Geografia do futebol europeu muda a partir de junho

x3

Por Cosme Rímoli

O melhor técnico do mundo. Um dos clubes mais ricos do planeta. Jogadores tão talentosos quanto obedientes. Pep Guardiola no Bayern de Munique.

A divulgação por parte do clube alemão caiu como uma bomba. Outra vez os alemães atacaram os ingleses. Havia a certeza entre os britânicos que o espanhol trabalharia por lá. Assumiria o Manchester United, o City ou o Chelsea.

Havia a certeza absoluta. Até por membros da Federação Inglesa de Futebol. E se tornaria candidato natural a dirigir o English Team. Mas Guardiola havia dado evidências que seu destino seria outro.

Depois de acompanhar seu nome ser ligado de maneira fugaz e sem base à Seleção Brasileira, ele tratou de se preparar. Não foi estudar português. E sim alemão. Há dois meses ele estuda o idioma. O que seria completamente natural, já que Guardiola tem um lado intelectual desenvolvido.

Se ele fosse estudar mandarim também não haveria problemas. Mas não tinha da interesse pessoal nas aulas. Mesmo dominando perfeitamente o inglês, assim como a maioria dos jogadores do Bayern, ele quis ir além. Só falando perfeitamente alemão, entenderia a filosofia do novo clube.

Para tentar repetir o extraordinário trabalho do Barcelona, ele quer ter o domínio de todo o futebol do Bayern. Das categorias de base até o profissional. Esse é um dos principais segredos do time catalão. Os garotos seguem a mesma linha de trabalho dos profissionais. Inclusive taticamente. Em cada divisão, um time precisa repetir o outro.

Guardiola irá substituir Jupp Heynckes que se aposentará. Começará oficialmente a trabalhar em junho. Mas o medo na Espanha, no Barça é enorme. Que até lá ele use a sua influência e leve algum dos jogadores fundamentais. Com exceção de Messi, todos são suspeitos.

Guardiola era adorado pelos jogadores do Barcelona. Adorado…

O Bayern já tem um elenco forte, importante. Com estrelas como o francês Ribery e o holandês Robben. Além dos alemães Lahm, Thomas Muller, Schweinsteiger e outros. Um dos clubes mais ricos do mundo, irá se reforçar para a próxima temporada.

Guardiola terá cinco meses para escolher o que desejar. Poderá ser algo tão importante que até a geografia do futebol poderá mudar. As ligas inglesas e espanholas são as mais poderosas da Europa. As mais badaladas.

Guardiola com a estrutura e importância do Bayern poderão abalar esse cenário. Tudo era para ser mantido em segredo. Mas no início da semana, a imprensa italiana conseguiu o furo. A notícia foi descoberta pelo canal Sky. A direção do Bayern primeiro desmentiu. Mas entendeu que só iria cair no descrédito quando ele assumisse. Então resolveu abrir o jogo, assumir.

A notícia surpreendeu os espanhóis. Frustrou os ingleses. Com três anos de contrato, está claro que Guardiola pretende um trabalho profundo. Que deixe sua marca na Baviera. O time de Jupp Heynckes é competitivo, mas voluntarioso. Não tem nada do toque de bola que marcou a passagem do catalão pelo Barça.

Respaldado pelos 14 títulos que conseguiu em 19 possíveis, Guardiola foi contratado para deixar o Bayer do seu jeito. Tento como uma mescla absurda o time brasileiro de 70 com a Seleção Holandesa de 74. Com técnica, preenchimento de espaços, deslocamentos. E, principalmente, toque de bola. Será muito interessante ele mudar a marca registrada do time alemão.

A reação da torcida do time alemão não poderia ser melhor. Está entusiasmada. Assim como a imprensa. Todos por lá passaram a viver a partir de hoje uma contagem regressiva. Estão esperando por junho.

Quando o melhor treinador do mundo irá assumir o riquíssimo Bayern. A Europa vai tremer…

147 comentários em “Geografia do futebol europeu muda a partir de junho

  1. Será interessantíssimo ver o Guardiola treinar um time de escola futebolística distinta,apesar da globalização evidente que há atualmente e,acima de tudo,implatar sua metodologia vencedora,como foi no Barcelona.

    Curtir

  2. A liga alemã sempre foi conhecida por sua rigidez nos gastos. Os clubes nunca cometem loucuras e nao brigam entre si para ter os maiores chutadores de bola em sua liga.

