Tribuna do torcedor

Por Lisis Neto (lisis.neto@gmail.com)

Infelizmente, sócios proprietários como eu, que herdei o título do meu avô (título n° 0448), e que pago anuidade do mesmo (sendo q meu plano é mensal e ainda contribuo na conta de luz), não tenho direito a meia entrada, eu gostaria de saber qual a vantagem de ser um sócio do Paysandu, visto quem apenas os sócios do plano SÓCIO FIEL TORCEDOR são contemplados com o direito da meia entrada, e os outros sócios? que vantagem tem ser sócio e contribuir com o clube? Muitos falavam mal da administração do ex-presidente Arthur Tourinho, mas na época dele o sócio não era discriminado por tipo, todo sócio tinha direito a meia entrada, o sócio era valorizado e respeitado. Hoje em dia, a atual administração, não se preocupa com os sócios, só visa dinheiro, não se interessa na opinião ou no respeito de quem contribui com o clube, só querem saber se o sócio está pagando. Isso me deixa frustrado e decepcionado, pois o maior patrimônio do clube é o sócio, é aquele que está no dia a dia suando e lutando pra juntar dinheiro pra sustentar a família e mesmo assim, ainda contribuir com o clube do coração. A atual administração deveria seguir exemplos positivos, como o do Internacional, que hoje é um dos maiores clubes em número de sócios. Tem que se acabar com essa mentalidade pequena, pois administrações passam, e o Paissandu fica ai eternamente!

Papão escalado para pegar o América

Edson Gaúcho já escalou o Paissandu para o jogo de domingo, às 16h, contra o América (RN): Alexandre Fávaro; Sidny (foto), Márcio Santos, Camilo e Rodrigo Cardoso; Sandro, Daniel, Juliano e Luciano Henrique; Josiel e Rafael Oliveira. Esta foi a equipe que terminou os treinos desta sexta-feira. Héliton foi um dos destaques, marcando dois gols pelos reservas. Gaúcho, em entrevista ao Cartaz Esportivo da Rádio Clube, disse que Tiago Potiguar está descartado do jogo porque “não aguentou o ritmo dos treinos físicos”. O meia-atacante teve baixa de resistência e contraiu amigdalite. O técnico ainda acrescentou que vai reforçar a alimentação de Potiguar, que, segundo ele, pode estar se alimentando mal em casa. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

Uruguaio já integrado ao elenco do Papão

O volante uruguaio Mariano Rubbo, ex-jogador do Criciúma, já está integrado ao elenco do Paissandu e à disposição do técnico Edson Gaúcho. Ele chegou na quinta-feira e foi a última contratação do Paissandu para a campanha na Série C. É uma indicação do treinador, que o define como um “jovem jogador, de muita fibra e disposição, no estilo certo para o atual time do Paissandu”.

Esgotados os ingressos para treino da Seleção

Estão esgotados os ingressos para o treino aberto ao público que a Seleção Brasileira fará no estádio Edgar Proença na segunda-feira, 26, às 18h. Para adquirir o ingresso, era necessário doar 1 quilo de alimento não perecível. Os portões serão abertos às 15h, apenas para os torcedores que fizeram a troca antecipada de alimento por ingresso. A organização do Superclássico das Américas ressalta que apenas as pessoas com ingressos trocados terão acesso ao treino. A preocupação, inclusive da CBF, é evitar os tumultos registrados na última vez que a Seleção Brasileira veio a Belém, quando várias pessoas terminaram pisoteadas e feridas tentando assistir o treino do escrete no Mangueirão.

Esquartejamento em marcha

Do jeito como os separatistas pretendem fazer, eles ficam com 80% do Estado atual e o Pará passará a ser chamado de “Parazinho”! Interessante observar que a maioria dos defensores do esquartejamento não é paraense, embora tenham enriquecido aqui e exerçam mandatos (até na Câmara dos Deputados) representando o povo do Pará. O discurso desenvolvimentista que a frente do separatismo adota não encontra amparo na administração que alguns dos líderes já fizeram em prefeituras municipais. 

Além dos R$ 4 milhões mensais em prejuízos aos cofres públicos que os novos Estados acarretariam, cerca de 80% dos funcionários públicos do Estado do Pará seriam demitidos em massa, sendo que os novos Estados só poderiam fazer concurso em 20 anos. Enquanto isso, a casta de políticos ladinos ficariam no poder, desfrutando da mamata com seus apaniguados e aparentados. Conheça alguns dos principais interessados na divisão doPará e avalie se eles merecem crédito.

