Vitória não esconde problemas

CametaXRemo Parazao 2013-Mario Quadros (30)

Por Gerson Nogueira

Apesar da liderança 100%, o Remo fez um jogo desconcertante ontem em Cametá, mostrando o pior e o melhor de seu repertório nos dois tempos. Na fase inicial, apesar de marcar um gol logo aos 6 minutos (Val Barreto, de cabeça), acomodou-se e permitiu que o Cametá dominasse as ações. De tanto se apequenar na defesa e abrir o meio, acabou cedendo o empate aos 42 minutos (Leandro Mineiro, também de cabeça) e por pouco não sofreu a virada.

Mais espantoso ainda foi o comportamento do meio-de-campo nesse período. Chutões para todo lado, nenhuma articulação com os demais setores e incapacidade de antecipação para marcar. Tantos problemas deixaram o time travado e presa fácil da empolgação e da velocidade do Cametá, cujos armadores Adelson e Leandro Mineiro manobravam com liberdade.

Na segunda metade da partida, usando a mesmíssima escalação, o Remo voltou transfigurado e apresentou sua melhor atuação no campeonato. O time escapou da pressão a partir do novo posicionamento do volante Endy, deslocado para o lado direito da marcação, e da aproximação entre Fábio Paulista e Tiago Galhardo.

CametaXRemo Parazao 2013-Mario Quadros (42)

Como por encanto, a bola passou a rolar de pé em pé, o jogo fluiu e o time começou a fazer triangulações para envolver a defesa cametaense. Aos 8 minutos, nasceu o segundo gol em escanteio cobrado por Galhardo para o cabeceio de Henrique. Ao contrário do começo do jogo, quando fez o gol e se encolheu, o Remo continuou a atacar e criar chances.

Desfrutou de três boas oportunidades antes dos 20 minutos, com Galhardo e Paulista obrigando Labilá a defesas difíceis. Val Barreto cansou e foi substituído por Leandro Cearense e a equipe passou a tocar a bola com mais lucidez e precisão. Até o ala Berg, que errava passes a todo instante, evoluiu e passou a funcionar como opção ofensiva.

Fábio Paulista e Leandro quase ampliaram o marcador em chutes da entrada da área, que Labilá espalmou para escanteio. Pouco acionado na etapa inicial, o goleiro cametaense se configurou na grande figura do segundo tempo pelas defesas. Um sinal claro da transformação ocorrida com o Remo.

CametaXRemo Parazao 2013-Mario Quadros (39)

O Cametá até atacava, principalmente depois que Cacaio lançou Landu e Marçal, mas a defesa remista aparecia bem postada pelo alto e não dando espaço para arremates de dentro da área. Até a frágil marcação dos volantes passou a funcionar melhor.

Flávio Araújo elogiou o comportamento do time nos últimos 45 minutos, mas é evidente que deve se preocupar em arrumar o meio-de-campo, onde a fragilidade maior está no baixo rendimento dos volantes e na solidão do meia Galhardo.

Enquanto tiver apenas com Endy e Nata ao seu lado, o camisa 10 pouco vai produzir. Seu crescimento e consequente utilidade para o time dependem de um parceiro qualificado para dialogar. Leandro Cearense talvez seja esse jogador. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)

———————————————————–

CametaXRemo Parazao 2013-Mario Quadros (15)

A armadilha dos três zagueiros

bol_ter_220113_11.psNo futebol paraense, o 3-5-2 tem uma história de insucessos. A rigor, jamais funcionou bem no Brasil, talvez porque aqui os técnicos acabaram com o líbero e usam o esquema para retrancar ainda mais os times. Com três zagueiros, os times precisam ter alas de verdade e volantes com bom passe. Essa combinação, por ser rara, é também cada vez mais cara.

Sob o comando de Flávio Araújo, por força das circunstâncias, o Remo vem adotando o sistema, mostrando claros sinais de instabilidade. Nos três jogos disputados no Parazão, o time cedeu espaços em demasia, principalmente no começo das partidas. Custou a ajustar a marcação e teve problemas para reter a posse de bola. No entanto, venceu sempre e lidera o turno.

