Rio Branco vence e muda situação no grupo

Com um gol do volante Ismael, o Rio Branco derrotou o Luverdense neste domingo, no estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde, e deu importante passo rumo à classificação no Grupo A da Série C. O time acreano alcançou 13 pontos, chegou à vice-liderança da chave e decide sua sorte na competição recebendo o Paissandu em casa na próxima rodada. Já o Luverdense caiu para a quarta posição e praticamente se despediu do torneio, pois tem mais dois compromissos, mas só pode chegar a 13 pontos.

O Luverdense começou o jogo em cima do Rio Branco, tentando fazer o gol. Aos 5 minutos, Alan quase marcou. Disparou chute forte da entrada da área para grande defesa de Rafael Córdova. Fechado atrás, o Rio Branco tentava explorar os contra-ataques. A partida seguiu equilibrada até os 40 minutos quando Ismael, aproveitando rebote da zaga num escanteio, acertou um disparo da entrada da área marcando o gol acreano. 

Para o segundo tempo, o Luverdense veio completamente ofensivo, ciente da importância do resultado para seu futuro na competição. Logo de saída, Ray chutou de fora da área, mas Córdova voltou a aparecer bem. O time da casa demonstrava crescente nervosismo, facilitando a postura defensiva do Rio Branco, que conseguiu segurar o resultado até o final.

Botafogo, apesar da folga, se deu bem na rodada

Mesmo sem jogar no fim de semana, o Botafogo tem motivos para comemorar na 21ª rodada. Com a partida contra o Santos adiada, passando deste domingo para o dia 19 de outubro, o Glorioso perdeu apenas uma posição e tem a chance de igualar a pontuação do líder Corinthians. O Alvinegro carioca está na quarta colocação, com 37 pontos, a três do Corinthians. Se vencer o jogo que tem a menos, a equipe vai a 40 e também empata em número de vitórias com o Timão, 12. No entanto, ficaria com melhor saldo de gols, já que hoje as duas equipes também estão empatadas com 12. 

Santos e Botafogo não jogaram neste domingo, porque o time da Vila Belmiro teve três jogadores convocados para a seleção brasileira e pediu o adiamento. Pelo lado do Botafogo, Jefferson também estaria indisponível pelo mesmo motivo. A alteração da CBF feriu o regulamento. De acordo com o Artigo 14 do Regulamento Geral das Competições, a entidade precisa autorizar o apelo de um clube em um prazo de dez dias de antecedência. No caso específico, o comunicado só foi enviado na terça da semana passada.

Saudades do velho Nelson

“Ou a mulher é fria ou morde. Sem dentada não há amor possível.”

“A companhia de um paulista é a pior forma de solidão”.

“O homem começa a morrer na sua primeira experiência sexual.”

“Só os profetas enxergam o óbvio”.

“Toda unanimidade é burra. Quem pensa com a unanimidade não precisa pensar.”

“Tarado é toda pessoa normal pega em flagrante”.

“Toda mulher gosta de apanhar. Todas não, só as normais.”

“Hoje é muito difícil não ser canalha. Todas as pressões trabalham para o nosso aviltamento pessoal e coletivo.”

“O marido não deve ser o último a saber. O marido não deve saber nunca”.

“Amar é ser fiel a quem nos trai.”

Águia vence e retoma liderança do grupo A

O Águia derrotou o Araguaína (TO) por 2 a 1 na noite deste sábado e retomou a liderança do Grupo A da Série D, com 13 pontos. Mendes, logo aos 30 segundos, abriu o marcador para o Águia, mas o time visitante equilibrou as ações no primeiro tempo e passou a buscar o empate. O gol do Araguaína aconteceria aos 33 minutos, através do atacante Éder, que aproveitou um vacilo da defesa. Animado, o Araguaína manteve a pressão e quase fez o segundo gol. Vaiado pela torcida, o Águia voltou com outra disposição no segundo tempo. Num jogo ríspido e de muitas faltas, o meia Flamel acabou lesionado. O técnico João Galvão lançou Marquinhos Marabá, tornando o Águia mais ofensivo. Depois de muito pressionar, o Azulão chegou ao desempate, aos 29 minutos. Mendes, desviando de cabeça um cruzamento na área, marcou o segundo gol. Foi o penúltimo compromisso do Águia nesta fase da competição. No próximo fim de semana, o time folga e volta a jogar na rodada final enfrentando o Luverdense em Lucas do Rio Verde.

Renda: R$24.375,00, com público de 1.352 pagantes.

Águia: Marcelo Cruz; Sinésio, Roberto, Charles e Rairo; Danilo Goiano, Analdo, Flamel (Marquinhos Marabá) e Alan Taxista; Peri (Vânder) e Mendes. Técnico: João Galvão.

Araguaína: Ruan; Anderson, Dido, Rodrigo Feltri (André) e Paulão; Marquinhos, Paulo Roberto, Lê e Jocion (Joãozinho); Dângelo e Éder. Técnico: Serginho.