Tribuna do torcedor (30/11)

Por Marlene da Silva (marlenebicolor@hotmail.com)

Olá Gerson, tudo bom?
Você percebeu? Nem bem foi confirmado por mais dois anos à frente da direção bicolor, eis que Luiz Omar mostra que nada será diferente. Sem fechar qualquer acordo com as partes envolvidas, anunciou os “nomes fortes” da diretoria de futebol, entre os quais, Ricardo Rezende e Paulo Romano. Hoje, os dois desmentiram.
Anunciou a volta de Givanildo Oliveira. Hoje vimos que não é bem assim. O contato foi feito há quinze dias com o técnico, sem que ele acenasse positivamente. Hoje, já se anunciava que Joãozinho Rosa está de “stand up” caso Giva não aceite a proposta bicolor. O que vocês acreditam que vai acontecer?
Pode ser que me engane, mas estou sentindo que Joãozinho está só esperando a ordem de passagem para desembarcar na Curuzu. O nome de Givanildo foi apenas, de novo, um engodo para acalmar a torcida e fazer frente à chapa opositora. Vão fazer o famoso teste no Paraense. Caso o técnico se saia bem, fica para a Série C.
Lembrem-se que o técnico atua no Santos e o LOP é doido pra negociar jogador do Paysandu. O primeiro que se destacar, quem sabe não será o Djalma (?), o cartola despacha para o clube peixeiro, alegando que não poderá ficar com um jogador insatisfeito no Paysandu e que o negócio foi muito bom porque poderá fazer isso e aquilo pelo clube.
E a diretoria de futebol? Alguém duvida que o Louro, o fiel escudeiro de LOP, estará de volta? Eu não poria minha mão no fogo. Disque o Paysandu será dirigido por um colegiado. Dá vontade até de rir. Até quando? Parece que estou vendo, se esse colegiado realmente chegar a se formar, em dois meses estará todo mundo pulando fora do barco.
Diante dessas perspectivas que tenho, por mais que eu não queira admitir, fica muito claro na minha mente que serão mais dois anos patinando na Copa do Brasil e na Série C. Quer apostar?

26 comentários em “Tribuna do torcedor (30/11)

  1. A sua análise é perfeita, Marlene. O nome de Givanildo pareceu ter sido um blefe para enganar os torcedores. Joãozinho nunca deixou de ser a bola da vez. Se confirmado, será um golpe na credibilidade já tão combalida desse presidente. Que grande erro foi ter recolocado esse cidadão no cargo! Se vier mesmo, Joãozinho será um mero olheiro do Santos pago pelo Paysandu. Não empolga qualquer perspectiva de que ele possa indicar jogadores ao time paulista: vimos que na gestão LOP o dinheiro das vendas de Fabrício e Moisés não apareceu. Por falar em Moisés, devido às irregularidades nos estatutos bicolores, os contratos assinados pelos últimos presidentes não têm valor. Desse modo, legalmente, Moisés não tem vínculo algum com o Paysandu. Não estou certo, mas o caso pode ser aplicado também ao Ganso, em caso de venda para o exterior.

      1. Será que falar a verdade é “Secar” ?…Eu acho que não. A Marlene analisou com muita propriedade, a situação que que todos nos já conhecemos e que vivemos,no dia a dia do clube. Aliás, que essa análise sirva de exemplo para muitos que usam esse tão importante espaço que nos foi doado, só para falar besteiras. Vou te contar..

  2. CAFÉ DA MANHÃ: Do Diario do Pará on line, 01/12/10

    Clube do Remo está fora da Copa do Brasil

    Quarta-Feira, 01/12/2010, 04:46:

    Após o complemento da 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, já foram definidos todos os participantes da Copa do Brasil 2011. Quer dizer, quase todos. Botafogo, Grêmio e Goiás brigam para não ficar com as duas últimas vagas que restam. Os três times ainda sonham com a participação na Libertadores do ano que vem.
    Como já era esperado, o Clube do Remo está fora da lista das 64 equipes que vão disputar a Copa do Brasil 2011, que deve começar no dia 16 de fevereiro. O Leão não ganhou nada este ano e ocupa a 27ª posição no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), sendo que até o 25º colocado, a Ponte Preta (SP), garantiu vaga. Por estes motivos, o Remo está fora da disputa.

    1. égua nemm copiar o mala sabe, esqueceu de copiar a melhor parte: Esta é a terceira vez em toda a história da Copa do Brasil que o Remo não participa da competição. O Leão havia ficado de fora somente em 1989, na primeira edição, e em 2007, quando perdeu a vaga para o Ananindeua. E mesmo quando não conquistou a vaga dentro de campo o Remo foi convidado em outras ocasiões pela CBF, mas desta vez isso não aconteceu.

      O Remo ocupa a 17ª colocação no ranking da Copa do Brasil, com 106 pontos. Com 20 participações, o leão é uma das equipes do futebol brasileiro que mais disputou a competição. Se no Campeonato Brasileiro da primeira divisão o Remo ainda é o time do Norte do país que fez a melhor campanha da história, na Copa do Brasil isto não é diferente.