Há a convicção de que os alas não funcionam e que o meio-de-campo padece de marcadores em excesso e criadores de menos. A expectativa é para os próximos passos a serem dados pelo treinador. Caso tenha laterais em condições de jogo, manterá o 3-5-2 ou adotará o 4-4-2?

Com jogadores ainda à espera de uma chance, como Ramon e Jerônimo, e alguns lesionados, Valber e Jonathan, é provável que Araújo vislumbre outras formas de montar o time.

Por ora, tem prevalecido a versão mais conservadora do 3-5-2 à brasileira, que muitas vezes se transforma em 5-3-2. As vitórias acontecem, mas o jogo é desenvolvido meio aos trancos e barrancos.

———————————————————–

Direto do blog:

“Continuo com a mesma convicção. O PSC é favorito para o sábado. Tem mais elenco. O time do Remo mostrou limitações extremas. O futebol, porém, trabalha com a imponderabilidade da possibilidade. A probabilidade é toda do Papão”.

De Cássio de Andrade, azulino desconfiado.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta terça-feira, 22)

33 comentários em “Vitória não esconde problemas

  1. Acredito, Gerson e amigos, que o Leandro Cearense deveria jogar ao lado do Fábio Paulista, no ataque, deixando o Val Barreto, para o 2º tempo.. Berg, ontem, fez sua melhor partida com a camisa do Remo.. Quer de lateral, quer de ala.. Acredito que o Flávio vai aprimorar mais, esse jogo que o Remo fez no 2º tempo, mas mexer mesmo na equipe, penso que apenas no ataque..

    Curtir

  2. O rival e o clube do Remo, no domingo e na segunda enfrentaram os até aqui piores times do campeonato. O rival disparou seis, o leão a duras penas, conseguiu um magro dois a um. Tudo contabilizado, aflora o rival como favorito para o Clássico. Bom dizer que este favoritismo não é exatamente pela goleada, imposta ao Águia, mas pelo modo como ela foi obtida, principalmente a partir da escalação de dois meias qualificados para fazer a regência das investidas ao ataque do time, em especial do Iago e da dupla de atacantes que parece subir de produção a cada jogo. Isso sem esquecer do bom futebol jogado pelo Capanema. Consegui um vt do jogo do rival.

    E o mais grave pra mim é que este favoritismo também se assenta na extrema dificuldade que o Clube do Remo vem enfrentado em seus jogos, reconhecidas pelo próprio treinador. Os zagueiros e os volantes vivem de desferir chutões, a solidão do armador repercute na quase inexistência de articulação de jogadas com os alas e com os atacantes. Há verdadeiros desertos entre os zagueiros e os meias e entre estes e os atacantes. Não há troca de passes,, não há assistências, lançamentos. Repita-se o que há é o chutão.
    É a mais pura verdade que o Clube do Remo fez o seu melhor segundo tempo de todos os que já jogou neste campeonato, mas mesmo no segundo tempo a evolução foi muito discreta, o distanciamento dos jogadores, a falta de imaginação, os erros de passes e repita-se, os chutões também foram vistos no segundo tempo em grande escala.

    Uma pergunta: o Flávio Araújo faz treino coletivo?

    Uma certeza: o favoritismo às vezes se confirma, mas em inúmeras outras se dissipa na hora que a bola começa a rolar. É com esta segunda expectativa que estarei firme no sábado no Mangueirão. DESPERTA LEÃO!

    Curtir

  3. O time do Cametá é limitadissímo e sério candidato ao rebaixamento ao lado da Tuna.Torço para que o Cametá caia como castigo pela venda da vaga ao cachorro de peruca, se bem a justiça começou a ser feita ( seara política )com a não reeleição da turma do peixoto.

    Piada que corre lá em Cametá: Quem vende peixe é peixeiro e quem vende mapará??? é o Peixoto.

    Curtir

  4. Nunca fui adepto da tese: “O FAVORITO”, é verdade que o Leão Azul está em muitos momentos, dando com a bola no bico da chuteira, mas, além disso, vejo também vibração, garra, vontade e, é esta que trará no RE X PA a alegria do Fenômeno Azul nas
    arquibancadas.