Giovanni Queiroz (PDT) – Natural de Campina Verde (MG). 

Mozarildo Cavalcante (Roraima) – autor do projeto de criaçãodo Estado de Carajás. 

Asdrúbal Bentes (PMDB) – Natural de Humaitá (AM).

Zé Geraldo (PT) – Natural de São Gabriel da Palha (ES).

Lira Maia (DEM) – Natural de Santarém.

José da Cruz Marinho – Natural de Araguacema (TO)
 
Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM) – Natural da Bahia, neto de ACM, o Toninho Malvadeza. 

Wandenkolk Gonçalves (PSDB) – Relator do projeto na Câmara dos Deputados.

Duda Mendonça – Publicitário e fazendeiro, envolvido no caso Mensalão.

Como diria o Anaice, maaasaaassiiiiimm…

Coluna: De olho nos números

A segunda etapa da Série C nem começou direito, persistem os riscos de cancelamento e já surgem as famigeradas projeções matemáticas quanto ao acesso para a Série B e classificação para a final do campeonato. No grupo E, que nos interessa diretamente, o Paissandu desponta com amplo favoritismo, segundo o Chance de Gol. Tem 80.9% de chances para o acesso e 49.8% para ser finalista.
O segundo classificado seria o Rio Branco, com 59.0% e 25.5%, respectivamente. O América (RN), com 57% e 24.2%, vem logo a seguir. O CRB, para os matemáticos do site, não tem a menor possibilidade de classificar ou ir à decisão.
Sou cabreiro com esses prognósticos. Já vi o mesmo Chance de Gol se atrapalhar todo para arranjar explicação plausível para a campanha de recuperação que o Fluminense fez há dois anos na Série A, escapando por milagre do rebaixamento. Existem também exemplos inversos, de clubes que pareciam a salvo e terminaram sendo rebaixados.
De qualquer maneira, trata-se de indicativo baseado na campanha e no histórico dos competidores. São cálculos, nem sempre precisos. Para o bem do próprio Paissandu, porém, acho prudente não ficar acreditando nesses números antes de a bola rolar.
Quanto à pontuação para obter o acesso e decidir o título, o Chance de Gol crava que com 16 ou 15 pontos um time se garante nas duas coisas. Com 14 ou 13 pontos, o acesso está no papo e as possibilidades de jogar a final são superiores a 91%.
Em resumo, a partir de 11 pontos é seguro comemorar a ascensão à Segunda Divisão. Abaixo disso, porém, o bicho pega. E aí vem a velha história de que ganhar todos os jogos em casa não é garantia plena de sucesso. Mais do que nunca, uma vitória fora de casa é fundamental para o Paissandu alcançar seu objetivo de subir à Série B. Levando em conta, é claro, que vencerá todos os seus jogos na Curuzu. 
 
 
Fazia muito tempo que o Botafogo não cedia três atletas à Seleção Brasileira. Acho que desde os anos 70 não via isso. Desta vez, Mano Menezes chamou Jefferson, Cortês e Elkeson, que é quase um paraense, visto que foi criado em Marabá.
Os tempos mudaram e hoje pouco significa ter tantos jogadores convocados, ainda mais para uma seleção caseira. De qualquer maneira, deu para encher de orgulho o velho coração botafoguense. Só espero que o trio não me faça passar vergonha perante a galera papachibé. Que as tradições da mítica Sele-Fogo sejam honradas.
A fase alvinegra é tão profícua que, de uma só vez, o clube cedeu não três, mas quatro jogadores. É que Sebastian Loco Abreu foi convocado por Oscar Tabarez para amistosos da seleção uruguaia.   
 
 
Direto do blog
 
“Técnicos de futebol em muitas coisas são iguais. Uma delas é não aceitar pressão de ninguém pra escalar jogador. E isso acaba sendo um complicador pro Tiago Potiguar, que, em minha opinião, é o melhor jogador do Paissandu. Se dependesse de mim, ele entraria no lugar do Luciano Henrique”.
 
De Édson Amaral, metendo-se a dar pitacos no time do Gaúcho.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta sexta-feira, 23)