão de reais vem do Rio pra jogar contra um time que não tem divisão, não tem grupo formado e nem tecnico, te dizer…

    Tá certo o Flamengo, ele é urubú mais não fica no meio do lixo. rsrsrsrsrsrsrs

    Curtir

  11. O Flamengo mostrou aos BESTA torcedores paraense o quanto ama seus torcedores É POR ISSO QUE TORÇO NO BRASIL E NO MUNDO POR UM CLUBE PAYSSANDÚ E VOU ENSINAR AOS MEUS FILHOS QUE NÃO SOMOS CARIOCA,PAULISTA,GAUCHO E ETC.. SOMOS DO NORTE E TEMOS QUE TORCER POR UM CLUBE DO NORTE (PAYSSANDÚ). esse times de fora se acham que estão com a bola toda e torcedores do Pará a ainda torcem por clube de fora.

    Curtir

  12. Quanta contradição. Não sei se comparo a Qorpo Santo, no contraponto da intelectualidade e mediocridade, ou como Dom Quixote, em suas visões deturpadas da realidade. Para ser atual e popular, podemos lembrar do personagem Théo, da novela Salve Jorge: corajoso, honesto e com regras bem definidas, pela formação militar, contrapondo-se à imaturidade e submissão materna. Dizer, agora, que a Copa do Brasil só tem importância ao ganhador, ignorando que, só neste jogo, o clube deixou de ganhar, provavelmente, cerca milhão de reais, não é racional. Agora só importa mesmo é o campeonato paraense, competição que andou meio desprestigiada pelos próprios torcedores, para destacar a glória de estar numa divisão do brasileiro. Na realidade porém, esse comportamento é lido na psicologia como mecanismo de defesa. Neste caso, há uma inversão do que se realmente deseja. Assim, para tudo haverá uma explicação. Segundo Freud isto se chama FORMAÇÃO REATIVA.

    Curtir

  13. Amigo Gerson e frequentadores do blog, venha através deste espaço democrático e com o coração arranhado, tecer críticas aos cronistas esportivos, principalmente aos que cobrem os clubes do Pará. Nesse caso o alvo maior seria a Rádio Clube, meu vício sadio diário, que prima pela qualidade em suas transmissões, porém nessa cobertura dos clubes, os chamados setoristas deveriam arrefecer esses elogios até com certo exagero aos jogadores, denominações como: Maestro, interplanetário, valotelli e tantos outros que não recordo neste momento. A gente procura entender que os profissionais do rádio fazem isso para motivar os jogadores, torcedores, mas nem sempre essas denominações correspondem com a realidade, acho até que elevam em demasia o ego desses jogadores. Um fato após o jogo da última quarta feira me motivou a fazer este comentário; o Dinho Menezes repórter da Clube disse o seguinte depois do término da partida, indagado pelo mestre de cerimônia do jogo sobre as entrevistas dos jogadores: -Tá difícil, se quando ganham dificultam, imagine quando perdem, ainda mais dessa forma”. Então amigos, Gerson, foi mais ou menos assim o desabafo do repórter e isso só vem ratificar que esses jogadores são até de forma exacerbada, tratados com carinhosos, afagos e denominações que as vezes não correspondem a realidade. Aqui em Manaus, o Nacional vem de uma arrancada sensacional no campeonato amazonense, deu um baile no conhecido Coritiba na última quarta feira, e nem por isso a crônica vem endeusando os jogadores, fez a matéria fazendo os elogios pertinentes ao feito coletivo, isso me satisfez profundamente. Quero citar que a crônica esportiva do Pará está entre as melhores deste país, e essa crítica não afeta a qualidade do trabalho desenvolvido, seria apenas um ajuste nesse procedimento dos repórteres dos clubes. Sei também que os amigos, Gerson, podem não concordar comigo, mas como o Gerson nos dá a liberdade para tecermos comentários sobre vários assuntos, então vai esse, por que não seja tão importante assim.

    Curtir

  14. Jorge Alves dinheiro na mão é vendaval.

    Um time que não teve condições de eliminar um tal de naviraiense, não iria passar pelo Atletico e tão menos ser campeão.

    Se for assim, ganha o torcedor que não vai jogar fora seu dinheiro com falsas emoções.

    Ano que vem se houver um planejamento voltado pra copa Brasil, aí sim, vale a pena ir pulando de fase e sonhar;

    Queres ver um time que vai passar fácil mesmo tendo perdido de 4X1 pro naça? É o Coritiba. Lá formaram um time pra ser campeão e não pra ganhar cotas de fases.

    Se fosse um de nós, já tinhamos jogado a toalha, mas lá ninguém tem duvida que irão golear facilmente o guerreiro time manauara.

    Nenhum time do Pará até hoje entrou na Copa do Brasil pra ser campeão, só entram pra ver até onde resistem.