    Jogar o fino do futebol. Está longe disso acontecer por estas bandas, nenhum de nossos times está credenciado para tanto, então, como a situação do Mais Querido é tão negra, ele tem que ser campeão mesmo jogando feio e ganhando de ¹/2 a Zero. Tem que fazer o resultado que lhe interessa dentro de suas possibilidades e não é o que está acontecendo??

    Tentar jogar bonito fica pro Paysandu que se não der em nada, nada ele perde! Ele já tem calendário para seguir o ano de 2013.
    Esse tal de FAVORITO, não joga nada, mas sempre tentam colocá-lo em campo, kacildess.

    Curtir

  5. A grande questão é que o Leão teve mais tempo para trabalhar, apesar de montar o time todo sem nenhuma base, treinou mais, teve mais amistosos , mais coletivos, mais tempo e mesmo assim ainda não consegui enxergar um padrão de jogo e de esquema tático.

    O time muda muito e normalmente vai mal no primeiro tempo, parece que o técnico não estuda os adversários.

    Além do que, entendo que além da falta de padrão de jogo em todos os jogos o time é modificado, está cristalino que o técnico faz experiências a cada jogo, não transparece que conhece os jogadores, no sábado novamente vai ser outra escalação e isso dificulta sobremaneira o entrosamento e influencia no volume de jogo, até porque cada jogador que entra tem uma característica diferente.

    É esperar sábado e ver o que vai dar, eu torcendo para meu papão estar em dias inspirados, se for assim, vai ficar difícil segurar, mas o velho ditado nos ensina que clássico é clássico.

    RRamos

    Curtir

  6. Como torcedor azulino e frequentador dos estádios paraenses desde o idos de 1969, levado pelos braços do meu saudoso pai, discordo de toda essa conversa de torcedor azulino ,tirando uma de torcedor consiente, que na verdade é o pior torcedor que existe, não soma nada, não ajuda nada, e somente aparece para criticar. Ei senhor Antonio Oliveira, guarde essa sua conversa para agradar torcedor rival amigo, em vespera de Remo e Paysandu, em qualquer bar da cidade, menos em uma coluna, onde os torcedores contrários, são arrogantes e prepotentes e a todo instante a todo momento, tentam e isso é histórico, denegrir a imagem do mais amado e querido Clube nortista.Primeiro dizer que a Águia e Cametá, são os piores times do campeonato, é precipitado, pois o campeonato apenas está no seu começo e muita coisa vai ainda acontecer. Outra conversa furada, é essa de dois meias especializados, pois na verdade o que ocorre, é que a equipe a equipe do Paysandu, aproveitou-se foi do mal momento aguiano até pelo pouco tempo de treinamento que a equipe de Marabá teve, não significando no entanto, que essa equipe seja pior que as outras. Quanto ao Remo, Seus zagueiros são sim atletas compromissados e sérios, e que quando a coisa aperta eles não refrescam e metem o pé na bola, alias foi por não meter o pé na bola, que a duas semanas atrás, queriam a cabeça do joven e promissor Thiago, zagueiro do rival.quanto a questão do entrosamento e da articulação do meio campo que tanto o coerente torcedor comenta , digo que apenas sentimos ainda a falta do ala direito, já que na esquerda o excelente Berg, começa a mostrar o seu verdadeiro futebol, avançar um pouco o também excelente Zé Antonio para a frente da zaga, compondo com o Nata o setor responsavel pela marcação na entrada da área, e ai colocar o Ramon para auxiliar o Galhardo, que mostrou ontem ser um atleta que além de habilidoso, corre atrás, da carrinho e tem muita raça. E na frente coloca-se o Leandro de cara, e deixa-se o Val para o segundo. E mais diferentemente do que o senhor viu, o segundo tempo do Remo foi muito bom. E encerrando o preparo fisico azulino não é o mesmo preparo dos atletas aguianos, e nem o Águia joga escudado pela maior torcida do Norte sou Leão, não abro, sou inconsciente, e o mais importante, sou acostumado a assistir RexPa e sair vencedor, e já vivi situações bem piores do que essa. E tenho certeza absoluta, que o mais querido vai vencer, mesmo tendo pela frente essa maravilhosa equipe bicolor,, dona de um soberbo futebol, comparado até ao futebol apresentado pelo exuberante Barcelona.

