Brasil agora é recordista em mundiais de clubes

O título corintiano dá ao Brasil vantagem no ranking do Mundial de Clubes. Foram dez títulos de times nacionais, contra nove de Argentina e Itália. Espanha e Uruguai têm seis conquistas. Alemanha e Holanda têm três títulos cada.

12 comentários em “Brasil agora é recordista em mundiais de clubes

  1. Curioso esse dado!
    Notem como a Argentina, mesmo sendo o país com maior número de Taça Libertadores (22 contra 16 do Brasil) não reproduz esse “domínio” em âmbito mundial.

  2. Só uma correção: 09 títulos. Não dá para cair no conto do vigário daquele torneio de 2000. Envgraçado que nem a torcida do Corínthians dava valor a esse título. De repente,a mídia paulista capitaneada pela Band passou a dar importância ao torneio de 2000.

  3. Pare resfrrescar a memória: o Boca Junior foi campeão da libertadores em cima do Palmeiras e o Real Madrid campeão europeu em Tóquio no ano de 2000. Se o mundial é o campeão de cada continente, o Boca foi o legítmo campeão esse ano. Essa é a verdade dos fatos. Portanto, brasileiros e argentinos estão iguais nos títulos mundiais.

  4. Parabéns ao Corinthians pelo titulo histórico.
    Cássio a FIFA convidou o clube paulista em 2000 e deu chancela , portanto o time mosqueteiro é sim BI.
    Logo são 10 titulos.Amigo Israel Pegado a ARGENTINA tem mais titulos da Libertadores porque nos anos 50,60 e até 70 e 80 eles intimidavam de forma violenta os times visitantes fossem brasileiros, chilenos, peruanos ou uruguaios nas Finais.
    Assim levavam o titulo na mão grande, intimidavam os árbitros e aí ficava fácil.Note que depois dos anos 90 com a globalização, austeridade da FIFA eles não vencem mais tanto assim.Conte quantos titulos tivemos de 90 para cá.
    Só o Santos e Flamengo que na época eram timaços enfrentavam a deslealdade argentina e venciam em campo.Pelé então era caçado , levava pontapés e ainda assim fazia gols.

  5. Amigo Pr. Carlos Rodigues,

    Você mandou pesquisar, e eu como bom xereta que sou, fui lá investigar essas informações. O que eu detectei foi o seguinte:

    De 1960 a 1989 (30 edições) foram 15 títulos argentinos. Uma média de um caneco a cada 2 anos.

    De 1990 a 2012 (23 edições) foram 7 conquistas argentinas. O que dá a média de uma taça a cada 3 anos e um troco.

    Não me parece ser uma discrepância tão grande. E a que se considerar que de 1960 até meados dos 80, os uruguaios também tinham times fortes, que batiam de frente contras os escretes argentinos, casos do Peñarol e Nacional. Entretanto, desde de 1988 que os vizinhos do extremo sul não erguem a taça continental. Em contrapartida, nos últimos 20 anos, surgiram equipes emergentes do Chile, Colômbia e Equador. Então, basicamente elas por elas.

    Quanto ao confronto direto entre brasileiros e argentinos de 1990 pra cá, o quadro é sim favorável as equipes brazucas que lideram o duelo por 11 x 7!

    Abraço!

  6. A Fifa, entidade máxima que rege o futebol no mundo reconhece o título de 2000 e mesmo assim alguns pseudo intelectuais, que na verdade são uns verdadeiros idiotas insistem em opinar equivocada sobre o assunto….isso é o mesmo que não reconhecer os títulos Brasileiros do Santos de Pelé….Acorda Alice.

  7. Abraço Israel e Antonio.Como eu disse antes se a FIFA reconheceu , é oficial.
    Seria o mesmo q dizer que o Brasil não é Penta, porque houve uma mudança de nomenclatura.
    O mesmo que dizer que o Palmeiras não é o maior campeão Nacional, 11 ou 12 titulos. o mesmo que dizer que o Flu NÃO É TRI E POR AÍ…Em relação ao clube mosqueteiro a torcida não arrotava em demasia porque os torcedores contrário sempre comentavam que o torneio da FIFA foi num verão insosso e eles os corintianos não tinham sido campeões da Libertadores , mas apenas convidados.
    O que vale é a chancela oficial.EU sou torcedor e , particularmente não gosto do time mosqueteiro, mas sou JUSTO.

  8. Pr. Carlos Rodrigues,

    Se a chancela é oficial, não há o que se discutir no que diz respeito a validade do título.

    Agora, que pareceu um torneio de verão, pareceu. Os jogadores de Real e Manchester não levaram a sério em nada. Estavam mais preocupados em curtir a agitada boêmia carioca e vida noturna paulistana. O próprio Roberto Carlos já reconheceu isso em diversas entrevistas.

    Agora, Corinthians e Vasco não tinham nada a ver com isso… Sorte do clube mosqueteiro, que ergueu a taça.

  9. Até hoje é assim amigo Israel.Chelsea nem tava ligando para esses jogos do Mundial no japão.Eles , diretoria e jogadores( exceto os jogadores brasileiros do elenco) deixavam claro isso.A Cultura deles é valorizar a Liga dos Campeões.mas conforme consenso entre nós, se é chancelado pela FIFA , é OFICIAL.Independente das circunstãncias.

Deixe uma resposta