2 comentários em “Capa do Bola, edição de segunda-feira, 10

  1. No meio a todo turbilhão de péssimas emoções, fica claro que o mais importante é formar um bom elenco, qualidade e não quantidade, com poucos importados. Jogadores regionais sabem a importancia do clube e custam mais barato. Técnico é só um detalhe. O problema, volto a dizer, é que tem muita gente ganhando dinheiro nessas contratações de jogadores mercenarios. O fenomeno azul precisa protestar afim de que eleições diretas sejam realidade para o bem do próprio clube.

  2. Concordo plenamente Rosivan, o problema com times de massa são as comisões de diretor e técnicos com os empresários

Deixe uma resposta