Coluna: Encontros e desencontros

Remo, Paissandu, Independente e Cametá estão nas semifinais da primeira metade do campeonato. Com justiça. São os times mais regulares da competição e apresentaram peças individuais mais eficientes. O que o campeonato apresentou de bom até agora deve, em grande parte, a essas equipes.
Nem tudo é tão perfeito, porém, principalmente quando o assunto é bola. Remo e Paissandu, que aparecem na ponta da tabela, têm problemas sérios e inteiramente opostos. O Remo padece com a falta de especialistas no ataque. Eles até estão lá, são escalados, mas não funcionam. O Paissandu sofre com a trôpega defesa, que não se entende, apesar das sucessivas trocas de jogadores.
Na rodada de ontem, o Remo apresentou um time muito modificado – ausências de Marlon, Paulo Sérgio, Tiaguinho e Luís André –, mas conseguiu passar pelo Independente. Com dificuldades.
Criou muitas jogadas no meio-campo, cercou a área e envolveu o adversário, principalmente no tem final. Mas é verdade também que sofreu contragolpes fulminantes, podia ter levado gol, caso Marçal aproveitasse as boas chances criadas no primeiro tempo.
A vitória veio em jogada individual do meia Fininho quando o jogo já entrava naquele estágio perigoso entre a pressa e a necessidade. Aliás, os meias sempre salvam o Remo. Quando isso não acontece, zagueiros e volantes se encarregam da tarefa que seria do ataque.
Em sentido inteiramente inverso, o Paissandu funciona bem do meio pra frente, mas não arranja jeito de se arrumar atrás. A começar pelo gol, onde estranhamente Sérgio Cosme continua prestigiando Nei, tendo Fávaro no banco. O miolo de zaga, ontem com Hebert e Ari, teve vários apagões e acabou permitindo três gols. Como o ataque só conseguiu fazer dois, o Paissandu perdeu. 
Repito o que já comentei durante a semana. É fato que os zagueiros de área falham, mas o problema defensivo do time é maior que eles. Erros se repetem porque o setor de proteção está sobrecarregado pelas deficiências dos laterais. Sidny abusou de errar passes contra o S. Raimundo e Brayan foi envolvido pelo rápido ataque santareno.
Mais à frente, Sandro não tem fôlego para ajudar os dois volantes marcadores, Alexandre Carioca e Billy. Vânderson entrou perdido e saiu sem dizer a que veio. Por tudo isso, pode-se dizer que é uma profissão perigosa ser zagueiro do Paissandu.
 
 
A seleção da sétima rodada teve como principal destaque o defensor Jardel, do São Raimundo, excelente tanto na defesa quanto no apoio. O time ficou assim: Léo Rodrigues (CR); Diego Barros (CR), Bruno Oliveira (Tuna) e Jardel (SR); San (CR), Wilson (CAM), Renato Medeiros (SR), Fininho (CR) e Alex Oliveira (PSC); Sató (SR) e Mendes (PSC).

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 28)

19 comentários em “Coluna: Encontros e desencontros

  1. Diretoria do Remo tem correr atrás de um camisa 9. Acredito que o TUTA poderia ser uma boa.

    Agora o Pardal me lembra muito o Zé Soares.

    Curtir

  2. Pelos não pintou zebra como no ano passado em que o SR numa sorte enorme se classificou tirando times um pouco melhores. Quer dizer, regulares.

    Curtir

  3. De fato, o Clube do Remo tem de contratar urgentemente um atacante que chame pra si a responsabilidade de marcar os gols da equipe. A maior exposição da zaga remista já era de esperar tendo em vista que só haviam 2 volantes e os 2 meias de criação e os 2 atacantes foram um pouco mais liberados da missão defensiva que vinham tendo nos jogos anteriores, sem contar que esta foi a primeira vez que o novo esquema foi testado em rítimo de competição. Tomara que o técnico invista mais vezes neste novo formato, ou, caso pretenda insistir no esquema anterior, com tres volantes, ao menos mantenha o Fininho no time na função que era do Tiaguinho, dando-lhe um pouquinho mais de liberdade.

    Quanto ao paysandu, muitíssimo provavelmente os seus problemas defensivos têm raízes na proteção à zaga, mas os dois gols de cabeça do baixinho santareno devem ser creditados inteiramente à dupla de zagueiros, o segundo principalmente.

    Curtir

  4. Volto a tocar na mesma tecla para o ataque indico o Luciano Paraiba que está desempregado em sua cidade natal Campina Grande ou Quirino do Santa Cruz do RN

    Curtir

  5. E para a zaga do PSC indicaria o Everaldo do Icasa do CE e para quem gosta de curriculo o mesmo já defendeu Sport de Recife como também tem passagem pelo futebol Alemão

    Curtir

  6. Gilvan, o Alex Oliveira defendeu por duas temporadas clubes aí em Natal e gostaria de saber se jogava regulamente ou era esse cometa que hoje defende o Paissandú. Já não participará do proximo jogo por expulsão, mas na maioria das vezes a causa é contusão. Aguardo.