    Vejam o caso do Paysandu, se apertassem eliminariam o Naviraiense lá mesmo, mas não, foram pensar em renda aqui em Belém, aí olha que o aconteceu.

    Em resumo Jorge, a CB é bom ganhar dinheiro, quando se vai passando fase como vc colocou, mas os grandes times querem entrar pra ser campeões, pelo titulo e pela cobiçada vaga na Libertadores.

    Curtir

  15. Édson, concordo contigo. Mas a arrecadação com jogos e cotas, servem, no mínimo, para manter em dia a folha de pagamento. Entendo que não dá para desprezar isso. Mas não é só. Com continuidade na competição, dá para alavancar maiores patrocínios, pela visibilidade. abs

    Curtir

  16. Lucilo. além do que falaste, o cotista FIXO cria laços com jogadores e dirigentes. Desta forma, fica mais difícil cobrir com isenção e com olhar mais crítico. Talvez seja uma estratégia proposital, em face da função motivadora que mencionaste. Neste caso, a visão crítica fica para outros profissionais, como acontece na Clube. abs

    Curtir

  17. é exatamente isto que comentei senhor Jorge Alves,
    fiquei triste e apreensivo somente pelas enormes cifras perdidas que poderiam vir da classificação as quais ajudariam na serie B onde ali sim podemos sonhar com titulo. Mas não deu paciência. para ao ano tem mais CB para o Papão. Então a partir dessa tese, eu não posso concordar com o nosso escriba Gerson Nogueira, falando em possivel crise após essa eliminação, porque fora o dinheiro perdido que poderá fazer falta, a eliminação para esse time mediocre não causa nenhuma surpresa em se tratando de copa do brasil, é até comum. Times pequenos eliminarem times grandes. tem muitos exemplos disso que não dá para relatar aqui, mas o proprio ” clube do remo”, o mais glorioso do norte em copa do brasil até hoje, ha 03 anos foi eliminado na segunda fase dentro do Baenão pelo PALMAS DO TOCANTIS, depois de ter dado de 2×0 neles la dentro e apanhou de 3×1 no baenão. lembras do bate palminhas do caxiado ????
    E onde está o palmas eque competição ele disputa??? E veja se algum remorto lembrava dessa derrota?? ninguem lembra mais. então não podemos de modo algum falar em crise no papão, tendo uma decisaõ de titulos domingo, onde isto sim ficara marcado para a historia do clube e daqui a 100 anos sera lembrado igual como é lembrado o primeiro titulo estadual do remorto em 1913. Intenderam porque eu digo que titulo é o mais importante que tudo???vamos lá nação bicolor 45,45,45,45,45,45,45
    titulosssssoooosssssssssss

    Curtir

  18. Concordo em quase tudo com o Edson.Só não dá pra aceitar essa eliminação para um time sem a menor expressão. Isso é falta de vergonha na cara. Ainda querem convocar torcida para o jogo seguinte.É muito querer humilhar o torcedor.É ate brincar com a cara do mesmo.! Pior pra eles.Acho que depois desse tremendo vexame,só o torcedor inveterado ou masoquista vai ao próximo jogo! E essas contratações ? Fizeram tanto blá,blá,e o que estou vendo chega a tremer as estruturas da base.Tudo se repetindo e evoluindo nos mesmos caminhos e dimensões de todos os últimos anos !E olha que o campeonato ainda nem começou ! Haja coração forte e perspectivas para ataques cardíacos !

    Curtir

  19. Será que ainda vai ter a foto dos sofredores no mangueirão domingo kkkkkkk já até baixaram pra 10 paus kkk agora a torcida mixuruca da mucura encara o mangueirão kkkkk

    Curtir

  20. O problema Gerson é que as criticas sobem ou descem conforme o resultado de um jogo. Se o Clube vence um jogo ele está no caminho certo, se ele perde um jogo, ninguém presta Então nada está certo no futebol paraense. Na verdade vivemos um faz de conta,mascarado por alguns bons momentos.

    Curtir

  21. Rocildo, pare com esse nhem-nhem-nhem de entrevista do Miguel Pinho ao jornal O Liberal, pois nem o Pinho tinha credibilidade e muito menos ainda esse jornal de gangsters.

    Curtir

  22. Caros, nem bei cheguei à Belém e já no taxi, eu reclamando com o taxista, sobre o fiasco do PSC. Concordei com ele quando me disse que foi a ganância de querer jogar na Curuzú, pois eu disse que se sabiam que o gramado era ruim e que poderia chover, o jogo tinha que ser no Mangueirão.

    Agora, o taxista era remista depois que eu disse que já tenho pena de ver o CR nessa situação, eis que ele contou que o time do Roraima irá vender a vaga ao CR, por 90 mil.

