Conversa Barata

Por Edyr Augusto

O Grupo Cuíra se prepara para apresentar, em 2012, um musical sobre a vida de Magalhães Barata, um político que marcou época na vida política do Pará, na primeira metade do século XX. É um processo iniciado há quatro anos, com a instalação do grupo na antiga zona do meretrício, centro da cidade, hoje decadente, mas na época de Magalhães Barata, freqüentada pelo melhor da sociedade local, inclusive políticos renomados. A riqueza de casos relatados pelas mulheres ainda ali residentes por participação ou relatos orais de velhas prostitutas, motivou a idéia de resgatar essa fase tão rica da memória da cidade.

“Conversa Barata” reunirá pessoas que conheceram ou conviveram com o caudilho, com opiniões favoráveis e contrárias às suas ações, que fornecerão detalhes, contarão “causos” e responderão a perguntas do público, tudo sendo devidamente registrado para servir de informação ao resultado final. Nomes como Aurélio do Carmo, Irapuã Sales, Edson Salame, Mizar Bonna e Bernardino Santos, figuras conhecidas, advogados, políticos, jornalistas, estarão na “Conversa Barata”, que acontecerá em sua primeira reunião no dia 16 de novembro, às sete da noite no Teatro Cuíra com entrada franca.

O projeto vai realizar cinco oficinas (Cenário/Figurino/Adereços/Interpretação/Canto). As oficinas serão realizadas no Teatro Cuíra, local de fácil acesso, com rampa para cadeirantes, poltronas para obesos, mantendo-se pessoas prontas para atender portadores de outras deficiências. Também vai envolver no trabalho moradores do entorno do Teatro Cuíra, que se localiza no centro de Belém, dentro da antiga zona de meretrício da cidade, buscando profissionalização, inclusão social, formação de talentos e de platéia, levando cultura e arte a diversos segmentos da sociedade, inclusive os excluídos por preconceito.

O Grupo Cuíra quer levar Cultura e conhecimento a toda sociedade através do Teatro inclusive e principalmente a grupos de baixa renda, formando novas platéias e difundindo as Artes Cênicas.

O Projeto Cuíra por Memórias tem o patrocínio da Petrobras através da Lei Rouanet do Ministério da Cultura.

Serviço:

Conversa Barata – Dia 16 de novembro de 2011; 19h; Teatro Cuíra (entrada franca); inscrições para as oficinas (gratuitas); a partir do dia 17 de novembro.

A frase do dia

“Passamos o teipe da partida. Quis mostrar aos atletas o que não deve mais ser feito. Foi apenas um aperitivo. Agora parte final do trabalho de correção será feito no gramado”.

De Emerson Leão, técnico do São Paulo, depois de obrigar o elenco a rever as imagens da derrota para o Bahia no último sábado.

Neymar fica no Brasil até a Copa de 2014

Em um dia histórico para o futebol brasileiro, o Santos, que já vinha conseguindo a proeza de segurar Neymar até aqui, anunciou nesta quarta-feira que a maior estrela do futebol nacional ficará na Vila Belmiro pelo menos até a Copa do Mundo de 2014. A renovação do contrato, com salário e multa rescisória maiores, foi assinado na manhã de hoje. Os valores não foram revelados. Real Madrid e Barcelona degladiavam pelo jovem craque, mas em entrevista na tarde de hoje, o jogador e o presidente do Santos, Luis Álvaro de Ribeiro, confirmaram que ele fica no país. “Quando ousei dizer que acreditava em um processo de transformação de um ídolo para uma figura de mito que transcendia os 90 minutos de uma partida e se espalha para o resto da vida dele muita gente achou que eu estava exagerando, que eu estava querendo antecipar etapas. Mas falava aquilo do fundo das minhas convicções.”

“Finalmente, hoje de manhã, às 11h30, nós terminamos as negociações e sentamos com o pai do Neymar, essa grande figura absolutamente compreensível que soube ser diferente dos pais dos jogadores que se seduzem por um cheque polpudo”, declarou Luis Alvaro. O cartola negou informações de que o aumento salarial do atleta fosse bancado por uma parceria com o Banco do Brasil. “Ser o melhor do mundo não é meu objetivo. E, sim, disputar os melhores torneios. O Santos disputou a Libertadores, vai disputar o Mundial, vai disputar os melhores (campeonatos) sempre. Sempre falei que estava feliz, perto dos amigos, da família, do meu filho”, acrescentou Neymar.

O próprio Neymar já havia anunciado anteriormente sua vontade de continuar no Santos o máximo de tempo possível. Vacinado pelo enorme êxodo de talentos que tomou conta do futebol nacional nas últimas décadas, porém, o torcedor brasileiro não conseguia acreditar. A primeira prova dada pelo atacante de que ele realmente não queria sair foi dada em 10 de agosto de 2010, após o primeiro jogo de Neymar pela seleção brasileira, em Nova Jersey, contra os Estados Unidos. Na ocasião, o Chelsea colocou em cima da mesa diante do jogador, do seu pai e do seu empresário, Wagner Ribeiro, uma proposta milionária. Neymar rejeitou.

Desde então, os gols e dribles do novo craque ganharam o mundo e o transformaram em obsessão dos grandes clubes europeus, especialmente de dois deles: Real Madrid e Barcelona. Os rivais travaram um guerra pessoal nos bastidores por Neymar. No meio de setembro deste ano, surgiu a notícia de que o atacante havia finalmente acertado com o Real. Confirmou-se até que um médico enviado pelo clube espanhol havia feito exames com o jogador, em São Paulo, indício de que ele iria mesmo para o time merengue. Confirmando esta tendência, nos últimos dias, ganhou força a informação de que o Real estaria mandando representantes de um banco local para fazer o primeiro pagamento da compra de Neymar. Surpreendentemente, o presidente santista confirmou, hoje, que o grande nome do futebol nacional atual vai continuar por aqui para a alegria do torcedor brasileiro. (Da ESPN)