    Curtir

  7. Carlos Berlli,
    Só não percebe quem o Alex Oliveira, NUNCA disputará um REPA, ele ainda morre de amores por aquela equipe, ele é malandro demais, ontem, quando percebeu quem a barca tomava o rumo do brejo, ele provocou a expulsão, percebam.
    Por isso é que votei nele como o Chinelinho do primeiro turno do Parazão

    Curtir

  8. Carlos Berlli o Alex Oliveira quando atuou no futebol do RN mantinha uma certa regularidade sim, da mesma forma que o Ricardo Oliveira um outro veterano oriundo do futebol carioca que ainda atua pelo ABC tem uma certa regularidade, agora o Renatinho de atuou pelo Botafogo do RJ fica só na reserva e não é aproveitado e gerando despess ao ABC

    Curtir

  9. Em primeiro lugar, dar os parabens ao GN pelo seu aniversário ontem.
    Em segundo lugar, falar da satisfação que foi a eliminação da Tuna. Nada contra ela diretamente, mas a mesma comemorou e muito o empate. Durante todo jogo ficaram só lá atrás e não se expuseram achando q iam ganhar do cametá e levar. Quem joga assim, não deve mesmo se classificar.
    Em terceiro, todos estão jogando muita pressão nos atacantes do remo. Uma coisa é o cara ter várias chances e não fazer. Outra é o cara não ter chance alguma e ser cobrado por não fazer gols. O Frontini saiu daqui sem fazer gols e lá no modesto boa vista fez 6. Não é somente por agora jogar em um clube pequeno e sim pelo time criar chances pra ele fazer. Ontem, o ró perdeu um gol que foi a cabeçada e só. Também deve-se cobrar mais dos meias e do Comelli que treine mais jogadas para conclusão dos homens de frente. As jogadas que as jogadores vem de trás já sabemos que está funcionando, mas precisamos ter um leque maior de jogadas.

    Curtir

  10. Concordo com você, Allan. A maior impressão que fica é que o Ró não é um jogador tão incapaz, mas está pecando pelo excesso de ansiedade e, principalmente, pela falta de jogadas do time em função de seu atacante. Fato é que não se vê o Ró perder gols, mas como ele fica muito isolado, com o passar do tempo a tendência é tentar buscar jogo na intermediária. Aí, sabemos, isto só piora o rendimento, pois ele passa a perder bolas infantilmente e cansar em demasia. Não apostaria nele como a solução dos problemas, mas também não abriria mão do jogador antes de vê-lo desenvolver seu real potencial, isto é, fazendo ou perdendo gols.

    Curtir

  11. Gerson eu não posso garantir, mas potêncial eu acredito que ele tem sim e é um atleta relativamente barato eu arriscaria minhas fichas nele, já foi artilheiro do campeonato potiguar e campeão se salvo não mim engane duas vezes,uma pelo Assú e uma outra vez pelo Baraúnas de Mossoró e em falando em Baraúnas meu caro Gerson o mesmo contratou um atleta conhecido ai de vocês Paraenses o meia Jaime

    Curtir

  12. Sim Gerson e como você bem sabe o Tiago quando chegou ao PSC teve alguns cronistas esportivos que falaram que jogador do nivel do Tiago em Belém tinha em toda esquina e poderia trazer uma frota de bi-trem que dava para encher e sobrar material humano e ele só precisou de uma partida para estes mesmos cronistas mudarem de opnião

    Curtir

  13. O G. N É BOM, ,MAS TÃO BOM EM ANALSE TÁTICA QUE DEVERIA PARAR DE SER PETISTA…FATO QUE COMPROMETE SUA INTELIGENCIAe É TÃO GENEROSO QUE DIZ QUE O RPOBLEMA DA ZAGA N]ÃO É DA ZAGA….ÉCLARO Q ANO PASSADO PAULÃO E CAMILO ERAM TROCENTOS VEZES MELHORES…E NADA TEM A VER COM O APOIO DO MEIO.zaga RUIM MESMO…

    Curtir

  14. Gerson, só gostaria de parabenizar você pelo seu aniversario, estou usando esse espaço para que todos saibam, o quanto você e querido por todos nos, que os anos vindouros possam coroar você de pleno êxito, na família, no seu trabalho e em todos os setores de sua, mais uma vez parabéns! saúde, muitas felicidades. Deste também papa chibé daqui de Atlanta ( EUA). Que Deus te abençoe, e continue lhe dando sabedoria para dividir com todos nos esse espaço.
    HAPPY BIRTHDAY!!!!

    Desculpe o Atraso. Mas você merece.

    Curtir

  15. Lamento discordar, camarada, mas Camilo e Paulão também eram terríveis – vide o desastre frente ao Salgueiro. E, pela enésima vez, quero lembrar que não sou petista. Nada contra o partido, mas apenas uma questão de princípios profissionais. Fui e continuo a ser lulista, em função obviamente do soberbo governo do sapo barbudo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s