8 comentários em “Capa do Bola, edição de terça-feira, 17

  1. Melhor perder logo, que criar ilusão que dá pra subir; afinal nossa toricad é de primeira e nosso futebol é de terceira e quarta, quiçá de quinta.

  2. O que vi ontem foi que peças chaves do papão não funcionaram bem: o potyguar e o pikachu.

    Esses dois jogadores estavam muito marcados e pouco puderam produzir.
    Isso é normal pois os times estão vendo o paysandu jogar e vão marcar as melhores jogadas como aconteceu ontem.

    Por outro lado acho que o davino errou na escalação pois colocou o regis no banco e entrou com o leandrinho na lateral esquerda.
    Ficou provado ontem que o regis é o titular absoluto do setor.

  3. Lembrou muito a partida infeliz contra o Coritiba, meses atrás. Naquela época, a desculpa era que o Coxa era um time de série A, muito acima do Paysandu etc. Ontem o adversário era o Fortaleza, uma equipe, segundo todos os comentários, comum, mas que conseguiu anular o bicolor. E cá pra nós: quem tem como craques Pikachu, Potiguar e Rafael Oliveira não pode pensar em vôos mais altos.

  4. gente vim de Salvaterra no Marajó somente pra esse jogo e que decepção outra vez nao farei mais isso, deixar a falia nas férias e vê a vergonha de meu time…estou decepcionado….

  5. Não estou chutando o balde, até porque errar é humano, mas ontem o Davino foi o principal responsável pela derrota do Paysandu.

    Na minha opinião o PSC não precisava fazer alteração no intervalo, exceto o caso do Capanema, sendo assim bastava trocar volante por volante e esperar.
    Se o harisson continuasse a não funcionar, as mexidas seriam a entrada do Helinton pra jogar na frente com o Kiros e o recuo do Potiguar. E depois trocar atacante por atacante, no caso Kiros por Rafael.

    Apesar dele não ter errado por omissão, errou por excesso, queimou duas alterações que em nada contribuiram, a não ser a comprovação de que precisa efetivar o regis sua função e parar com improvisos.

Deixe uma resposta