3 comentários em “O passado é uma parada…

  1. Uma justa homenagem para o dia do teátro.

    Hoje pra fazer uma obra dessas é uma luta.

    Aliás Belém mesmo com quase 400 anos se revela mais bonita pelas obras antigas.

    *Porquê o belo templo da Igreja Universal na entrada da BR não é considerado um monumento pra cidade, mesmo sendo muito bonito.

    Sou evangélico de uma outra denominação, mas sei reconhecer a beleza daquela obra, assim como guardo fotos em meu celular e em cd’s de algumas igrejas catolicas, como daquela que sai o Círio po rexemplo.

    Precisamos diminuir essas coisas, até porque nós evangélicos( os que não são fanáticos) reconhecem que a Igreja catolica é a principal do país e que por isso e por sua história merece todos os mimos que lhe é dado.

  2. Gerson, acredito que Assis de Vasconcelos esta a esquerda e a Presidente Vargas a Direita, Certo? Ou a foto foi tirada da parte dos fundo do Theatro?

  3. É sabido que os fantasmas, como os espíritos, atravessam tempos e fronteiras. Tal como discordei da caracterização simplista da esquerda brasileira, discordaria dela se aplicada à esquerda portuguesa. Apesar disso, ante os actos eleitorais que se aproximam, pergunto-me se, como dúvida metódica, não fará sentido pôr a questão: será a esquerda burra? Ou melhor: nos próximos actos eleitorais, quem se revelará menos burra, a esquerda ou a direita? Os portugueses têm votado maioritariamente à esquerda. A ideia de solidariedade social tem-se sobreposto à de darwinismo social, a ideia de um Estado protector à ideia de um Estado predador, a ideia do bem público à ideia do interesse privado.

Deixe uma resposta