    Curtir

  7. Não concordo, o Remo eh o melhor time do campeonato, tem sede de vitoria e um preparo físico q há muito tempo não vejo num time do Remo, técnico do paysudam eh limitado, ganhou do água q eh muito pior q o cameta, dois sérios candidatos ao rebaixamento.

    Curtir

  8. Discordo com o baluarte Cássio Andrade.

    E por quê? Remo X Paysandu é um clássico, até que me provem o contrário. E num clássico os resultados são EQUIPROVÁVEIS.

    Portanto, dizer que a probabilidade é toda do Paysandu, é no mínimo incoerência.

    Curtir

  9. Quando eu vi na escalação do Águia que o centro-avante titular é o Leleu, eu entendi porque o paysandu ganhou de 6.

    Curtir

  10. Senhor Sérgio Costa quem tem em sua história titulos conquistados de forma suspeita, como os brasileiros de 1991 e de 2001,e ainda o paraense de 2000, não tem a condição alguma de apontar o dedo em direção de quem quer que seja. E isso que eu coloco, não foi nada tirado de minha mente, foi sim lido por mim e por milhares de pessoas nas paginas do jornal o Liberal datado de 12 de novembro de 2003, em matéria realizado com o Ex falecido presidente bicolor Miguel Pinho, que sem meias palavras contou como se consolidou o esquema corrupto, que deu ao seu time esses 3 campeonatos. No campeonato de 2000, ele contou que o bandeirinha , que era amigo do jogador Da silva, que atuava no seu time, e era vizinho do mesmo morando os dois no mesmo prédio em Campinas, anulou e isso todo mundo viu, um gol legal do atacante remista Robinho, gol que alijaria o seu querido clube das finais do paraense. Em 1991, ninguém pode esquecer do senhor Serapião ou melhor serapapão, que fez parte integrante do esquema que deu o campeonato daquele ano ao bicolor, ou você esqueceu do jogo ter sido mudado no sábado do mangueirão para a curuzu, do gol legal do Rildo, anulado pelo serapapã e do muro que caiu, e mesmo assim o jogo continuou, e o interessante que anos mais tarde em um Re x Pa , com um gol de costa do Biro Biro,o muro também caiu, aos 29 minutos e mais alguns segundos de jogo do segundo tempo, e mesmo assim o jogo foi paralisado, mesmo faltando apenas alguns segundos para se chegar aos trinta determinados por lei, e a partida ser dada como encerrada. Pior para vocês, marcaram outro jogo e ai metemos mais uma peia no listrado. E quem não lembra finalmente do Wagner Tardelli, que foi o grande centro avante bicolor na conquista do campeonato de 2001. Repito essa declarações não foram criadas por mim, foram expostas em uma entrevista pelo senhor Miguel Alexandre Pinho ao reporter Carlos Ferreira em 12/11/2003, e podem ser encontradas por qualquer um que fizer buscas na net, utilizando apenas o nome Miguel Pinho.Portanto quem tem telhado de vidro, não atIra pedra no telhado de ninguém. Quanto ao cachorro de peruca, te digo que se tem algun clube no Pará que tem um mascote , com cara de cachorro pirento é o seu não o nosso.

    Curtir

  11. Sr° rocildo oliveira,primeiro o conteúdo dessa roportage foi todo ele, contestado pelo miguel pinho, e segundo, meu querido amigo sofredor sem série, vc quer falar em fraude, vamos falar da maior vergonha do futebol paraense que, foi apoiada pela imprensa a compra da miserável vaga da serie ” D” , na qual vcs não tiveram competência pra conseguir em campo, um abraço e tenta ganhar um titulo antes dos 200 anos.

