Veterano Dodô é oferecido ao Paissandu

Por iniciativa de um empresário, o veterano atacante Dodô, de 38 anos, foi oferecido ao Paissandu para a disputa da Série C. Os dirigentes não chegaram a considerar a proposta. Dodô, conhecido como o artilheiro dos gols bonitos, defendeu grandes clubes brasileiros ao longo da carreira. Passou por Fluminense, São Paulo, Santos, Palmeiras, Botafogo e Vasco. Suspenso em 2007 por dois anos, em função de doping por uso de substância proibida quando defendia o Botafogo, voltou aos gramados em 2010 defendendo a Portuguesa de Desportos. Ultimamente, estava no Guaratinguetá.

A Ética e o espírito olímpico

Por André Luís Lopes Pereira (advogado) e Laurindo Garcia e Souza Neto (judoca, campeão sul-americano em 1999) 

Os Jogos Olímpicos começaram em 776 a.C. em Olímpia, na Grécia antiga, e duraram por mais de mil anos. Entretanto, o evento religioso que deu origem aos Jogos é bem mais antigo podendo datar do século 13 a.C. De lá pra cá muito se tem dito sobre os jogos, mas pouco enfoque é dado, e pouca reflexão é feita sobre a ética nas Olimpíadas.

Jugoro Kano, por exemplo, quando fundou o Judô, queria transformar os homens em cidadãos e educá-los através do respeito mútuo, para que assim houvesse unificação e paz entre os povos. Casos de doping nos esportes tem ficado a margem das discussões acerca dos esportes olímpicos, porém outras práticas (anti) éticas têm ocorrido, sem que, principalmente a mídia e profissionais ligados ao esporte tenham dado ênfase a elas.

Há um verdadeiro tráfico de talentos com relação aos competidores de tênis de mesa chineses. Virou comum no mundo naturalizar atletas daquele país. Ao não conseguirem vagas em sua seleção nacional, os chineses “excedentes” aceitam jogar por outros países para conseguir uma vaga nos Jogos Olímpicos. Há clássicos exemplos como o time de Cingapura que é composto apenas por chineses; o caso do “dominicano” Lin Ju; e do “argentino” Liu Song, podem ser citados.

A Espanha no basquete masculino, implodiu o espírito olímpico e por conseguinte a ética, ao perder para o Brasil, apenas para fugir da seleção norte americana, considerada o novo “dream team”. Para não deixar de citar, notemos que a patrocinadora oficial do evento olímpico em Londres é nada mais nada menos que a McDonald’s, e que tem como slogan “viver o espírito olímpico”, ou seja, a maior empresa do mundo em fast food, é a empresa que patrocina jogos, que tem como fim a saúde, ou deveria!!

Importante lembrar que esporte de alto rendimento por si só já é uma agressão à saúde, assim dizem os especialistas. Seria um parodoxo?!? Importante lembrar a derrota de Federer, em final contra o inglês Andy Murray. Vale lembrar que o tenista suíço já ganhou 07 (vezes) o Torneio de Wimbledon. Curioso, não?!?

Para finalizar não poderíamos deixar de citar a seleção brasileira masculina de futebol, que ao contrário das outras, levou à Londres o time profissional, com o técnico da seleção principal. Até aqui, tudo bem, é um direito que assiste à seleção tupiniquim, mesmo que outras apenas levem à Londres jogadores amadores.

A ética do futebol e somente a do futebol nacional porém guardava surpresas no final, quando anunciaram que cada jogador ao conquistarem a medalha de ouro seriam contemplados com R$180.000,00 (cento e oitenta mil reais).

É um verdadeiro espírito olímpico se comparados a outros atletas brasileiros, hein?!?

Aqui você vê todos os ângulos da Olimpíada

Enquanto a britânica Jessica Ennis se consagrava com o ouro no heptatlo diante da sua torcida, sua adversária Eliska Klucinova ficava famosa por um motivo menos olímpico. A heptatleta tcheca de 24 anos precisou trocar de roupa entre as competições e tratou de tirar a calcinha ali mesmo, em pleno estádio olímpico, usando apenas uma toalha para se cobrir. Como sempre há um fotógrafo à espreita, Klucinova percebeu que estava sendo fotografada e filmada, mas continuou tirando a peça, mostrando destreza para arrancar a calcinha e vestir sua calça justa. Após ficar pronta para competir, a bela tcheca não mostrou a mesma habilidade nas pistas e terminou apenas com a 18ª colocação geral no heptatlo. O blog, sempre antenado com as grandes causas do esporte, não poderia deixar de registrar o fato.