O passado é uma parada…

Pórtico do estádio Evandro Almeida, ano de 1982, quando o escudo do Clube do Remo ainda pontificava lá no alto. Há três anos, o escudo foi retirado, a golpes de picareta, na calada da noite, a mando do então presidente Amaro Klautau. Como diz o João Moscoso (JR Azulino), “por interesses de alguns, para a decepção de uma nação, a destruição de um bem. Como era linda a fachada do Baenão com o escudo do Leão”.

17 comentários em “O passado é uma parada…

    1. Rsss… aproveitei que o amigo Cláudio foi a Mosqueiro e botei essa casca de banana aí, colaboração do amigo Moscoso.

  1. Se AK tivesse vergonha na cara ,não passava nem em frente ao baenão,alias,não somente AK,más essa diretoria,que anda falando o nome desse destruidor para voltar para presidencia,a torcida não vai admitir uma sandice dessa.Era só o que faltava,o cara destroi nosso simbolo e ainda vem com a cara de pau querer voltar.

  2. Agora, a pergunta que não quer calar: por que a diretoria atual ainda não mandou colocar o escudo no lugar???

    1. Como diria Guilherme Guerreiro, SDS (só Deus sabe), amigo Antonio. Tenho, como o povo que acompanha o Círio, a mesma dúvida, até hoje sem resposta.

  3. Em 1982 o Fusca era o carrão e a Kombi sempre a coadjuvante, e esse Fusca é da época que os taxis em suas placas usavam as iniciais AT.

    Observo também que nesse tempo já existiam as pragas dos pixadores, e acho que não devia ter semáforos e sim sinaleiros.

    E é bonito ver um céu azul celeste com nuvens brancas como se fossem as listras brancas da camisa bicolor.

    Antonio vc fez uma ótima pergunta, eu como bicolor já digo que deveriam pelo menos pintar o muro, coisa que nem isso fazem.

  4. É engraçado perceber que como as coisas pareciam mais organizadas, ou eram mais bem tratadas. Fica bem claro a influência arquitetônica da época em que foi feito, juntamente com a sede social do Clube do Remo. Agora são só uns caras despreparados que por incompetência pura não conseguem administrar os clubes e ficam a mercê de figuras como Amaro Klautau e outros “inteligentes” que se aparecem por aí… É triste!

  5. De fato, tem valor arquitetônico e trata-se de um grande clube. Por mais que um dia reformassem todo o estádio essa fachada deveria ser preservada. As coisas só são valorizadas quando o tempo passa e ganham a história, aí percebe-se que poderiam ser mais cuidadas e não destruidas. Infelizmente o Leônidas Castro não possui uma fachada que o caracterize e faça referência ao clube.

  6. Com um estatuto de cem anos onde os sócios nao tem direito a nada, esperar o que daqueles que se dizem “conselheiros”, parece mais o congresso nacional em Brasilia ou seja, Inocuo. Te dizer.

  7. Rsrsrs…Te dizer o amigo Gerson, amigo Gilvan…

    Ei, amigo Moscoso, manda para o Gerson, uma foto desse escudo, com as faixas das aparelhagens nos anos de 2003/2004, principalmente. Certamente não vai aparecer o escudo, pois as faixas cobriam ele. Mas seria muito bom relembrar, ainda mais se essa foto tiver sido tiradam na hora da festa…hehe. Táááá

  8. hahahahahahahaha
    a cutucada do gerson foi 10
    e a esperneada do claudio foi muito boa também.
    tou meio triste hj e esse post me fez rir bastante.
    muito bom

Deixe uma resposta