    Curtir

  12. Não vou nem me estender em responder ao Rocildo, pois se eu fosse fazer assim, eu iría postar tanta falcatruas de cachorro de peruca que faltaria verbos, só vou te lmebrar de mais uma vergonha: O cachorro de peruca ia ser rebaixado para a segundona do parazão, entretanto, entrou no tapetão para retirar pontos do grande Tiradentes (caso Leandrinho) e assim salvou-se vergonhosamente deste rebaixamento.

    Abraço Rocildo e cuidado com o coração.

    Curtir

  13. Vc sabe qual o clássico mais vezes disputado no mundo? O RE-PA. Então vc já sabe qual time perdeu mais clássicos na história, né? Pois é…

    Curtir

  14. Rocildo, este teu comentário me lembra a primeira vez que eu escrevi aqui no blog, quando ao invés de ser contraditado em minha opinião, fui agredido pessoalmente e na minha liberdade de exprimir minha opinião. Você fez parecido, agora.

    Rocildo, tu precisas aceitar que pessoas tenham opinião diferente da tua. Necessitas te conscientizar que o fato de ires ao estádio há quase cinquenta anos não te faz mais remista do que qualquer outro torcedor azulino, tampouco melhor observador do desempenho time do que qualquer pessoa que goste de futebol, e muito menos mais arguto avaliador das possibilidades da equipe do que qualquer pessoa que assista futebol e entenda o mínimo do esporte (como a maioria dos brasileiros).

    Na verdade, ao que tudo indica, e tu mesmo, em parte, admites, este quase meio século de arquibancadas fez de ti, no máximo, um fanático, “inconsciente” e intolerante torcedor.

    A propósito, lê direito o que escrevi e verás que disse que o Cametá e o Águia são os piores do campeonato ATÉ O MOMENTO. E O CAMETÁ AINDA ESTÁ PIOR DO QUE O ÁGUIA.

    Avança com atenção na leitura e verá que eu disse que O FAVORITISMO VÁRIAS VEZES NÃO SE CONFIRMA QUANDO A BOLA COMEÇA A ROLAR E QUE EU TENHO EXPECTATIVA QUE ISTO ACONTEÇA SÁBADO.

    Concentra mais tua leitura e verás que NÃO DISSE QUE OS ZAGUEIROS NÃO SÃO SÉRIOS E NÃO SÃO COMPROMISSADOS, o que disse foi que eles dão muitos chutões. E eles dão mesmo e isso em qualquer situação, mesmo quando estão sozinhos sem qualquer pressão dos adversários. Se foste ao jogos ou assististes na televisão os 3 jogos do Remo e não vistes isso é porque o fanatismo te cegou os olhos.

    Agora, quanto ao mais, não posso dizer que os volantes estão trabalhando bem no trabalho de proteção dos zagueiros se nos três jogos foram inúmeras as chances de gol que, afortunadamente para o Leão, os adversários perderam diante do goleiro azulino. Também não posso dizer que a armação de jogadas está funcionando se os atacantes ficam na maior parte do jogo completamente isolados do restante do time, vivendo das ligações diretas dos zagueiros e dos volantes. Mas, se tu não acreditas em nada disso porque achas que eu quero fazer media com a torcedores do rival, então consegue as fitas das entrevistas do próprio técnico do Remo que irás perceber que é ele mesmo quem diz muito do que eu disse no meu comentário, inclusive se negando a embarcar na euforia que o Caxiado, por questões outras, procura imprimir nas participações que faz como setorista.

    Enfim, quero te dizer que teu fanatismo porque te cega os olhos e não ter permite analisar criticamente as atuações azulinas, também não ajuda em nada, não acrescenta em nada. Talvez seja bom apenas para acirrar o espírito durante as brigas de torcidas organizadas, nos estádios, nas ruas, e também nos bares.

    É isso, e vida que segue. Eu com as minhas críticas, tu com o teu fanatismo. E TOMARA QUE O LEÃO ACORDE E VENÇA O CLÁSSICO, PARA NOSSA ALEGRIA. A MINHA E A TUA.

    Curtir

  15. Os remista falam de falcatruas, de mais vitórias e esquecem do Julio Lima, que deveria ter um placa na sede do CR por ter dado a eles as maiores glórias.