    Se Guardiola resolver formar seu time com metade de ex comandados,ele pode estar iniciando um processo novo ,e pdestruidor.

    O competitivo e igualitario
    campeonato alemão sempre foi o meu favorito. temo que essa chegada de Guardiola acabe implodindo tudo.

    Curtir

  3. Adoro tomar uma gelada e comer um churrasquinho de gato antes dos jogos, mas nao vou mais ao campo por causa desses bandidos dessas organizadas. Desafio qualquer um a passar com um cordao ou um celular na frente desses meliantes e nao ser assaltado. Agora com a TV digital da Cultura, ficou muito melhor nao ir ao campo. É só comprar uma geladinha e ficar no conforto do sofá assistindo ao jogo. A Cultura só tem que mudar o Placido Ramos e os comentaristas que nao sabe nada de futebol. Ontem tinha um comentarista que falava pela metade. O Placido Ramos usa um linguajar muito vulgar. O locutor do jogo Paysandu e Sao francisoco é muito melhor.

    Curtir

  4. Enquanto isso nossos treinadores e clubes pararam no tempo, nao evoluíram e nao seguem a mesma filosofia do time principal, tai a falência em que se encontram, dirigentes pobres de idéias, muitos corruptos e servindo-se dos clubes para trampolim político, esperar o que? Times brasileiros dirigidos por políticos, se nao fazem nada nas assembléias o que esperar nos clubes? Sem falar nos dirigentes das federações, e da própria entidade máxima do futebol brasileiro CBF. Te dizer! Como diria um amigo meu aqui em Atlanta “Quem e pobre e quem tem dinheiro”.

    Curtir

  5. ESCALAÇÕES:

    PAYSANDU: Zé Carlos, Yago, Thiago Costa, Diego Bispo e Pablo. Esdras, Vanderson, Alex Gaibu e Djalma. Rafael Oliveira e João Neto

    Técnico: Lecheva

    Banco: Paulo Wanzeler, Raul, Bray, Billy, Lineker, Eduardo Ramos e Héliton

    PARAGOMINAS: André Luis, Magnum, George, Rubran e Rondineli. Dudu, Paulo de Tárcio, Bruno Maranhão e Marquinhos. Aleílson e Toniel Love.

    Técnico: Fran Costa

    Banco: André, San, Ilailson, Robinho, Bené, Adriano Miranda e Buiú

    ARBITRAGEM:

    Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

    Assistentes:

    1- Diógenes Menezes Serrão

    2- José Raimundo Gonçalves Gomes

    4º Árbitro – Raimundo Gilson Gonçalvez de Brito.

    Curtir

  6. Claudio, já está seguindo as ordens dos empresários do Yago Pikachu? Uma vez Pikachu, sempre Pikachu. Acho que esse nome era a marca do jogador.

    Curtir

  7. Na TV Cultura, na imagem o segundo tempo começa e no audio o primeiro tempo não termina. A diferença de imagem e som tá muito grande. Com voces também é assim?

    Curtir

  8. Não,porque não tenho a Cultura do Pará.hehe. Falando sério ,creio que,esse atraso esteja ocorrendo,por mau tempo,ou pelo fato de o sinal HD ser recente na emissora,faltando alguns ajustes.

    Curtir

  9. Cláudio e Édson,preocupa-me o fato de o Lecheva ter mantido o Thiago Costa como titular,deveria ser poupado do time.

    Curtir

  10. Não é prudente jogar tanta responsabilidade em cima dos garotos. Penso que o PSC deveria contratar um camisa 10 e um atacante bom para se preparar desde já para a série B, se não vai cair de novo

    Curtir

  11. Júlio Guerra,penso exatamente como você,e diria que além dos dois reforços que mencionaste,o Paysandu necessita de um bom zagueiro,pois não há o mínimo de condições com o Thiago Costa,porque é ruim,por isso deveria ser preservado pelo técnico.

    Curtir

  12. Segundo o próprio Gerson, a saída do PSC é só na base da ligação direta. Quem sabe um técnico de nome seria bom para o PSC também

    Curtir

  13. Boa noite,Júlio Guerra. O Ataque do Paysandu tem funcionado desde que Lecheva assumiu o time,o problema é defensivo .

    Curtir

  14. É,Édson,o problema é de marcação,e o Lecheva não conseguiu consertar isso. Mas,o que importa,é que o Papão está se reabilitando,no momento.

