STJD mantém resultado de Fortaleza x CRB

Por maioria de votos, o Pleno do STJD negou provimento ao pedido de anulação do jogo Fortaleza x CRB, válido pela primeira fase da Série C, sobre o qual pesam suspeitas de manipulação do resultado em favor do time cearense. O tribunal também rejeitou pedido de suspensão para o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca. Além disso, foi alterada, para menos, a multa de R$ 20 mil que havia sido imposta ao CRB, que agora pagará somente R$ 10 mil. O STJD deu também provimento parcial ao Fortaleza, reduzindo a multa de R$ 25 mil para R$ 21 mil. Por unanimidade, o jogador Carlinhos Bala (Fortaleza) foi absolvido da suspensão de 6 partidas e multa de R$ 10 mil. E foi mantida a absolvição do jogador Maizena (CRB).

Paissandu viaja com escalação definida

Alexandre Fávaro; Claudio Allax, Marcio Santos, Leandro Camilo e Fábio; Vanderson, Daniel, Luciano Henrique (foto) e Robinho; Rafael Oliveira e Héliton. Esta é a escalação do Paissandu definida pelo técnico Andrade para o jogo de domingo, em Lucas do Rio Verde (MT), contra o Luverdense. A delegação viaja na madrugada (3h30) desta sexta-feira. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

IFFHS: Santos é o melhor entre brasileiros

A Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS) divulgou nesta quarta-feira um novo ranking mundial de clubes liderado pelo Barcelona e com alguns novos disparates envolvendo clubes brasileiros: o campeão sul-americano Santos é apenas o terceiro colocado na América do Sul. Campeão da Libertadores neste ano, o Peixe aparece apenas na 10ª colocação sendo superado na América do Sul por Vélez Sarsfield, da Argentina, e Universidad Católica, do Chile.

A lista põe o Barcelona com 335 pontos na primeira colocação com um recorde de 38 edições na liderança, enquanto o Real Madrid aparece na segunda posição com 309 pontos, tendo sido o melhor do mês de outubro de acordo com a entidade. À frente do Santos ainda aparecem Manchester United (ING), o Porto (POR), o Schalke 04 (ALE), Manchester City (ING) e Bayern de Munique (ALE).

Outra curiosidade da nova lista: sem ter vencido nenhuma partida no mês de outubro, o Palmeiras aparece à frente dos rivais Corinthians e S. Paulo na lista. O clube treinado por Felipão, que era 52º na última lista divulgada, agora aparece em 125º, o suficiente para superar o Corinthians, que é apenas o 137º colocado, e o São Paulo, que aparece na 141ª posição. O Palmeiras aparece empatado com clubes estrangeiros de pouca expressão como Nacional (PAR), Partizan Belgrado (SER), Cerezo Osaka (JAP) e Genk (BEL). O melhor brasileiro da lista após o Santos é o Internacional, que ocupa a 28ª colocação ao lado de Chelsea (ING), Bayer Leverkusen (ALE) e Independiente (ARG), enquanto o Vasco é o 38º e o Grêmio figura na 39ª posição empatado com Fulham (ING) e Valência (ESP). Na briga contra o rebaixamento no Brasileirão, o Cruzeiro é 50º colocado e aparece à frente de clubes que disputam o título nacional como Fluminense (56º), Flamengo (105º) e Botafogo (114º).

Veja o ranking abaixo com a pontuação de cada clube:

1. Barcelona (ESP) – 335 pontos

2. Real Madrid (ESP) – 309

3. Manchester United (ING) – 280

4. Vélez Sarsfield (ARG) – 263

5. Porto (POR) – 251

6. Schalke 04 (ALE) – 250

7. Manchester City (ING) – 235

8. Bayern de Munique (ALE) – 233

9. Universidad Católica (CHI) – 228,5

10. Santos – 228

28. Internacional – 176

38. Vasco – 164

39. Grêmio – 162

50. Cruzeiro – 155

56. Fluminense – 152

105. Flamengo – 120

114. Botafogo – 118

125. Palmeiras – 114

137. Corinthians – 109

141. São Paulo – 106

146. Coritiba – 104

179. Ceará – 94

226. Avaí – 82

239. Atlético-PR – 80

277. Figueirense – 74

292. Atlético-MG – 74

307. Atlético-GO – 70

Coluna: Três brigam por uma vaga

A vitória sobre o Luverdense garantiu ao CRB a condição de terceiro clube classificado para a disputa da Série B 2011 – antes dele, já estavam com passaportes garantidos Joinville e Ipatinga, que estão na outra chave. O acesso foi obtido em Maceió num jogo difícil, vencido por 1 a 0 e com várias chances de gol desperdiçadas pelo time matogrossense. Projeções matemáticas indicam que 10 pontos representam 98% de chances de classificação. A realidade do grupo E indica que o clube alagoano já conquistou o acesso.
Ao Paissandu, interessado direto no confronto de ontem e que torcia pelo empate, o resultado permite duas leituras. A primeira: a briga fica restrita a três times e a torcida passa a ser para que o CRB, nos dois jogos que lhe restam, atue com afinco e vença tanto América (em casa) quanto Luverdense (fora).
A segunda: o representante de Mato Grosso não é a carne assada que alguns apressados imaginavam. Apesar dos aperreios para formar a equipe, apresentou-se bem no estádio Rei Pelé e em muitos momentos foi superior ao CRB. Com mais sorte podia ter saído até com a vitória.
Segue valendo, para o time paraense, a obrigatoriedade de conseguir duas vitórias e um empate para se garantir na Segundona do ano que vem. Com isso, derrotar o Luverdense, domingo, torna-se missão imperiosa para alcançar esse objetivo, até para não ser obrigado a vencer o encardido compromisso final, longe de casa, contra o América.
A trajetória do Paissandu a partir de agora está diretamente associada ao comportamento do CRB. Caso o time de Aloísio Chulapa mantenha o ritmo atual, buscando chegar à final da Série C, pode atrapalhar os passos de América e Luverdense. O time potiguar tem quatro jogos por fazer, mas está a dois pontos do Paissandu. Caso sofra dois tropeços, sai da briga.
A essa altura, pesando todas as possibilidades, indiscutivelmente o perigo maior é representado pelo Luverdense. Com três jogos em casa e dois fora, é um concorrente mais temível que o América. Daí a imensa importância do confronto de domingo. 
 
 
Sob aparente calmaria, Andrade prepara o Paissandu para encarar o Luverdense de Lisca. A definição natural da dupla de ataque (Rafael Oliveira e Héliton) talvez seja o ponto mais positivo do desligamento de Josiel, até então titular da camisa 9. Eterno suplente, Héliton tem a excepcional chance de confirmar as expectativas da torcida.   
 
 
O São Raimundo comemorou, no dia 1º de novembro, a conquista do título brasileiro da Série D 2009. Para marcar o segundo aniversário, colaboradores do clube programaram para domingo (6) uma confraternização na sede da Associação dos Magistrados, em Ananindeua. Sob a coordenação de Miguel Garcia Reis, haverá futebol, churrasco e homenagens a baluartes do alvinegro santareno, inclusive ao saudoso Tonhão, que foi uma espécie de representante informal do Pantera em Belém, quebrando inúmeros galhos. 
 
 
O craque Palmério Dória avisa que está lançando o livro “Crime de Imprensa” (Plena Editorial), o primeiro a se debruçar sobre a cobertura das eleições presidenciais de 2010 pela grande mídia. A célebre história da bolinha de papel atirada sobre a cabeça do candidato José Serra é o abre-alas da obra, que é co-assinada pelo lendário Mylton Severiano.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quinta-feira, 03)