    Curtir

  16. O Blog se destaca justamente por manter elevado o debate em torno do futebol (e outros assuntos) e da rivalidade local, em que pese umas e outras “cornetadas” e doses de bom humor em torno da mesma rivalidade. Penso que o baluarte Antônio Oliveira, já respondeu ao Rocildo quanto ao pretenso e ilusório monopoólio da paixão em torcer por um clube de futebol. Eu, Antônio, Falconi, Valentim e outros cujo o espaço não permite citar tantos, compomos um grupo de torcedores tão apaixonados pelo Remo como vossa senhoria, mas não usamos a linguagem das falanges e se, por razões inúmeras, vamos pouco a campo (falo, talvez por mim), não deixamos de exercer o senso crítico, pois assistimos aos jogos com recursos que um torcedor de campo não os possui (a não ser que esteja com tablet na mão o que é uma temeridade nos dias de hoje, convenhamos). É evidente que a vitória do PSC, nas circunstâncias atuais, enfatizo, é bem mais provável, mas a possibilidade da vitória do Remo também existe – e nisso também, como torcedor me agarro, Falconi -, por reconhecer a especificidade de um clássico no qual o favoritismo nem sempre se evidencia. Na lógica do esporte, sob o frio domínio da análise, o PSC é franco favorito; na lógica dos espíritos (leia Hegel para entender isso, Rocildo), o drama da história pode gerar outras possibilidades. De resto, não estarei em Belém para assistir o clássico ao conforto do portal e da televisão, pois estarei em Abaeté por razões profissionais. Vá a campo e ajude a reverter o quadro desfavorável ao nosso Remo e vida que segue…

    Curtir

  17. Rocildo, Miguel Pinho não tem credibilidade alguma !!! Arranje, se quiser, outra fonte para contar essa velha e sem-crédito história.

    Curtir

  18. Amigo Cassio foi inteligente, jogando a responsabilidade de vencer para o Rival.

    O Remo vai comer pelas beiradas.

    Isso me lembra ano passado, Remo favorito torcida do Remo esmagadora nas arquibancadas com direito a Mosaico e apanhou de 2 x 0.

    Curtir

  19. Não acho que tenha favorito. Nem palpite tenho. Vejamos quem vai errar menos, tanto na marcação quanto na saída de bola e nas finalizações. O certo é que clássico se decide nos detalhes. Outro fator importante será o banco e o uso que os técnicos farão dele. Ontem, FA conseguiu mudar o jogo sem mudar o time. Um empate acomoda as coisas e se eu tivesse que apostar seco cravaria na coluna do meio.

    Curtir

  20. Papão com melhor elenco, um esquema tático melhor( embora ainda esteja longe de ser o ideal ) e uns tres jogadores superiores técnicamente pode até vencer por goleada, mas como disse nosso amigo Cássio , Hegel explica como os espiritos podem ser favoráveis aos , momentaneamente , mais frágeis e estes se tranformarem em mais fortes.
    Por isso clássico é clássico e vice-versa disse Jardel certa vez.Vou de 0x0 , mas torcendo claro por uma vitória de 3×0 do PAPÃO e não poderia pensar diferente.Quanto ao jogo do Remo não foi possível acompanhar mais. Fiquei preso a uma promesa de levar minha esposa para uma pizzaria,já que minhas filhas estão de férias passeando e estamos sozinhos.Mas pelo que o escriba relata e transmite com palavras a realidade do que foi a partida , acho difícil o Remo ser campeão de um turno vencendo assim sempre na base do acaso, porque nem sempre o acaso protege.Vai chegar uma hora que em uma partida levando o gol do adversário e sem criação e força tática pode levar uma sacolada, pois no afã de tentar empatar vai mostrar a fraqueza da zaga (dita aqui pelos próprios remistas mais conscientes).Enfim torço para que tenhamos um clássico pegado, viril , mas na bola e sem chuva e que vença o melhor dessa vez.

