Copa 2014: empreiteira prevê redução de sedes

O presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedito Barbosa da Silva Júnior, disse nesta terça-feira que diante das dificuldades de alguns Estados em viabilizar a construção de arenas, o número de cidades-sede da Copa de 2014 pode ser modificado. Silva Júnior destacou que esta é uma avaliação individual, que não faz parte do comitê organizador e nem de governo, mas disse que o número poderia ser reduzido para oito a dez cidades. A Odebrecht Infraestrutura participa da construção de quatro arenas para a Copa: a de Recife, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo. O executivo destacou que a Odebrecht só participa de projetos de arenas que julga que serão viáveis economicamente após a Copa.

“Não enxergo 12 sedes como viáveis, acho que ao longo do tempo vai se ajustar isso para oito ou dez sedes. Isso vai ser uma coisa natural. Parece algo chocante para as pessoas, mas alguns estádios vão ter dificuldade para sustentar os seus investimentos”, disse, confirmando as desconfianças generalizadas em relação ao projeto original de 12 subsedes. Ele afirmou ainda que diante de problemas estruturais, de licitação e de demanda após a Copa, os governos que estão investindo podem refazer os planos, mas esta seria uma decisão dos próprios governos.

Entre os exemplos de estádios que poderão enfrentar dificuldades, ele mencionou a arena de Natal, que teve a licitação suspensa. A cidade apresenta hoje uma nova proposta de parceria público-privada ao COL (Comitê Organizador Local). O deputado federal Silvio Torres (PSDB-SP), presidente da Subcomissão de Fiscalização da Copa de 2014, afirmou que o país deveria aproveitar a entrada do novo governo para renegociar os compromissos assumidos com a Fifa.(Com informações da Folha SP)

4 comentários em “Copa 2014: empreiteira prevê redução de sedes

  1. E Belém, nada!!!!!!
    Te contar, ô comissãizinha pilantra esse tal de comitê da copa viu?
    Se não eram viáveis, porque não escolheram Belém??

    Va-se a merda copa!!

  2. A chefona da comissao quando criança nao deve ter nem jogado peteca, Governos Municipal e Estadual separados, deu no que deu. Copa para nos paraenses soh na proxima encarnaçaoò.

  3. NÃO deveria ser ,mas a cada dia que passa a FIFA confirma sua trsnformação em interesses apenas financeiros,retorno e lucros economicos é o que interessa aos novos dirigentes da entidade.Belem poderia e deveria ser aproveitada por conta de possuir um estádio quase pronto .Algumas adaptações e o Mangueirão seria perfeito.A pista olimpica por exemplo deveria ser retirada e arquibancadas e cadeiras deveriam ser mais proxima do gramado,ENTRE OUTRAS COISAS .NO ENTANTO O QUE É PREOCUPA MESMO É ESSA VOCAÇÃO PRA NEGOCIOS ESCUSOS.A premissa da razão e sensibilidade perdeu terreno pra interesses comerciais…

Deixe uma resposta