    Curtir

  15. Meu DEUS que fazem nesse time do PAPÃO Tiago, Djalma, Rafael e Pablo. Nada contra jogadores de base, mas esses destoam totalmente dos outros jogadores. Para com isso Lecheva, estou começando a achar que o amigo Cláudio Columbia está com toda a razão.

    Curtir

  16. Gerson e amigo, num jogo fraco taticamente, o Paysandu foi muito melhor.. Papão sobrevive sempre de jogadas do Gaibú, Yago e do João Neto, para concluir, apesar do Djalma ter melhorado um pouco, agora no final, mas nada demais..
    O Paysandu não consegue articular uma jogada só pelo meio e terá que ter muito cuidado, pois o PFC, com o Aleílson leva muito perigo à zaga do PSC.

    Sinceramente, fica difícil saber o que o Paysandu quer no jogo… Espero que saia vencedor pelo menos..

    Vamos ao 2º tempo..

    Curtir

  17. Fernandes,o Pablo tem potencial,mas está fora de posição,porém, pelos comentários, foi mal neste primeiro tempo. O Rafael deve estar com a mesma tiriça de sempre.kkk Djalma tem potencial,está tendo sua chance,e o Thiago mais uma vez tendo oportunidade,sem comprometer,mas é fraco.

    Curtir

  18. Cláudio,não será esse time que disputará a Série B,creio que haverá contratações,pós estaduais,mas se estiver equivocado,não sei ,não.

    Curtir

  19. Gerson e amigos, foi bom, pela vitória do Papão… Um jogo de 2 times sem nenhuma organização tática, mas com muita disposição de vencer… O Papão, por ter jogadores mais rodados, levou vantagem e conseguiu a vitória, que lhe deu a liderança do Parazão 2013 e isso, para o seu torcedor, é o que importa..

    Gostei de alguns jogadores do Papão, como o Gaibú e o João Neto, no jogo de hoje..

    Valeu, Papão, pela vitória e pela liderança…

    Curtir

  20. Eu também acertei,Édson.kkk Só não acertei o palpite do primeiro jogo,porque o Papão jogou pessimamente o segundo tempo.

    Curtir

  21. Cláudio,o João Neto vem demonstrando ,até aqui,que pode ser utilíssimo ao transcorrer do campeonato. Aguardemos as próximas rodadas.

    Curtir

  22. Douglas,esse time do Paysandu ,no momento,pensando em Série B,é FRACO,mas dá pra fazer um bom papel no Paraense.

    Cláudio,fiz dois acertos na última mega-sena da virada.hehe. E,em 2010,fiz 3.kkk

    Curtir

  23. O Yago P. não jogou nada hoje. Os melhores do Papão foram o João Neto, Gaibu e Zé Carlos, pela ordem. Não sei não, mas ou esse Eduardo está muito, mais muito fora de forma ou vai ser mais um que em nada acrescentará.

    Curtir

  24. Realmente, Charles! Está de bom tamanho, mesmo. Como ainda estamos no primeiro turno, é justificado a apresentação do time.

    Curtir

  25. Só como curiosidade : meu pai informa que,em Paragominas,o Papão está 100% .kkk São 3 jogos ,e 3 vitórias.

    Uma excelente noite a todos !

    Fiquem com Deus !

    Curtir

  26. Cláudio, Charles, Édson, Fernandes, e demais, não sei me dividir entre o blogue e ver pela TV…rs Por isto, só agora, acessei e já li todos os comentários postados… ÉGUA !! TÁ FEIA, HOOORRÍÍÍVEEELLLL A COISA: além do Lecheva ser fraco como técnico, a maioria dos jogadores é RUIM !!! Até o Pikachú jogou ruim. Depois do 1o gol, que foi quando eu cheguei à casa e liguei a TV, bem logo saiu o gol, não me lembro de visto o Pikachú ter sido acionado em apoio ao ataque. Égua, meio de campo do PSC sem criatividade. O que salvou o PSC foram o J. Neto e Gaibú.

    Pelas oportunidades de ambos os lado, esse jogo poderia ter ficado em 2 x 2.

    CONCORDO COM O CLÁUDIO: O PSC tá BRINCANDO DE TÉC. COM O LECHEVA ! SÉRIE-B não é brincadeira, não !

    Curtir

  27. Algo me diz que Guardiola não é tudo isso.Com um elenco excepcional até eu dirijo um time rsrsrsrsrs basta não falar nada e deixar os craques jogarem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s