21 comentários em “Capa do Bola, edição de quinta-feira, 08

  1. E o jjss555 como sempre demonstrando ser do lado do cachorro de peruca.

    Anota ai secador: PSC 3, Macaco é 1.

    RRamos

  2. Papão vem com a vaga. O placar os fluminenses ditarão conforme se portarem em campo. Palpito 1X0 bicolor, o rankiado do norte.

  3. O JJSS555 está em tramitação clubistica relutando contra essa simpatia que lhe aflora pelo Papão, por isso alterna pensamentos.

  4. Gerson Nogueira,
    Eu sei que és um fã do trabalho do Lecheva a frente do Paysandu mas eu apesar de otimista continuo esperando para ver. Não é que eu tenha discriminação contra treinadores locais mas as lembranças destes a frente do Paysandu são as piores possíveis e não vale a pena ver de novo: É so lembrar Sinomar Naves que fez o papão apanhar dos fatidos 9×0, Varter Lima do icasaço, Charles Guerreiro do Salgueiraço. Então todos esses treinadores começaram bem, levaram o Papão à decisão e nesta fracassaram terrivelmente. E observe que esses não encontrarm tantos problemas de salários atrasados igual como o Lecheva está encontrando. Desta forma como sou otimista e quero ver o Papão finalmente subir, não quero que o LECHEVA seja mais um Sinomar Naves, Charles Guerreiro ou Valter Lima na história do Paysandu, eu QUERO QUE O LECHEVA SEJA O LECHEVA, UM DOS NOVOS E GRANDES VALOROSOS TREINADORES NO FUTEBOL BRASILEIRO DA ERA MODERNA, PORQUE SE O LECHEVA SUBIR O PAYSANDU É ISSO QUE OCORRERÁ COM ELE. ENTÃO ESTÁ TUDO NAS MÃOS DELE. QUEM VIVER VERÁ.

  5. Sr. Edilson (postagem nº 16

    Os fatídicos 9×0, o icasaço, salgueiraço e outros aços, na minha modesta opinião, foram todos produtos de falta de caráter de jogadores (lembrar Sandro e outros) à época.

    O Paysandu, se estivesse tão ruim, não chegaria onde chegou.

    Agora não. Pode até perder (é conseqüência de jogo) mas não será
    por falta de luta.

  6. Pastor para tudo a uma excerção, então coloque a gelomatica na geladeira e corra para o abraço, beber não é pecado e sim é viciar-se no alcool

Deixe uma resposta