Espanhol lidera lista dos mais bem pagos da F-1

O marrento espanhol Fernando Alonso é apontado por quase todos os especialistas como o piloto mais completo em ação na Fórmula 1. E segundo a publicação francesa Business Book GP 2012, é também o mais bem pago da categoria nesta temporada. Atual líder do campeonato, o espanhol recebe 30 milhões de euros (cerca de R$ 74,7 milhões) por ano da Ferrari, ou R$ 3,7 milhões por corrida disputada.
O estudo francês não leva em consideração o ganho dos pilotos em publicidade, que engordam ainda mais a conta de Alonso e dos outros 23 competidores da F1. Se na classificação a diferença do primeiro colocado para o segundo é pequena neste ano, nos ganhos o espanhol tem vantagem absurda: os vices Lewis Hamilton e Jason Button, da McLaren, recebem praticamente a metade que Alonso (cerca de R$ 39,8 milhões).
Dos brasileiros da categoria, Felipe Massa aparece na lista dos oito mais bem pagos, recebendo cerca de 24,9 milhões dos chefes de Maranello. Já Bruno Senna, muito atrás, ganha 622 mil da Williams. Além da dupla da Red Bull, Michael Schumacher, Kimi Raikkonen e Heikki Kovalainen também aparecem no top 10 dos pilotos mais bem pagos.

Veja a lista do Business Book GP 2012 de pilotos mais bem pagos na F1:

1 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – R$ 74,7 milhões
2 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren – R$ 39,85 milhões
        Jenson Button (GBR) – McLaren – R$ 39,85 milhões
4 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – R$ 24,9 milhões
        Mark Webber (AUS) – Red Bull – R$ 24,9 milhões
        Felipe Massa (BRA) – Ferrari – R$ 24,9 milhões
        Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – R$ 24,9 milhões
8 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – R$ 19,9 milhões
9 – Kimi Raikkonen (FIN) – Lotus – R$ 12,4 milhões
10 – Heikki Kovalainen (FIN) – Caterham – R$ 9,9 milhões
11 – Timo Glock (ALE) – Marussia – R$ 7,4 milhões
12 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – R$ 2,49 milhões
12 – Romain Grosjean (FRA) – Lotus – R$ 2,49 milhões
14 – Nico Hulkenberg (ALE) – Force India – R$ 1,2 milhão
14 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – R$ 1,2 milhão
14 – Vitaly Petrov (RUS) – Caterham – R$ 1,2 milhão
14 – Pedro de la Rosa (ESP) – HRT – R$ 1,2 milhão
18 – Jean-Éric Vergne (FRA) – Toro Rosso – R$ 996 mil
18 – Daniel Ricciardo (AUS) – Toro Rosso – R$ 996 mil
18 – Pastor Maldonado (VEN) – Williams – R$ 996 mil
21 – Bruno Senna (BRA) – Williams – R$ 622 mil
21 – Narain Karthikeyan (IND) – HRT – R$ 622 mil
23 – Paul di Resta (GBR) – Force India – R$ 498 mil
24 – Charles Pic (FRA) – Marussia – R$ 373 mil

4 comentários em “Espanhol lidera lista dos mais bem pagos da F-1

  1. O Alonso ganha algo em torno de 32 salários minimos brasileiro por dia.
    Fora as comissões.

  2. Era por isso que o Rubinho não queria abandonar a F1, tá explicado!

Deixe uma resposta