    Curtir

  21. O jogo prenuncia-se imperdível ,equilibrado,mas com ligeira vantagem, teoricamente, em favor do Paysandu,por ter uma base remanescente da Série C,mas se o Remo ganhar não será surpresa,pois ,em relação aos últimos anos,possui um time melhor.

    Meu palpite : Papão 2 x 1 Remo .

    Curtir

  22. Heleno, o Berg teve atuação terrível no primeiro tempo de ontem e deu uma melhorada no segundo, mas continua devendo – e muito.

    Curtir

  23. Meu caro Antonio Oliveira, não sou e nem pretendo ser mais remista que nem um dos senhores, apenas entendo que o espirito critico dos senhores, por vezes é capaz de cegar também. O problema é que se você diz que não vi os erros nos jogos do azulino, digo que você não viu os méritos que existirão também. O que me impressiona, é que se tenta colocar de uma forma absurda um favoritismo que não existe.Quando digo ser inconsciente, digo na verdade que debaterei até o último minuto minhas convicções como azulino, acreditando sempre no sucesso,agora se após a contenda minha equipe for derrotada, ai sim! É hora de dar méritos ao vencedor, seja ele Paysandu,Águia ou qualquer outra equipe, porém antes do embate não. Agora em nome desse amor clubistico, não de fanátismo como o companheiro cita, eu enfatizo que nunca me utilizei desse sentimento, para acirrar nem um tipo de intriga entre organizadas, ou pelos bares da cidade, mesmo porque quando vou ao estádio o faço sozinho, e como parceiro apenas levo um rádio de pilha, acompanhando a narração e os comentários dos profissonais, que ai sim ,fazem o desenho tático da partida, o que acho plenamente normal, o que não aceito e se fazer uma analise tática daquilo que ainda nem aconteceu. Porém se em algun momento o companheiro se sentiu ofendido , no seu pleno direito de expor sua opinião, eu peço desculpas pois bem sei também, que não sou o dono da verdade.

    Curtir

  24. Cássio, como torcedor apaixonado do PSC, ratifico o que escreveste, já que, o PSC (lembram do jogo contra o time do Sinomar em que o Remo era favorito?) também já esteve na mesma situação do Remo de hoje e no RExPA venceu o jogo.

    Curtir

  25. Rocildo, quer saber, antes que eu me esqueça, também queria apresentar minhas desculpas por alguma coisa excessiva que eu tenha dito no meu comentário anterior, movido, assim dizendo, por alguma incompreensão de minha parte com o que você escreveu inicialmente.

    No mais, devo admitir que o rigor das minhas críticas (para as quais não há outra saída que não seja mantê-las) realmente não tem levado em conta dois fatores, quais sejam: primeiro o fato de que o Remo começou absolutamente do zero, não faz muito tempo; segundo que o time, de fato, vem lentamente apresentando algumas virtudes. Mas, compreenda que esta situação, de rigorismo nas críticas, decorre exclusivamente de uma certa ansiedade que experimento em ver o time ajustado em face de tantos objetivos que precisam ser alcançados em tão pouco tempo.

    Acredite, respeito sua opinião, mas tenho pra mim que atribuir favoritismo ao rival, não diminui em nada o nosso Leão, nem as suas possibilidades de vencer o clássico. Apenas mostra uma tendência momentânea calcada no que a dupla RE/PA apresentou até agora. Tendência esta que pode não se confirmar, como muita vez não se confirmou quando o nosso Leão era favorito, algumas até recentemente. Pois todos sabemos que a história do jogo com seu respectivo resultado são escritos após a bola rolar.

    Coloquemos um cordial ponto final nesta pendenga e que vença o que se apresentar melhor durante o jogo, torcendo, como sempre, que este seja o nosso Leão. Meu, seu e de todo o Fenômeno.

    Curtir

  26. Respeito a opinião contraria mas tenho motivos pra acreditar q não há favoritismo em RExPA, principalmente nesse em particular, zaga do payssandu eh fraca e ataque pode ser marcado facilmente pegando um ou dois jogadores, mas em contrapartida o Remo ainda não acertou como esperamos e se ouver falhas, como as do aguia, os atacantes do payssandu irão aproveitar, ainda assim, pela lógica deve dar Remo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s