35 comentários em “Capa do Bola, edição de segunda-feira, 07

  1. Fica difícil analisar pelos comentários do narrador e do setorista do Papão mas, acredito que o Andrade, se não foi por contusão ou cansaço, não deveria ter tirado um atacante(Helinton), para colocar um meia atacante(Potyguar). Com um homem a mais e, dominando o jogo, segundo ouvi, a tendência era que tirasse um volante e colocasse o Potyguar, como bem observou o amigo Charles Resende, ontem, em outro post. Acredito que o Andrade não soube “matar” o jogo. Pra quem não pode perder pontos, ficou a sensação que o Paysandu não tem mais forças para chegar a classificação, logo, temos que torcer, até mais, para que Luverdense e América tropecem, bastante, para que o Papão consiga sua classificação, até porque, ele é o 2º colocado e estaria na série B, se o campeonato terminasse, hoje. É a minha opinião.

    Curtir

  2. Pelo jeito o sonho acabou, agora é torcer para que ainda reste pelo menos o pão doce e que seja suficiente para subir!

    Enquanto o paysandu for tiver um comando amador vamos ser um time amador!

    Fora LOP!!

    Curtir

  3. No meu entendimento, tem males que servem para o bem! Pois, na minha visão, o aLOPrado tem que sair do clube assim que chegue ao termino da competição.
    – Se o torcedor do Papão, tiver de eleger alguém para ser o culpado, que não seja os jogadores. Os caras são trabalhadores, tem carteira assinada e merecem receber salários em dia, pois so assim e que deveriam ser cobrados e não da forma que foi feita desde o ínicio da competição.
    FORA – LUIS OMAR……..

    Curtir

  4. Claudio o América ainda tem 12 pontos a disputar sendo que seis é diante da sua torcida e o PSC só tem seis a disputar sendo três en casa e três fora, por isso acho muito dificil após o resultado de ontem almejar uma classificação eu acredito que quem suba seja CRB e Anerica

    Curtir

  5. Jogar futebol usando calculadora é complicado. Temos que nos livrar desse presidente incompetente para que possamos sair dessa situação. Quem assistiu a entrevista do Sandro no programa Na Grande Área viu de quem é a culpa.

    Curtir

  6. O Paysandu ainda depende só de sí, seja quaisquer que sejam os resutados entre América e Luverdense. O problema é o time, o treinador e LOP. Ontem uma declaração hilária do LOP após o jogo, ” o PSC passa um dia da defesa ao ataque, por não ter um jogador que saiba lançar”, alguma novidade? Nenhuma. Mas o Paysandu teve seus melhores momentos este ano tanto no regional como na série C, quando o Sandro foi titular. Ah! Mas o Sandro reclama de salário atrasado, querer o quê? Como comprei a casadinha vou lá, sofrer de novo tendo que aturar Andrey e cia, pois estes não reclamam. Te contar!

    Curtir

  7. Sai treinador entra treinador e as burradas continuam.
    Tirar o Helinton foi de lascar.
    Levar o Andrey porque foi levado pra almoçar pelo pai dele na casa dele, sem comentários. O Djalma joga muito mais, mas não é filho de dirigente né.

    Mas o papão continua vivo e agora é brigar dirtamente com o América, tem que ser macho agora!!!

    Curtir

  8. Boa tarde Amigos do Blog;

    Enquanto a maioria da NAÇÃO CELESTE AMAZÔNICA, aguarda pelo último jogo, A INFÂMIA do Salgueiraço, já aconteceu, desta feita, os infames anteciparam-se e, para pressionatr a diretoria pela demissão do técnico Édson Gaúcho e por salários atrasados, entregaram, nos dois jogos contra o CRB; porém, não puderam prever as mudanças provocadas pela desistencia do estrelão em continuar a luta contra a cbf.
    Vendo o caldo entornado e sentindo o cheiro da perpétua, o mega entregador sandro, aproveitou a lenga-lenga do atraso de salários prá sair… pois teme pela segurança pessoal, afinal, doido e besta ele não é, talvez esses adjetivos apliquem-se ao presidente aLOPrado, que entendeu que técnico não ganha jogo e preferiu prestigiar os barqueiros, demitindo o então técnico.
    Enquanto o insano LOP, dirigir o GRANDE BICOLOR AMAZÔNICO, viveremos sempre assim, só de tristezas e desastres;
    Série B, este ano, já era!!!!

