WikiLeaks: os “amigos” dos EUA no Brasil

Por Altamiro Borges

Os novos documentos do serviço diplomático dos EUA vazados pelo WikiLeaks ainda vão dar muito o que falar. Traduzidos, eles serão um prato cheio para a crítica demolidora da blogosfera progressista – já que a mídia colonizada evita repercuti-los – e servirão também de fonte para futuros estudos acadêmicos sobre as complexas relações Brasil-EUA.

Entre outras questões, os documentos vazados servem para quatro reflexões iniciais:

1- Como já afirmou Julian Assange, o criador do WikiLeaks que é vítima de brutal perseguição do império, eles comprovam que o serviço diplomático dos EUA virou, na prática, um centro de espionagem. Embaixadores, cônsules e outros serviçais até parecem agentes da CIA. Eles bisbilhotam a vida das pessoas (inclusive do secretário-geral da ONU, investigado por ordens diretas de Hillary Clinton), coletam dados para favorecer a “guerra comercial” das multinacionais ianques e tentam interferir nos rumos de países “soberanos”. Em outro contexto histórico, os diplomatas dos EUA simplesmente seriam expulsos dos países espionados.

2- Apesar de decadente e em crise, o imperialismo estadunidense continua bastante ativo e agressivo – o que deveria servir de alerta para alguns que acreditavam que ele já nem mais existia. A diplomacia dos EUA, como não poderia deixar de ser, visa unicamente manter os interesses econômicos e políticos do império. Ela monitora tudo o que ocorre no mundo, em especial nos países mais estratégicos na geopolítica mundial. Neste sentido, o Brasil é alvo de permanente espionagem. Como sempre enfatiza Samuel Pinheiro Guimarães, ex-secretário-geral do Itamaraty, o nosso país desperta forte cobiça por sua dimensão continental, densidade populacional, capacidade produtiva e reservas naturais. Não se deve subestimar seu potencial – e os EUA sabem disto.

3- Os memorandos vazados pelo WikiLeaks também confirmam que os EUA mantêm intimas ligações com a direita entreguista do Brasil – o que já é fartamente conhecido na história. Apesar de o governo Lula ter mantido “relações cordiais” com o império, este nunca tolerou a sua política externa mais altiva – como na prioridade ao Mercosul ou na rejeição ao golpe militar-ianque em Honduras. Não é para menos que a diplomacia estadunidense sempre privilegia o contato com a oposição demotucana, conforme relata Natalia Vianna, representante do WikiLeaks no Brasil (leia aqui). Nas eleições de 2010, ela voltou a manifestar simpatia por José Serra, o candidato demotucano que prometeu que “como presidente iria pressionar por uma política externa mais alinhada com os EUA”, segundo um dos telegramas enviados pelo consulado de São Paulo à Casa Branca.

4- Mas os EUA não têm “amigos” apenas nos partidos de direita com complexo de vira-lata. O risível nos últimos documentos do WikiLeaks é que eles confirmam a relação promíscua de setores da mídia “privada” com o império. Num dos memorados há o relato da reunião, em 12 de janeiro último, do cônsul dos EUA com um “importante colunista da revista Veja, Diogo Mainardi”. Ele explica como, a partir de uma “conversa com José Serra”, escreveu sua coluna propondo o nome de Marina Silva como vice na chapa da oposição – para “contrabalançar a atração pessoal que Lula exerce sobre os pobres”. Outro descreve a conversa do cônsul, em 21 de janeiro, com Merval Pereira, colunista do jornal O Globo, que aposta que o ex-governador mineiro aceitará ser vice do ex-governador paulista e que “uma chapa Serra-Neves” seria imbatível. Após a leitura dos documentos fica a dúvida se estes e outros “calunistas” da mídia são cabos-eleitorais da direita, que escrevem sob o seu soldo, ou meros “amigos” dos EUA.

6 comentários em “WikiLeaks: os “amigos” dos EUA no Brasil

  1. Vivemos em uma sociedade “democrática” cada um que escolha seu lado. E assumam as responsabilidades. E depois não venham desmentir – usando dos velhos chavões. Todos esses nano-lacerdas (não só Merval e Diogo Mainardi) devem ser amplamente expostos e desmascarados.
    Recomendo, para leitura e reflexão, o livro deste mesmo Miro “A Ditadura da Mídia”, Editora Anita Garibaldi.

    Curtir

  2. Parece que de 1964 para cá não mudou muita coisa.Para quem não sabe os EUA deram total apoio á famigerada ditadura militar,até tinham um plano para dar apoio militar aos golpistas caso fosse necessário um conflito armado para a derrubada da Jango,conflito esse que não ocorreu porque João Goulart decidiu não resistir ao golpe.

    Curtir

  3. Gerson a coluna desse sujeito Diogo Mainardi na revista Veja chega a causar nojo, pois semanalmente ele só faz detonar o PT em sua coluna, por motivos escusos. Pq um colunista a varios anos, toda semana só escreve sobre o mesmo assunto, que é desmoralizar o Lula e seu partido?

    Não sei como ainda tem gente que acredita em alguma coisa que esse colunista “balela” escreve.

    Gerson vc já viu o documentario “Muito além do Cidadão kane” ?

    Curtir

  4. ELE O DIOGO FALA DO PT TODA SEMANA PARA VER SE OS COITADOS DO NORTE E NORDESTE APRENDEM ALGUMA COISA.MAS PELO JEITO É IGUAL A MIM AQUI NO BLOG ….ESMURRAR PONTAS DE FACAS .O EPISÓDIO DO GOLEIRO FAVARO ME DEU RAZÃO E NENNHUM COMENTARISTA QUE ESTAVA ERRADO FOI HOMEM PARA POSTAR DANDO MÃO Á PALMATORIA …O DIOGO É UMA EXCEÇÃO E OS QUE NÃO ENTENDEM SÃO UNS COITADOS QUE MORRERÃO COITADOS…COMO A PUTA DA RUA…COMO O LIVRO O “NOME DA ROSA” EM QEU A PUTA MAIS FAMOSA É A FALTA DE LEITURA…COITADOS DE VCS BRASILEIROS DO NORTE QUE NÃO ENXERGAM AS COISAS ,COM RARISSIMAS EXCEÇÇÕES ,CLARO QUE EXISTEM…AINDA BEM QUE QUE EXISTE EXCEÇÃO…ETA FERRO,ETA POVO BURRO…E AINDA FALAM MAL DE QUEM TENTA ABRIR SEUS OLHOS…TEM MAIS É QESOFERER MESMO …

    Curtir

    1. Pelo amor de Deus amigo Alonso. Apontar falhas do PT é algo extremamente redundante, haja vista que o Partido dos “Trabalhadores” há muito não é mais o Partido dos Trabalhadores. Mas dar créditos a Diogo Mainardi, Reinaldo Azevedo e outros serviçais colonizados (o termo é este mesmo) é no mínimo desconhecer o histórico destes “jornalistas”, da revista em que eles publicam suas “matérias” e do alinhamento político de ambos aos setores mais retrógrados da política nacional.

      Curtir

      1. E os inteligentes de SP elegeram o Tiririca!
        Mas, mesmo assim, o Alonso acha que sabe de tudo.
        Desculpa cara, mas la tambem tem suas excessoes!
        Pensa antes de escrever!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s