    Curtir

  23. Heleno meu caro bcolor, eu não tenho culpa do que fez o Pinho. apenas relatei o que é do conhecimento de todos. Veja só você acreditou no motorista que lhe disse que o Remo iria dar 90 mil para o time de Roraima. Eu lhe pergunto quantos noventa mil o Remo teria que gastar. Pois até onde ficou esclarecido, somente se todos os filiados da Federaçao de Roraima que disputam o campeonato desistirem da vaga, é que o Remo conseguirá essa vaga. Na verdade isso não existe, o Remo não vai disputar divisão nem uma, vamos sim girar pelo interior paraense, e se Deus quiser alguns jogos eu acompanharei. Pois onde o Remo estiver lá eu estarei.

    Curtir

  24. Esse negocio de noticia é igual.
    A prova tinha uma pergunta onde se perguntava quais eram os nomes dos 2 ossos do punho? Então o primeiro sabia e foi passando a cola, chegou no penultimo ja estava Radio Clube e foi passado para o ultimo e não entendeu o que outro falou e o mesmo colocou PRC5.
    Por isso que antes de ouvir o penultimo da estoria procure pessoalmente o primeiro e venha para este blog.

    Curtir

  25. Ei Rocildo, já deste provas suficientes que és um desiquilibrado mental.
    Sair de casa sob um sol de 11:00h pra comprar ingresso, e ficar debaixo de um toró no alambrado da Curuzú só pra assistir jogo do Paysandu, não é coisa de uma pessoa normal, que se diz torcedora do rEMO.
    Somente torcedor apaixonado pelo Papão passa por essa situação.

    Curtir

  26. Ei sofrildo, ou melhor Rocildo! Como você diz bater no peito ao citar que o Remo foi campeão brasileiro sem nenhuma artimanha? Como se houve várias irregularidades na partida que o Remo venceu o jogo do título. Aquele gol impedido e com falta encima do zagueiro adversário não conta em meu caro? Foram campeões na marra, igualzinho ao Paysandu.
    Não há diferença entre Paysandu e Remo quando o assunto for bastidores, ambos clubes se assemelham em quase tudo, inclusive no amadorismo e vexames.

    Curtir

  27. O Paysandu já teve três vexames frente a clubes inexpressivos do Brasil. Já o Remo contabiliza cinco vexames consecutivos e nem por isso pensa em parar e achar que e o bam bam bam. Kkkkkk

    Curtir

  28. Vejo pelo lado financeiro o prejuízo do clube com a eliminação da Copa do Brasil, no mais já sabemos para quem o título irá ou com a repescagem da Libertadores existe algum interesse para a CBF que times emergentes com o Naviraiense chegue a final, ou pior seja campeão?
    Fiquei puto por perder para o próprio Paysandú que desprezou o adversário e não soube fazer uso do regulamento!
    Não há porque crucificar o Lecheva, acho que o erro dele foi ter tirado o Djalma.
    Nossos laterais, goleiro e atacantes são uma comédia! Têm que ser substituídos emergencialmente!
    Contratamos o Careca, desconhecido vindo de um recanto onde o futebol não é tanto bem jogado, mas pergunto: em confronto direto quantas vezes o Pará se saiu melhor contra os do Mato Grosso do Sul? Tome as duas eliminações do Remo na quarta divisão como exemplo!
    O Iarley quando veio jogar no Paysandú pela libertadores e o Ceará naquela época amargava uma terceira divisão nacional o comentário foi bem parecido ao de hoje. E depois vimos onde o Iarley foi parar!
    Cheguei a comentar que não iria ao jogo da final, mas passada a raiva… Se eu morasse em Belém, é claro.
    O 45° título estadual está às portas, a seriedade deve ser mantida e o campeonato conquistado!
    O time pode e vai render muito mais do que sabemos, a série B dará uma nova motivação aos jogadores. Nossos adversários também estão passando por dificuldades semelhantes a nossa quanto a contratação! Há empresários oferecendo gato por lebre e muito clube desavisado ou pior com diretores corruptos assinando contratos que fatalmente levarão estes clubes ao ministério do trabalho. Acredito que isso é que a atual diretoria bicolor está querendo evitar.
    Não acredito em economia barata, o mercado é competitivo e selvagem, leva quem tem mais!
    Acredito numa boa campanha dos bicolores mas para isso temos que extirpar nossas deficiências!

    Curtir

  29. Amigos bicolores vocês ainda dão trela para torcedor em veraneio!
    Vamos falar única e exclusivamente do Papão no resto do Parazão e no decorrer da série B.
    Esqueçam os mortos. Eles só reviverão em 2014, podem fazer macumba ou até pacto com o tinhoso que Deus é maior e ajuda a quem trabalha!

