Escaramuças leoninas

Por Gerson Nogueira

O Remo não encontra paz nem quando está em recesso. As movimentações de bastidores para organizar a etapa final da gestão Sérgio Cabeça já provocam as primeiras reações negativas. Sérgio Zumero, convidado a assumir o futebol do clube, declinou da missão depois de participar de três reuniões com o presidente.

Em entrevista, mostrou-se pessimista quanto ao futuro imediato do clube, principalmente em função das dívidas acumuladas com funcionários e atletas. Para receber os jogadores, pediu que a diretoria providenciasse o pagamento de pelo menos parte dos salários em atraso.

Ao perceber que não havia nenhum interesse em resolver o problema, entendeu que o melhor a fazer era sair de cena e se desligou da comissão informalmente criada por Cabeça.

Em entrevista à Rádio Clube, lamentou que a questão dos funcionários não seja prioritária. Avalia, com razão, que quitar salários é obrigação dos gestores e não há condição de implantar um trabalho sério em ambiente de insatisfação e cobrança.

Fez muito bem Zumero, pois dirigentes devem assumir cargos cientes de suas responsabilidades. Há quem aceite essas missões só para buscar holofotes, mas sem qualquer preocupação em mudar o cenário ruim. O Remo de hoje precisa de obreiros, não de marqueteiros.

Ronaldo Passarinho, que já comunicou sua decisão de deixar o departamento jurídico no fim do mandato atual, é outro que agiu com coerência. Não é possível cobrar eficiência e dedicação de uma equipe que não recebe salários há quatro meses.

O que parecia ser um final de ano menos tumultuado, com ênfase na escolha do novo presidente, periga se transformar em desfecho melancólico da atual gestão, mais ou menos como foram as duas últimas.

Para coroar esse momento de balbúrdia administrativa e pindaíba financeira, o próprio presidente ameaça insistir na tese da reeleição, desmentindo sua própria promessa de abandonar o cargo em dezembro. Até mesmo a prometida antecipação da saída não foi cumprida.

A cada novo capítulo, os dirigentes do Remo parecem se esforçar ao máximo para mostrar que sua maior preocupação não é o futuro do clube. Agem como se o interesse pessoal estivesse acima de tudo. Desse jeito, não há nem como enxergar nem uma réstia de luz no fim do túnel.

————————————————————–

Como dono da casa

A antecipação da chegada do Paissandu a Paragominas, acertadíssima medida da comissão técnica, já produziu os primeiros frutos. No treinamento de ontem à tardinha na Arena Verde, os jogadores travaram contato com a torcida local, que foi prestigiar a movimentação.

Tão importante quanto o desempenho em campo, amanhã, será a identificação do time com a galera. Claro que boa parte do estádio será invadida pela massa alviceleste de Belém, mas é indispensável que o Papão estabeleça boa comunicação com os torcedores nativos.

Paragominas, ou Paragobelas, vive uma efervescência futebolística. No fim de semana passada, o PFC conquistou o título da Segundinha, divisão de pré-acesso ao Parazão, desbancando o favorito Santa Cruz, em Cuiarana. Ao Paissandu cabe explorar esse súbito interesse local por futebol e assumir o papel de dono do pedaço.

————————————————————–

Mão de gato

Desde que Maradona desviou aquela bola com as mãos na Copa do Mundo de 1986 o conceito de gol ilegal sofreu um ajuste, dependendo do gosto do freguês. Os europeus permanecem inflexíveis no respeito às regras, chegando mesmo a gestos surpreendentemente belos, como aquele de Miroslav Klose, que admitiu ter tocado a bola irregularmente fazendo com que o árbitro anulasse o gol.

Na América do Sul, de coração tropical e emoções à flor da pele, nem sempre esse amor pelo fair-play é levado ao pé da letra. Aliás, quis o destino que um conterrâneo de Dieguito fosse protagonista do lance que ameaça criar a última novela deste meio insosso Campeonato Brasileiro.

A bola desviada malandramente por Barcos contra o Internacional virou cavalo de batalha do Palmeiras, que enxergou nisso a chance de se agarrar a um imbróglio jurídico e assim adiar sua queda rumo à Segunda Divisão. O STJD, ávido por exposição, acatou o pedido e determinou a suspensão dos pontos, embora a CBF tenha mantido a pontuação do Colorado.

Na condição de leigo no assunto, mas com a legitimidade de mais de 40 anos de arquibancada, defendo a atitude do árbitro. Afinal, mesmo por vias inusitadas, anulou um lance claramente ilegal e afrontoso às regras do jogo. O resto é potoca de torcedor apaixonado.

