De virada, Remo vence Atlético na Arena da Floresta

Com dois gols de Reis no segundo tempo, o Remo conseguiu virar um jogo difícil contra o Atlético Acreano na noite deste sábado e saiu vencedor por 3 a 2. Com o resultado, a equipe retoma a liderança do grupo A da Série D. Adilson abriu o placar aos 20 minutos e Ratinho empatou aos 30 do primeiro tempo, batendo rasteiro à esquerda do goleiro Máximo. Na sequência, o time desfrutou de pelo menos duas grandes chances para desempatar. No segundo tempo, logo aos 2 minutos, Reis recebeu passe de Fábio Oliveira na pequena área e mandou rasteiro no canto, colocando o Remo em vantagem no placar, aos 23 minutos. Apesar da igualdade e dos apagões da linha de zaga, o Remo tinha um rendimento superior ao do Atlético, principalmente quando procurava valorizar a posse de bola e caprichava nas jogadas pelas laterais.

Dida aparecia bem em avanços sobre a área adversária. André teve que ser substituído por Léo Medeiros, pois já havia levado um cartão amarelo e a cobertura da zaga ficou entregue exclusivamente a Jonathan, mas Edu Chiquita recuava para marcar. O Remo seguiu controlando as ações e, num lance rápido pela direita, a bola chegou a Reis, que novamente chutou rasteiro e marcou o terceiro gol. Laionel entrou substituindo a Edu Chiquita e tornou o meio azulino ainda mais ágil. Fábio Oliveira teve duas oportunidades para ampliar, mas finalizou nas mãos do goleiro Máximo.

O Atlético parecia desanimado, errando passes e permitindo investidas do Remo. Mas, aos 30 minutos, em lance que estava dominado pelo zagueiro Ávalos, o meia-atacante Josy chegou rapidamente e foi derrubado pelo goleiro Gustavo quando partia com a bola em direção ao gol azulino. Na cobrança, Josy bateu forte e marcou o segundo gol do Atlético, aos 31 minutos. A partir daí, na base da correria, os acreanos tentaram chegar ao empate com cruzamentos sobre a área, mas o Remo manteve o placar até o fim.

Tchecas boas de praia

A dupla brasileira Maria Elisa e Talita foi derrotada pelas tchecas Kolocova (foto) e Slukova, por 2 sets a 1, no vôlei de praia em Londres. Consideradas zebras, as tchecas se superaram e mostraram qualidades para eliminar as brasileiras do torneio olímpico. Detalhe curioso: Kolocova e Slukova haviam perdido, até hoje, 15 vezes para Maria Elisa e Talita. Com pinta de modelo, a risonha Kolocova tem muitos fãs em seu país.

No sufoco, Seleção vence e vai à semifinal

Com uma atuação instável, que permitiu ao adversário estabelecer a vantagem por duas vezes, inclusive quando já estava com um jogador a menos, o Brasil derrotou Honduras e se classificou para a semifinal do torneio olímpico de futebol, em Newcastle. Mesmo depois de virar para 3 a 2 anos 15 minutos do segundo tempo, a Seleção só conseguiu se tranquilizar quando o árbitro encerrou a partida.
Sem inspiração, mas desperdiçando boas oportunidades, o Brasil permitia contra-ataques e sofreu o gol logo aos 12 minutos do primeiro tempo. Depois de muita luta, Damião empatou o jogo ainda na primeira etapa, depois que um hondurenho foi expulso por jogo violento. No segundo tempo, o Brasil levou um gol logo de cara, mas virou com Neymar (cobrando pênalti) e Damião. Na semifinal, o confronto será com Inglaterra ou Coréia do Sul.

Campeões brasileiros, ontem e hoje

Time do Paissandu campeão da Copa dos Campeões de 2002, conquistado após vitória nos pênaltis (depois de triunfo no tempo normal por 4 a 3) sobre o Cruzeiro, em Fortaleza. Vandick, Jóbson, Rogerinho, Sandro, Luiz Fernando, Gino e Marcão eram destaques da equipe. Na foto abaixo, os veteranos daquela conquista antes do amistoso comemorativo pelos 10 anos do título nacional, disputado na manhã deste sábado, no estádio da Curuzu.

Brasil massacra China no basquete e vive dilema

Com uma atuação convincente e sem as oscilações defensivas demonstradas ao longo dos Jogos Olímpicos, a seleção brasileira masculina de basquete não encontrou dificuldades na tarde deste sábado para derrotar a China por 98 a 59, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo B, e confirmar matematicamente vaga nas quartas de final da competição. Agora, o time comandado pelo técnico Rubén Magnano chegou aos sete pontos (três vitórias e uma derrota) e empatou com a Espanha na vice-liderança da chave. Com isso a seleção brasileira vive um dilema para a próxima partida, que será justamente contra os espanhóis.

Quem vencer o confronto da próxima segunda-feira se classifica na segunda colocação do grupo e terá um caminho mais difícil no caminho até a medalha de ouro, com a possibilidade e enfrentar Argentina nas quartas de final e o poderoso time dos Estados Unidos na semifinal. A ideia de enfrentar os norte-americanos antes de uma decisão parece não agradar ninguém. Pouco tempo após a derrota da Espanha para a Rússia, também neste sábado, a imprensa espanhola começou a especular sobre a possibilidade de ver sua seleção “entregar” o jogo para o Brasil apenas para pegar um caminho teoricamente mais curto. (Com informações da ESPN)

Pesquisa aponta Lula como favorito para 2014

Se as eleições presidenciais de 2014 fossem hoje, o ex-presidente Lula teria 69,8% das intenções de votos segundo pesquisa CNT Opinião divulgada nesta sexta-feira (3). Em segundo lugar na pesquisa aparece o senador Aécio Neves (PSDB-MG) com 11,9% das intenções de votos seguido do governado de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), com 3,2%. Num primeiro cenário apresentado pela pesquisa aos entrevistados apenas os nomes dos três foram postos como possíveis candidatos. Entre aqueles que não responderam ou que não votaria em nenhum dos três estão 15,2% dos entrevistados.

A aprovação do governo Dilma Rousseff cresceu 5,5% em relação à última pesquisa e chegou a 56,6%, de acordo com pesquisa CNT Opinião divulgada nesta sexta-feira (3). Dos entrevistados, apenas 7% classificaram o governo como ruim ou péssimo, e outros 35,5% acham regular. (Da Folha de S. Paulo)

Cabra bom…