    Curtir

  30. Bicolores não tenho o costume de me esconder atrás de nada. Sou Rocildo Oliveira, apaixonado torcedor azulino, ouvinte da Rádio Clube do Pará desde o ano de 1969, apaixonado por futebol desde criança ouvia as narrações esportivas com ouvido colado em um Rádio ABC A VOZ DE OURO, que pertencia a minha avó Ana. Fã incondicional de primeiramente Edyr Proença, que inclusive gravou um LP, narrando toda a campanha, gols, comentários do Clube do Remo no campeonato brasileiro de futebol do ano de 1972 e poucos sabem disso e agora vocês também estão sabendo. Fã também de outro mestre , Grimoaldo Soares. Quando o garoto Rocildo não estava no estádio, somente ia dormir quando escutava encantado os comentários dos dois mestres. Como narrador esportivo Claudio Guimarães,Jorge Dias o locutor da maquina, referência a maquina azulina de 73/74/75. Gol do Leão, Jorge gritava é gol da maquina e eu me arrepiava meu Deus. Fã também do acelerado Jones Tavares, que narrou se eu não estou enganando, o primeiro Remo e Paysandu jogado em um outro Estado no dia 02/03/1972, jogo é claro vencido pelo mais querido ´por 3 x 2 no Nhozinho Santos em São Luiz do Maranhão pelo torneio Para-Maranhão. Um outro narrador que eu admirava era Edgar Augusto filho de Edyr Proença, que saiu do futebol e passou a apresentar o programa a feira do som na Cultura. Portanto meu caro minha vida sempre foi envolvida com o mais querido e com o rádio admirando sempre o trabalho desses profissionais , craques na arte de levar a emoção a milhões de corações. Portanto bicolores quem quiser ser clonador, clonar que o faça. Eu sou eu mesmo azulino convicto, e não me utilizaria desses artificios para postar mensagens neste espaço.

    Curtir

  31. Gerson Nogueira, existe um cidadão bicolor,que a todo momento salienta que eu não existo, que sou um clone criado por alguén ,para postar mensagens. Pergunte ao João Cunha , que me conhece desde a minha infância, se eu existo e se sou um torcedor tremendamente azulino. Ou sou apenas um clone ,como afirma a todo momento o ilustre bicolor.

    Curtir

  32. O Rocildo é a imagem perfeita do torcedor azulino, em sua grande maioria: chato pacas! Eu o respeito, claro, como respeito a todos. Mas fico imaginando se o time dele tivesse tantos momentos gloriosos como tem o Paysandu, a sua chatice seria triplicada e aí, ninguém o aguentaria. kkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  33. Como sou feliz por ser torcedor do PAYSANDÚ SPORT CLUBE. Vou assistir os jogos até o final do ano, gritar de alegria com os gols do Papão, debater com os amigos do blogue as jogadas, lances duvidosos. Discutir sobre a escalação, o esquema. Também ter paciência nas derrotas pois serão 38 jogos e é quase impossível sobreviver a todos sem uma derrota.
    Terei programação futebolística nas rádios, revistas, jornais e televisão porque o meu Papão será notícia, será lembrado, será falado.
    Será criticado também ora ninguém é perfeito!
    Mas o mais gostoso de ser Paysandú ou Paissandu, é que este time me enche de orgulho será no domingo a conquista do 45° título do Parazão alargando a fronteira entre nós e o rival. Iremos começar a perseguir uma das quatro vagas para o acesso à série A e olha que pela qualidade dos adversários não está difícil.
    Como é bom torcer para um clube que mesmo quando derrotado em campo a própria CBF e FFMS se encarrega de trazer de volta para a competição o PAPA TÍTULOS DO NORTE.
    É a força e a influência do CAMPEÃO DOS CAMPEÕES falando mais alto, se o Naviraiense vacilou… agora é chorarem por serem desatentos a estes detalhes!
    Para o Paysandú é uma nova chance de continuar na Copa do Brasil!
    É MUUUUUIIIIITO BOM TORCER PARA UM CLUBE DE VERDADE COMO O PAYSANDÚ SPORT CLUBE!
    PAPÃO 45 VEZES CAMPEÃO!
    COMO DIZ UM AMIGO DO BLOGUE A CONTAGEM COMEÇA DE 1,2,3,4,5 ….,43,44 E 45 TÍTULOS DO PARAZÃO!

    Curtir

  34. Já esqueceram da maior vergonha dos times Paraenses que foi ser lanterna da terceira 1 ponto, te contar! Dizem que a festa vai ser quente domingo na 28 kkkkkkkkkkkk

    Curtir

  35. Já esqueceram a maior vergonha do estado um time que está fora dos principais campeonatos do Brasil? Mais de 20 anos que não participa da série A, vive mendigando uma vaga na série D. É muita decepção esse time do leão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s