————————————————————–

JT, fim de uma história

Não podia deixar de registrar aqui meu lamento pelo fim do Jornal da Tarde, cuja última edição impressa circulou ontem em São Paulo. Vespertino de perfil ousado, com textos afiados e diagramação à frente de seu tempo, foi uma de minhas bíblias quando começava no ofício. O simples fato de ter sido idealizado por um jovem Mino Carta já o credencia como um dos principais jornais brasileiros em todos os tempos. Vai fazer falta.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quinta-feira, 01)

44 comentários em “Escaramuças leoninas

  1. Penso amigos que já passou da hora de uma representação da torcida azul recorrer a justiça para livrar o clube desde das mãos de insano presidente, já que os demais que dizem trabalhar pelo interesse do clube nada fazem.

    Curtir

  2. Quem ganhou com a punição do Paissandú foi a cidade de Paragominas e sua boa gente que estão na mídia por conta dete jogo. O Prefeito bem que poderia assumir os custos de hospedagens por conta de imensa honraria.

    Curtir

  3. – Esse Zumero faz parte dos Cardeais Azulinos, e enquanto tudo girar em torno deles, o Remo não sairá disso. O Remo precisa urgentemente ser entregue nas mãos de pessoas que não estão ligadas a eles, para só assim conseguir voltar a crescer. No Paysandu, hoje, sua torcida tem a grande possibilidade de conseguiu isso, fazendo Vandick Presidente, tirando o Paysandu das mãos de Rezende e cia…

    – Paysandu precisará fazer o resultado nesse jogo e eu, tiraria o Harison e colocaria o Moisés ou o Rafael Oliveira na frente, trazenso o Potyguar para o meio. Agora, sabemos que o Harison é jogador de um dirigente do clube, aí… É aquilo que falei, pra todo jogo, o Paysandu só joga de um jeito.. Ficarei na torcida para que dê certo e o Papão suba..

    Curtir

  4. – Quanto ao gol de mão, o STJD não discute isso, até porque foi visível. Agora, o Árbitro sabe muito bem, que não pode pedir ajuda de terceiros para tomar uma atitude dentro de campo, mesmo esta tendo sido correta. O Juiz deu o gol e, foi avisado pelo delegado do jogo que o gol tinha sido de mão, após este ser avisado por uma repórter de campo. Aí está a irregularidade maior e, acredito sim que esse jogo será no mínimo, anulado e corretamente.

    -Imaginem um árbitro marcando um gol, mesmo irregular e o torcedor, com um celular com tv em mãos, mostrando a ele que o gol foi irregular e ele volta atrás, por ter visto o replay no celular do torcedor..Vai virar uma bagunça só..

    Curtir

  5. Palpite para o jogo do bicola em Paragobala: empate. Quanto aos azuis, o problema parece ser a falta de oposição, ou pelo menos de uma oposição que não seja igual à situação.

    Curtir

  6. O que se pode esperar de um clube que se volta contra o futuro e a modernidade, onde o destino do Clube e de sua nação de simpatizantes e decidido por um grupo de pessoas que já nao refletem o desejo da maioria de seus torcedores. Pessoas que se fecham e valorizam um estatuto ultrapassado e corroido pelo tempo, onde não se valoriza a opinião da maioria e prioriza-se o interesse pessoal em detrimento do coleitvo. Assim é o Clube do Remo que nos dias atuais serve apenas para satisfazer i ego e os interesses de cardeais mesquinhos que não visam o bem do clube e osa seus legitimos interesses, isso justifica que nos dias de hoje as crianças tenham paixao por clubes de forma como Barcelona, Real Madrid, Chelsea e etcc.
    Amigos as pessoas se apaixonam pleo que admiram e acham bonito, nossos Clubes regionais estão flagrantemente perdendo força para os clubes de fora massificados por internet, televisão etc… que tornam o acesso bem mais facil e duradouro.

    Curtir

  7. A torcida do Remo não pode ficar com os braços cruzados diante dessa situação. Nação vamos se movimentar pelas redes sociais e com os grupos de amigos, vamos fazer protesto sempre de forma pacifica.

    O maior patrimônio do Remo são seus torcedores, se a paixão terminar o Remo vai para nos livros de história.

    Curtir

  8. O Geraldo Klesio @gklesio que possui um espirito irrequieto ,irreverente e “briga” com td mundo no twitter (não comigo rssr pelo menos ainda não rsrsrs) postou esta manhã no TT uma pergunta ao Guilherme Guerreiro:
    ” É verdade q o Clube do Remo( ele escreveu em minúsculo ,remo) já tem amistosos agendados pelo interior do Pará até 2016?”.
    Um piadista ou um sujeito que enxerga longe?Pelo que se lê no artigo do escriba baionense podemos ficar propenso a achar que ele é REALISTA QUANTO ao futuro do Remo.Culpa de quem essa descida veloz do rival bicolor?São tantos fatores que fica difícil enumerar.