    Curtir

  9. Sei que o amigo Gilvan sendo potiguar claro puxa a sardinha pra sua brasa.Mas achoq ue o mecão não faz duas vitórias lá, creio que faz apenas uma contra LEC.Papão não perderá lá pro mecão.E se o mecão bobear perder pro LEC em L. Rio do verde e perder a proxima partida pro CRB quem se classifica é o papão sim até com tranquilidade.Se analisar apenas o fato dos números a disputar , parece dificil, mas não é.Repito o importante é o PAPÃO vencer e de goelada o LEC.Se o mecão tivesse 1 pt a mais do que tem hoje eu temeria.Mas do jeito que está, dá sim pra classificar.

    Curtir

  10. O Luverdense entrou com a vantagem de 3 jogos a menos, poucos pontos de diferença, com os outros não fazendo boa campanha e tá se enrolando todo, sem falar no desgaste de jogos seguidos em locais distantes, intercalando um em casa e outro fora. Parece que não estamos tão mal na foto e que a disputa vai ser mesmo com o América. Sinceramente, depois de ontem o cenário é “menos ruim”. Como diriam os antigos, ninguém é de ninguém. Resta saber se o CRB vai entregar como fez na primeira fase. Creio que não, pois tem gente de olho e já escaparam de uma punição.

    Curtir

  11. Amigos, todos sabem que sou torcedor do maior clube do estado do Pará e de toda região norte. Neste caso o Paysandu esporte clube, mais siceramente amigos bicolores e agregados, eu já entreguei os pontos.
    Não creio na classificação do nosso amado clube para a segunda divisão do próximo ano.
    – Eu so espero, que caso isso seja consumado, os opositores do LOP não deixem isso barato, é o destituam da cadeira da presidência bicolor. Acho que o ciclo de lambanças do aLOPrado já deve ser encerrado no fim de mais um ano triste para a torcida bicolor.

    Mais matemáticamente o nosso clube ainda tem chances de se classificar para a segundona, apesar de eu não acreditar, derrepente o Paysandu possa alegrar a sua torcida com uma façanha daquelas e queimar minha lingua….É esperar para ver!

    Curtir

  12. Penso que o time só ganha se sair esse vanderson para a entrada do rodrigo pontes e se sair o robinho para a entrada do juliano.

    já deu pra ver que o futebol do robinho pode até aparecer no parazinho, diante dessas defesas semi-amadoras dos times de cá, mas não é suficiente pra encarar uma competição do níves da série C.
    se dependermos dele para armar nossas jogadas não temos chances. O vanderson não merece nem comentários, e só está no time porque o técnico nem conhece o elenco e escala pelo nome.

    te dizer. como chegamos a esse ponto, mesmo depois de tanto investimento.

    Curtir

  13. Claudio Santos, que punicao vc como membro de uma comissao de disciplina de um campeonato, daria ao goleiro de uma equipe, que sofre um gol e para retardar o reinicio de jogo, deixa o braço no rosto do jogador adversario que tentava apanhar a redonda dentro da meta ?

    Curtir

  14. Aproveito o ensejo para reafirmar o que postei antes e não passou no Blog. O PSC jogou em uma cidade do interior do Mato Grosso que possui o IDH maior que o de Belém, uma capital. Algo a preocupar nossas autoridades municipais. Se passar do PSC aí que a vergonha será maior. Em parte, o defenestrado Joziel tinha razão: Há cidades bem mnelhores que Belém. Enquanto isso, ficamos com a infantil e tola campanha do NÃO E NÃO. Acorda Belém, à corda Pará!.

    Curtir

  15. rsrsrs…não é pegadinha nao, caro Claudio..aconteceu em um clube social da cidade…e dois respeitados jornalistas esportivos estão com essa DR ao vivo a cores em um caderno de esportes da cidade…rsrs…em tempo: o atleta foi expulso….

