Robinho briga com a Nike e perde vez na Seleção

Por Cosme Rímoli

Robinho e Nike brigam na Justiça.

A principal patrocinadora da Seleção Brasileira continua sendo a empresa norte-americana. O motivo do desentendimento é a renovação de contrato, que terminou em dezembro de 2010. Matéria na Folha mostra que há dois textos. Um em português e outro em inglês. Robinho teria de se reunir com a direção da Nike para acertar a renovação.

Isso no documento em português. Já a renovação seria automática em inglês. De acordo com a apuração da Folha… A justiça decretou que a Nike tem razão. E contrato tem de ser cumprido, renovado automaticamente. Se o jogador não usar material esportivo da empresa terá de pagar 300 mil euros por dia, como multa. Cerca de R$ 690 mil a cada 24 horas.

Mas os advogados do atacante estão recorrendo… As partes estão mais furiosas. Robinho está revoltado. A briga se tornou pública. E o capitão da Seleção de Mano Menezes não foi chamado para enfrentar a Escócia… Sim, porque ele vinha sendo convocado por Mano normalmente. Mesmo quando essa briga se tornou pública. Agora, tudo mudou…