    Curtir

  9. Caro Gerson, mais uma vez que lhe parabenizar de ver AGORA Remo com outros olhos. Tudo que est[á acontecendo agora foi previsto por mim, vide minha postagens anteriores. Só não consigo entender o Sr. Ronaldo Passarinho passar a ser vítima. Jogou pedra na gestão anterior, fez diversas manchetes de jornais, montou o atual CONDEL, elegeu o Cabeça e agora que pular do barco? Sei do seu empenho nesta barca furada do Remo, mas se não fosse o acordo na justiça feita ainda na gestão do AK e a liberação de recursos financeiros liberados pelo Cabeça agora, nada e nenhum acordo seria possível. E olha que muitos buracos das propostas estão abertas e não sei se será fechado. Agora o seu trabalho é essencial e deve ser sim continuado por ele ou por outra pessoa e transformar isso tudo em um departamento, mas que seja próxima do futebol para evitar que se chegue na sua mesa as lambanças das contratações de jogadores anti-remista (Mendes), ex jogadores (Finazi e Ávalos) e jogadores que foram contratados só pra treinar (indio e outros). Outra coisa boa tb é que nenhum dos advogaods que estão neste destemido empenho de fazer acordos com os “credores” remistas é que nenhum deles vai colocar o Remo na justiça depois por falta de pagamento. Abraço a todos…

    Curtir

  10. A informação dada ao Cláudio está correta: acabei de ver a página da Cultura do PA e na programação não consta a transmissão do jogo do PSC ! A porcaria do Macaé, segundo a fonte do Cláudio,
    não aceitou liberar a transmissão. Tomara que se #$#$#@$#%¨&%.
    Égua ! Comprei uma antena nesta tarde, para melhorar a imagem da TV Cultura, para ver o jogo. A imagem tá boa, mas o jogo que é bom…. Vou assistir em algum bar, pela TV a cabo.

    Curtir

  11. Gérson, Remo e Paysandu nunca estiveram na pindaíba. Por que será que ninguém muda realmente os estatutos? E porque será que é uma briga de foice pelo controle dos clubes ‘pindaibados” ?

    Curtir

  12. Não acredito que o prezado jjss555 seja um secador. Acho que ele só pode ser um brincalhão. Porque se for um secador, só sendo de R$-1,99 … Rssss!

    Curtir

  13. Assim, Miguel, SC continuará com um time na A (Criciuma no lugar do Figueira) e quatro na B – o próprio Figueirense, Avaí, Joinville e Chapecoense…que inveja, hein?

    Curtir

    1. Situação perigosa, de fato, amigo Roberto. Boleiros não perdoam esse tipo de vacilo e o próprio Papão já pagou caro por isso em anos anteriores. O pior é que prometeram que a grana ia sair, criando expectativa entre os jogadores.

      Curtir

    1. Nenhum dos resultados garante classificação antecipada. O Luverdense pode buscar essa diferença em Lucas do Rio Verde e o Duque tira fácil a vantagem do Icasa.

      Curtir

  14. Vitória do Icasa foi enganosa, como ocorre em torneios deste tipo. Tem quase o mesmo peso de um empate, pois se o Duque vencer por um a zero, está classificado. Chapecoense é outro que está com a vaga encaminhada, mostrando a superioridade do futebol do Sudeste.

    Curtir

  15. Também acho que o Luverdense já era. Em casa, terá de se expor muito para tirar a diferença de três gols. Se tomar um, terá de fazer CINCO. Acresce que o Luverdense sofreu queda acentuada na reta final do segundo turno.

    Curtir

  16. PAPÃO 2 X 0 Macaé !!! Tomara que o Lecheva ouça boa parte da torcida e escale o Rafael Oliveira ao lado de Kiros, no ataque,e recue o Thiago Potiguar,sacando o Hárison da equipe,podendo colocá-lo no segundo tempo,pois o mesmo,creio,renderia melhor tanto técnica quanto ,fundamentalmente,fisicamente ao pegar o adversário mais desgastado,pelo fato de o preparo físico ser seu principal empecilho,até então…

    Ihhhhhhhhh !!! kkk Eu disse que o Luverdense se classificaria ,e tomou uma sonora cacetada da Chapecoense. Porém,Nada no futebol e na vida é impossível,ainda mais que os Catarinenses detém um retrospecto desfavorável nesta série C,jogando fora de seus domínios,ademais,só perdem esta vaga,se jogarem de forma recuada excessiva no jogo da volta e derem muita moleza ,além disso,se os Matogrossenses tiverem uma noite brilhante,é claro. Quanto ao Jogo Icasa 2 x 1 Duque de Caxias,vitória importantíssima dos Cearenses,apesar de achar o Duque ,ainda,favorito,principalmente por ter feito este gol fora de casa,mas vai que o Icasa consiga segurar a pressão,na volta. Aposto no Icasa. Fortaleza e Oeste,dará Oeste,puramente um palpite,sendo que o Fortaleza é o mais credenciado à vaga…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s