    Curtir

  16. Pastor a questão não é que eu puxe a sardinha para a minha brasa,veja bem o PSC jogando fora de casa faz algum tempo que não ganha e isto é uma realidade, o América jogando em casa este ano na serie C se salvo não mim engane ainda não perdeu, se analizarmos por este ângulo talvez você mude de opinião

    Curtir

  17. Pastor hoje dia 07 de Novembro comemora-se o dia do Radialista.
    A primeira emissora de rádio no Brasil foi fundada em 20 de abril de 1923, tendo como fundador Edgar Roquete Pinto, na Academia Brasileira de Ciências, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, com o prefixo PRA-A. Logo depois veio a Rádio Clube do Brasil PRA-B, fundada por Elba Dias.
    Em São Paulo/SP, a primeira Emissora foi a EDUCADORA PAULISTA, fundada em 1924, e em Belo Horizonte, a primeira rádio foi a RÁDIO MINEIRA, fundada em 30 de maio de 1936. Hoje, lamentavelmente, fora do ar. Mas, a primeira transmissão do Rádio foi no dia 07 de setembro de 1922, durante a exposição comemorativa do centenário da independência. O discurso do então Presidente da República, Epitácio Pessoa, além de ser ouvido no recinto da exposição, chegou também em Niterói, Petrópolis e São Paulo, graças à instalação de uma retransmissora no Corcovado e de aparelhos de recepção nesses locais. Hoje são milhares de rádios espalhadas pelo país, levando alegria , entretenimento e informação para um Brasil de audiência, e principalmente ao ouvinte que sempre fez do Rádio, seu grande companheiro.
    Sobre o Radialista
    LEI Nº 11.327, de 24 de julho de 2006
    Institui o Dia do Radialista.
    O PRESIDENTE DA REPÚBLICA
    Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
    Art. 1º Fica instituído, no calendário das efemérides nacionais, o Dia do Radialista, a ser comemorado no dia 7 de novembro, data natalícia do compositor, músico e radialista Ary Barroso.

    Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
    Bras ília, 24 de julho de 2006; 185º da Independência e 118o da República.

    LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
    João Luiz Silva Ferreira
    Na época, quando fundou a primeira emissora de Rádio do Brasil, não existiam escolas para formação de Radialistas. Foram os Radiamadores os primeiros locutores, por já possuírem experiência com microfones. Uma característica era fazer uma programação cultural, que consistia em música Erudita, conferência e palestras que não interessavam ao ouvinte. Na Era do Rádio, o grande astro era “Vital Fernandes da Silva”, o “Nhõ Totico”, que permaneceu no ar por 30 anos. O mais incrível é que nessa época ele apresentava dois programas ao vivo e totalmente improvisados. Nos dias de hoje, com um ouvinte mais exigente, o radialista precisa de muita técnica e ter um padrão que se identifique com cada emissora.
    Mas o ponto em comum entre eles tem que ser o carisma. Dentro de cada Radialista existe um inexplicável sentimento de dedicação e o interesse pelo que faz. Só o idealismo não é o suficiente, existe a necessidade do talento. Com milhares de bons Radialistas espalhados pelo Brasil, o Rádio é hoje rico, oferecendo boas opções para aquele que merece todo o nosso respeito: o ouvinte. O Radialista é um sonhador, um apaixonado que faz parte do cotidiano das pessoas.

    Curtir

  18. Meus parabéns ao Castelinho, meu pai, o mais antigo radialista em atividade e ainda é sindicalista. Com diria o finaldo Walter Bandeira (seu amigo) com toda irreverência que Deus lhe deu: o velho ainda não está de camisola. Rs. Um abraço também ao primo Dilermando da RBA, o nosso velho “Dila” do bigode, que nos velhos tempos da Marajoara era conhecido como “Tuiuiu”.

    Curtir

  19. Ô Cassio querer comparar Belém com Lucas do Rio Verde, é duro hein!
    Belém 1 milhão e meio de habitantes X LRV 45 mil habitantes.
    Belém 395 anos X LRV 23 anos.

