3 comentários em “Bota, enfim, quebra jejum de vitórias

  1. Não permitiram, por foça do contrato, que o Loco Abreu jogasse, caso pensado, senão teríamos uma cavadinha no mínimo.

    1. Ainda bem que fizeram isso, camarada. Aliás, fizeram o que todos fazem, inclusive o Corinthians, que vetou a escalação do Vitor Junior naquela partida de três rodadas atrás.

Deixe uma resposta