Música inédita dos Beatles será mostrada em NY

img-1011179-beatles

Uma música dos Beatles nunca antes divulgada será lançada no show A Musical Memoir of the ’60s and Beyond, de Peter Asher, em homenagem às canções lançadas na década de 60, em Nova York. A apresentação, marcada para domingo, 20, será realizada na casa de jazz The Iridium. A confirmação veio de um músico não identificado que trabalha com Asher para o site Examiner. Ele confirmou que a faixa “nunca foi ouvida antes, sequer em gravações piratas ou em rádios”.

A canção foi descrita pela fonte como “vibrante”. O entrevistado também informou que ela lhe deu uma “compreensão aprofundada do processo de criação de Paul McCartney”. A nota do Examiner informa que esta gravação se trata de uma canção de Paul e John Lennon doada para a dupla Peter & Gordon, de Asher e Gordon Waller, e, por isso, nunca chegou a ver a luz do dia na versão original feita pelos Beatles.

A cessão de canções de McCartney-Lennon para a dupla de Asher era costumeira – “World Without Love”, “Nobody I Know”, “I Don’t Want To See You Again” e “Woman” são alguns exemplos. A ligação entre o músico e os Beatles era tamanha que, depois que a dupla chegou ao fim, Asher foi nomeado diretor artísico do selo Apple Records, propriedade de Macca e companhia. Dentre as suas descobertas está James Taylor. (Da Rolling Stone) 

6 comentários em “Música inédita dos Beatles será mostrada em NY

  1. Embalava minhas filhas ao som de Let it Be e mesmo atualmente tendo que cantar nos cultos com minhas filhas músicas evangélicas que amo, nunca deixo de entoar as minhas prediletas desse grupo excepcional que revolucionou a música no mundo.Há uma versão de outra música deles que o Roberto Carlos fez que é linda, mas não lembro o nome.De qualquer forma parabéns ao mundo em proporcionar lo resgate da boa música.Em tempos onde a música brasileira e mundial perderam o rumo , a rima e não há glamour ou poesia ouvir “qualquer música dos Beatles é reconfortante.

    Curtir

  2. Será como voltar no tempo e deleitar-se, como acontecia na década de 60, com cada novo lançamento do quarteto de Liverpool. É isso, os gênios nunca morrem. Apenas passam. Porém, de vez em quando voltam e iluminam os povos com um pouco da luz dessa genialidade.

    Curtir

  3. A música Let it be tem duas interpretações. Uma que seria uma canção evangélica, onde PaUl pede conselho a Maria mãe de Jesus. A outra, Paul pede conselho a sua mãe, já morta, que se chamava Maria. Mas seja qualquer das interpretações, Let it be é magica, uma das melodias mais sensacionais que já ouvi.

    Curtir

  4. John Lennon era muito amigo e apoiou a carreira do falecido cantor Harry Nilson, que emplacou em 1970 o mega sucesso ‘Everybody is talking”, musica tema do filme “Midnight Cowboy”, que no Brasil recebeu o titulo de ‘Perdidos na Noite”, grande sucesso de bilheteria.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s