    Seria como um comparar uma pessoa que mora em quarto com outra que mora em uma casarão, se for fazer as contas na média pode ser que o morador do quarto tenha um IDH melhor.

    Na verdade há várias cidades melhores que Belém, mais pra quem ama Belém ela sempre será a melhor de todas.
    É claro que devemos lutar para que ela melhore, mas isso não é tão fácil, mas um dia a gente chega lá, se não eu, mas pelo menos meus filhos ou netos verão esta cidade.

    Apesar de ter quase 400 anos, Belém é uma cidade que precisa de “acabamentos” ( se é que já chegamos nesta fase )
    e isso pode durar anos.

    Veja Cassio que até na educação o trabalho pode ser demorado, pois até “nossos vandalos”, terão que passar por este processo, já que a prefeitura coloca lixeiras, aí em dias muitas delas são danificadas ou quebradas, bem diferente creio eu de outras cidades mas desenvolvida neste aspecto.

    Eu com 36 anos sou consciente que minha Belém, apesar de morar em Marituba, ainda vai demorar a ser um luxo, anos concerteza, mas um dia será!
    Enquanto isso como diria aquele grupo de pagode, amo ela mesmo sendo um a “cabloca desajeitada e pequenina”.

    * Fiz este comentário porque Belém não merece ser todo tempo DEPRECIADA por gente de fora e daqui também.

    Curtir

  20. Sobre o bem lembrado dia do radialista, além dos atuais, como Claudio Guimarães, Jorge Luiz ( o garotinho que o sabe o que diz ), Guerreirão e tantos outros.
    Lembro também do homem do neca do neca, Jaime Bastos, o narrador que tinha a cara ou a voz do Paysandu, Beraldo Frances e o Oti Santos lá de Santarém.

    E como esquecer de Theodorico Rodrigues ( goooooooooooooool leeegiiiiiiiiitimooooooooooooooooooooo).

    Almir Silva ( alô alô interior), Oséias Silva Paysandu, Jurandir Remista Bonifácio.
    Adamor Filho e Eloy Santos, quando as tardes tinha conteúdo.

    Quando gostava de carnaval e era fervoroso apreciador da escola de samba ARCO-IRIS, lembro do Orlando Santos que desde agosto já botava quente, hoje o caranaval acabou.

    Por ter morado muito tempo na minha Soure querida, me indetifiquei muito com o rádio e até hoje sou.

    PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  21. Édson, nossa cidade tá ficando pra trás há muito tempo. Infelizmente, essa realidade é insofismável. Em relação ao dia do radialista, vamos lembrar também do José Artheiro, o “homem da madeira”, hoje escritor e poeta. Costa Filho, Zé Travassos, Cavalcante, Paulo Sérgio homens que fizeram a era do rádio em nossa planície.

    Curtir

  22. O Paysandu jogando fora de casa e sempre difícil a gente esperar por uma vitoria.Mas contra o America e diferente,na história possuímos mais vitorias do que derrotas jogando no Rio Grande do Norte.Da pra ganhar lá e surpreender a todos,só to preocupado com o nosso saldo de gols que e o pior de todos do grupo.

    Curtir

  23. Não acredito que o CRB possa facilitar tanto assim para o America, um empate talves sim, mais uma vitória do Amarica muito improvável, agora depois que isso acontecer o CRB pode tentar jogar com um time misto para poupar alguns jogadores e facilitar a vida dos proximos adversários.

    Curtir

  24. Gerson, as figuras sao carimbadas..rsrrs…um é ”barra pesada” e outro..bom o outro é um dinossauro da narracao esportiva paraense…rsrsr…ambos amigos, companheiros de empresa…rsrsr..”sao essas coisas que eu nao entendo”…

    Curtir

  25. Eu prefiro hoje o Jones Tavares, o Ronaldo Porto, ou ate mesmo o Caxiado, para narrar os jogos do Papão. Todos estes citados, não são nem um pouco parciais e tendenciosos. Te dizer!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s