Paul elege show de S. Paulo como melhor da turnê

Paul McCartney escolheu o primeiro show que fez em São Paulo, no dia 21 de novembro, como o melhor que fez em 2010, ao lado da apresentação para o casal Obama na Casa Branca. A revelação foi feita neste sábado, em entrevista publicada em seu site oficial. Quando perguntado sobre o destaque do ano entre seus shows, McCartney respondeu: “eu escolheria dois. São Paulo, 65 mil pessoas. O primeiro show foi incrível. O público brasileiro adora música, e nós adoramos tocar para eles (…). Foi um dos melhores shows da minha carreira”. O músico também destacou a performance que fez na Casa Branca para o presidente Barack Obama e sua família. “Foi um show menor mas tão bom quanto (o de São Paulo)”, disse. “Tivemos uma noite ótima, então escolho esses dois”. A turnê de Paul passou pelo Brasil no final de novembro. Foram duas apresentações em S. Paulo (além da primeira que o ex-beatle destacou, houve um segundo show no dia 22 de novembro) e uma em Porto Alegre.  (Do iG)

Os shows no Morumbi foram realmente sensacionais. Plateia cantando junto todas as músicas, o que deve ter impressionado o velho Macca.

CNJ anula sentença de juíza paraense

Uma decisão tomada na sexta-feira (17), pelo Conselho Nacional de Justiça, colocou sob suspeita a juíza da 5ª Vara Cível de Belém, Vera Araújo de Souza. O CNJ suspendeu liminarmente decisão dada pela titular da 5ª Vara, que determinava o bloqueio de R$ 2,3 bilhões do Banco do Brasil, colocado à disposição da Justiça por conta de uma ação de usucapião de dinheiro supostamente existente em conta corrente de um particular. Foi a primeira vez que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), cuja função é controlar administrativamente o Judiciário, interfere em uma decisão judicial.

Segundo a ministra corregedora do CNJ, Eliana Calmon, a decisão da magistrada paraense foi derrubada porque extravasou a normalidade. “O CNJ não interfere nas decisões judiciais, mas isso é necessário quando o magistrado ultrapassa o limite judicial”. Segundo a corregedora, há indícios de que a manobra jurídica favoreceria uma quadrilha interestadual.

O montante teria sido depositado na conta de Francisco Nunes Pereira sem que fosse identificada a fonte depositária. Na ação interposta por Francisco, ele alegava que o dinheiro teria permanecido em sua conta por mais de cinco anos, e por isso ele teria direito adquirido. O Banco do Brasil, no entanto, detectou indícios de fraude no processo ajuizado por Francisco Nunes. Uma ação semelhante chegou a dar entrada no Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Na época, por solicitação do Banco do Brasil, foi determinada perícia nos documentos e detectada fraude na documentação apresentada. De acordo com a perícia, a documentação apontava falhas, como a informação de um número de matrícula inexistente.

A liminar foi solicitada pelo Banco do Brasil à Corregedoria Nacional de Justiça, sob a alegação de que, ao decretar o bloqueio, a juíza do Pará teria desconsiderado os laudos e a decisão judicial da Justiça do Distrito Federal que comprovariam a fraude, desrespeitado o princípio da prudência que integra os deveres éticos da magistratura.

Ao determinar o bloqueio a magistrada do Pará afirmou, na decisão, que teria sofrido “pressão de cima”, sem esclarecer a origem da suposta coação. Antes de recorrer ao CNJ, o Banco do Brasil recorreu ao Tribunal de Justiça do Pará, que manteve o bloqueio. O CNJ vai investigar a possibilidade de participação de magistrados na suposta fraude. (Com informações da Agência Brasil e DIÁRIO DO PARÁ)

Bota comemora 15 anos do título brasileiro

Do iG Esporte

Na última sexta-feira, o Botafogo completou 15 anos da conquista do campeonato brasileiro de 1995. Para homenagear os jogadores e integrantes da comissão técnica que participaram da conquista, o clube carioca organizou um encontro de fim de ano. O ‘Boteco 95’ acontece neste domingo, a partir das 12h, no estádio Engenhão. “Vai ser o maior encontro de fim de ano da história do Botafogo. A procura por ingressos está sendo intensa e todas as estrelas de 95 estão confirmando presença”, afirmou o Diretor de Marketing, Marcelo Guimarães.

Os ingressos, que também dão direito ao buffet e as bebidas, são vendidos por R$ 60 para sócios e R$ 70 para não sócios. Crianças menores de 12 anos não pagam. A expectativa da diretoria é de receber cerca de 800 pessoas. Além do encontro com os campeões de 1995, o Botafogo vai colocar em exposição o troféu da Taça Brasil de 1968, que deve ser unificado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), tornando-se o primeiro título nacional do clube.

O evento também será palco de um desfile moda. O fornecedor de material esportivo da equipe carioca lançará novos modelos de camisetas e outras peças para os torcedores. O grupo ‘Cariocas da Gema’ comandará a parte musical do encontro com uma roda de samba.

SERVIÇO
Evento: Boteco 95 – Uma Geração Gloriosa
Local: Topo do Setor Norte (Stadium Rio)
Estacionamento: Norte 2 (grátis)
Valor do Ingresso: R$ 70 (não sócios) – R$ 60 (sócios)
Criança menor de 12 anos não paga.

Os ingressos estão sendo vendidos em General Severiano, das 10h às 20h.  Nos postos credenciados abaixo relacionados, a venda se dará em função do horário de funcionamento dos estabelecimentos. De posse do ingresso, a camiseta convite será retirada, nos dias 17 e 18 em General Severiano ou no dia e local do evento,19 de dezembro, até às 12h.