Paissandu apresenta o “maestro” Eduardo Ramos

Imagem

O meia-armador Eduardo Ramos (foto) se apresentou nesta quarta-feira ao Paissandu e já foi incluído na delegação que viajou a Barcarena para a pré-temporada. O jogador mostrou-se animado com o desafio de defender o Papão, mas informou que precisará de pelo menos duas semanas para entrar em forma. Deve estrear no clássico Re-Pa, na quarta rodada do campeonato estadual. (Foto: Ascom/PSC) 

O adeus de um grande goleiro

Escolhido o melhor goleiro da Copa de 1970, o uruguaio Ladislao Mazurkiewicz morreu na madrugada desta quarta-feira, aos 67 anos, vítima de um problema respiratório. Estava internado em Montevidéu desde o último dia 24 de dezembro, quando sua situação piorou devido a um histórico de problemas renais. Mazurkiewicz ficou conhecido no Brasil por ter participado de uma das jogadas mais icônicas da História de todas as Copa, quando em 1970 Pelé lhe deu um drible da vaca, mas errou o alvo, em uma das semifinais, eventualmente vencida pela Seleção Brasileira por 3 a 1. Abaixo, o vídeo do célebre lance.

Salve a Águia Guerreira do Souza!

O blog abre os trabalhos nesta quarta-feira destacando o principal fato do dia: o aniversário de 110 anos de fundação da Tuna Luso Brasileira, bicampeã brasileira e um dos clubes mais antigos em atividade no país. Dona de apaixonada torcida, diferente pela própria natureza, a Águia Guerreira do Souza foi fundada pela colônia portuguesa, mas com o passar do tempo se transformou numa agremiação querida por todos os paraenses – inclusive meu amado pai, José Dias, lá em Baião. Berço de bons jogadores – como China, Antenor, Fefeu, Bosco, Marinho, Guilherme, dentre outros – e craques indiscutíveis, como Geovani e Paulo Henrique Ganso, a Tuna é uma das glórias do desporto paraense. Vida longa à Lusa!

O verdadeiro país do futebol

Por Mauro Cezar Pereira (ESPN)

Exatos 35 gols em oito jogos, média de 4,37 por peleja. Assim foi o sábado da Premier League. Para quem não consegue gostar de futebol sem muitos e muitos tentos, nada pode ser melhor. Claro que todas essas bolas na redes inglesas retratam a qualidade de vários jogadores e a fragilidade de sistemas defensivos. Não há como alcançar médias tão elevadas diante de sólidas defesas.
Mas convenhamos, um dia como esse, com tanto futebol, tanto público e tanta emoção, derruba qualquer tese contrária à realização de cotejos neste período do ano. Na Championship (segunda divisão) foram 36 gols em 12 pelejas, 29 em 10 da League One (terceira), 28 em nove embates válidos pela League Two (quarta) e 13 em cinco duelos pela Conference (quinta).
Incríveis 691.180 torcedores pagaram por ingressos nos jogos deste sábado pelas cinco princiáis divisões da Inglaterra. Claro que os britânicos estão acostumados a comparecer aos estádios em períodos como Natal e virada de ano, é uma tradição que já passa dos cem anos. E ela prova que futebol não tem época em que pode ou não pode ser jogado.

Imagem

Azar de quem pensa assim e ignorou o sábado cheio de gols. E cheio de gente vibrando nos estádios daquele que é, de fato, o país do futebol. Em pleno dia 29 de dezembro. E daí que é final de ano?

Premier League – 313.325 média de 39.165
Sunderland 1 x 2 Tottenham Hotspur Stadium of Light (41,168)
Aston Villa 0 x 3 Wigan Athletic Villa Park (33,374)
Fulham 1 x 2 Swansea City Craven Cottage (25,700)
Manchester United 2 x 0 West Bromwich Albion Old Trafford (75,595)
Norwich City 3 x 4 Manchester City Carrow Road (26,827)
Reading 1 x 0 West Ham United Madejski Stadium (24,183)
Stoke City 3 x 3 Southampton Britannia Stadium (26,391)
Arsenal 7 x 3 Newcastle United Emirates Stadium (60,087)

Championship 232.622 – média de 19.385
Huddersfield Town 0 x 0 Sheffield Wednesday John Smith’s Stadium (17,694)
Hull City 2 x 0 Leeds United The KC Stadium (23,453)
Barnsley 1 x 3 Blackburn Rovers Oakwell Stadium (9,153)
Bolton Wanderers 3 x 1 Birmingham City Reebok Stadium (17,068)
Bristol City 4 x 2 Peterborough United Ashton Gate (12,991)
Burnley 0 x 1 Leicester City Turf Moor (13,050)
Cardiff City 1 x 0 Millwall Cardiff City Stadium (24,263)
Charlton Athletic 1 x 1 Derby County The Valley (17,761)
Middlesbrough 4 x 2 Blackpool The Riverside Stadium (18,164)
Nottingham Forest 2 x 2 Crystal Palace The City Ground (23,703)
Wolverhampton Wanderers 0 x 2 Ipswich Town Molineux Stadium (28,595)
Brighton & Hove Albion 1 x 3 Watford Amex Stadium (26,727)

League One – 86.922 média de 8.692
AFC Bournemouth 3 x 0 Crawley Town Dean Court Ground (7,855)
Carlisle United 2 x 1 Bury Brunton Park (4,435)
Leyton Orient 2 x 1 Walsall Matchroom Stadium (3,865)
Milton Keynes Dons 2 x 3 Coventry City stadium:mk (13,620)
Oldham Athletic 1 x 2 Crewe Alexandra Boundary Park (3,451)
Portsmouth 1 x 2 Yeovil Town Fratton Park (12,370)
Preston North End 0 x 3 Doncaster Rovers Deepdale (9,626)
Sheffield United 2 x 3 Hartlepool United Bramall Lane (19,941)
Shrewsbury Town 0 x 0 Brentford Greenhous Meadow Stadium (5,715)
Tranmere Rovers 1 x 0 Scunthorpe United Prenton Park (6,044)

League Two – 47.127 média de 5.236
AFC Wimbledon 0 x 3 Oxford United The Cherry Red Records Stadium (4,401)
Bradford City 2 x 4 Rochdale Coral Windows Stadium (11,198)
Burton Albion 2 x 0 Southend United Pirelli Stadium (2,636)
Chesterfield 1 x 1 Morecambe Proact Stadium (6,358)
Dagenham & Redbridge 2 x 3 Port Vale The L.B Barking & Dagenham Stadium (1,697)
Exeter City 2 x 2 Barnet St James’ Park (4,085)
Fleetwood Town 0 x 0 York City Highbury Stadium (2,465)
Plymouth Argyle 0 x 1 Wycombe Wanderers Home Park (6,983)
Rotherham United 4 x 1 Accrington Stanley The New York Stadium (7,304)

Conference – 11.184 média de 2.236
Dartford 1 x 1 Cambridge United Princes Park (1,716)
Lincoln City 1 x 1 Gateshead Sincil Bank (1,906)
Southport 0 x 1 Hyde Merseyrail Community Stadium (1,068)
Stockport County 2 x 2 AFC Telford United Edgeley Park (2,791)
Wrexham 2 x 2 Tamworth Racecourse Ground (3,703)