Sede do Papão vai a leilão em novembro

A sede social do Paissandu pode ir a leilão no próximo dia 5 de novembro. A 6ª Vara do Trabalho de Belém publicou em edital, no dia 8 de outubro, previsão de venda da sede para quitar dívida com o ex-jogador Arinelson, com valor estimado em R$ 4,5 milhões. O diretor jurídico do clube, Hermon Pimentel, confirmou o leilão, mas disse que a diretoria vai tentar de todas as formas impedir a realização. “Já estávamos cientes da publicação do edital. Nem sei como isso vazou para a imprensa. Vamos fazer uma reunião nesta terça-feira (16) para definir as medidas que tomaremos para evitar que a nossa sede vá a leilão”, disse o advogado. Hermon acrescentou que a sede social bicolor está avaliada pela Justiça do Trabalho em R$ 11.227.139, 30. (Com informações do DOL)

9 comentários em “Sede do Papão vai a leilão em novembro

  1. Se não tem jeito tem que acordar e assinar. A questão é que sempre vão empurrando vai chegar um momento que o TRT vai bloquear tudo.

    RRamos

  2. A venda pode não acontecer, adiada por algum acordo de última hora. Ocorre que esses acordos jamais são cumpridos, acarretando multas e juros, o que elevará ainda mais os débitos. Os bloqueios de patrocínio que o clube sofre hoje já estão sendo insuficientes para pagar as dívidas. O que esperar do futuro?

  3. O problema não é a utilização ou venda da sede, mas a não apuração de responsabilidade das pessoas que colaboraram e permitiram que essa demanda trabalhista chegasse ao ponto que chegou. Uma vergonha, é muita gente ganhando com isso e ninguém se manifesta. Como é que pode um pereba desse que não vestiu e suou a camisa do Papão nem por uma hora vir “receber” essa fábula toda.

Deixe uma resposta