      Em 1991, na segunda participação remista, os azulinos foram longe e terminaram a competição em 4º lugar. O Remo chegou às semifinais da Copa do Brasil, diante do Criciúma (SC), que na época era treinado por Luiz Felipe Scolari. Os paraenses não suportaram a força do time catarinense, que venceu as duas partidas: 1 a 0, em Belém, e 2 a 1, no jogo de volta. (Diário do Pará)

      enquanto a vergonha do Norte não passa da primeira fase kkkkkkkk chora mucura chora kkkk e não esquece do 33 kkkkk mala, vê se dorme um pouco kkkk

      1. O clone esqueceu de comentar que o classificado é somente o campeão e vice do estadual, e portanto o remo ficaria fora varias vezes, mas sempre os times paulistas disputavam Libertadores e abria vaga para o remo disputar a Copa Brasil

        E em 2003 o Paysandu deu a vaga pro remo pois disputaria a Libertadores hehehehehehe.

        Em 2011 não teve jeito

  3. Engraçado, Marlene, mas ontem ao ouvir os noticiários tive a mesma impressão, proncipalmente quanto à língua solta do nosso presidente.

      1. Hahahaha, essa foi boa. Mas não esqueça que AK já comemora o título estadual do futsal sub-11. Não é farinha pouca, o cara tem aura vencedora, obviamente.

    1. Antes de mais nada, quero dizer que nós do Blog já estávamos com saudades da amiga Marlene, assim como estamos das outras, como a Sandra Luz, Soraya,….
      – Quanto a sua coluna, é aceitável essa sua preocupação, mas por tudo que tenho lido e ouvido nos últimos dias, não tenho dúvidas que Givanildo Oliveira será o treinador do Paysandu. Ontem, Robson(Robgol) foi guindado a superintendência de futebol. Dizem alguns, que a mando de Giva. Penso, que com Givanildo, o LOP terá, a última oportunidade de se redimir à frente do Papão e para com o seu torcedor. Acredite, se o LOP trouxer o Giva e, deixar ele trabalhar, parando de se meter com jogadores e, dando carta branca ao treinador para montar o elenco, o Papão ganhará tudo em 2011 e, estará na série B de 2012. É a minha opinião.

  4. Haja especulação ! Estou acostumado com esses finais de temporada, e os ditos “Planejamentos” para o ano seguinte. Isso cansa, dá no saco, etc, etc, etc…….

  5. Acredito na reorganização do futebol bicolor, acredito que em 2011 teremos mais e muitas alegrias que o ano que se finda, acrdedito nos homens de bôas vontades isso se inclue a diretoria do meu papão, digo meu pois tem algumas pessoas nesse blog que não são verdadeiros bicolores, exemplo esse senhor de nome Antonio Lins, que acredito se for bicolor é um dos que gostam de fazer intrigas, não acreditam nos seres humanos e derrepente não acredita em ninguem nem nele proprio, não conheço o LOP, não tenho procuração dele, e muito menos sou sócio do paysandu, mas ou um torcedor que comparece aos jogos, que torce, vibra com as vitorias e que tambem fica chateado com dirigentes e jogadores quando nas derrotas, portanto a esses “torcedores” peço que deixem os homens de bôas vontades trabalharem pelo bem do papão, se vermos algo de errado nos verdadeiros torcedores seremos os primeiros a pedir a saida, vamos papão, vamos ser tri e subir a serie B em 2012, com fé em Deus, assim desejo a todos um feliz 2011…

  6. Em 2003 o rival só participou da Copa do Brasil por força da impossibilidade do Campeão dos Campeões faze-lo, posto estar ocupado disputando uma competição internacional. que todos bem sabem qual é.
    Orgulho de ser paraense. Orgulho de ser Paysandu.

  7. não tem mais como acreditar nesse senhor. Quem sofre? somos nós milhões de torcedores que não temos influência nesse processo eleitoral. Falo por mim não iriei mais ao estádio ver jogo da terceira divisão, basta! já me deixei enganar duas vezes por esse senhor não existirá terceira vez.

  8. Na verdade essa notícia é mais uma das vergonhas dessa gestão do Amaro. O Remo é recordista do norte-nordeste em participação nesse torneio e somente isso tem lhe favorecido no tal ranking da CBF. O fato de não ter ganho nenhum turno nessa fracassada gestão do Klautau levou a essa situação. Em 2010, o Remo só disputou a Copa do Brasil por conta da classificação do São Paulo ano passado para a Libertadores. Esse ano, nem o São Paulo ajudou. Parabéns ao Klautau por mais essa perda do Remo. Aliás, a gestão do Klautau ficará na história do Remo como “Já Teve”. Por outro lado, acho que os times do Pará não mercerem participar mesmo da Copa do Brasil, pois não se planejam e não ganham dinheiro com esse torneio. Não sabem aproveitar a oportunidade ultimamente única de disputar jogos com times da Série A, já que um não sai da Série C e o outro é analfabeto (não tem série). Ficam nessa mesmice de campeonato paraense bereré e fracassado. A realidade é que o futebol do Pará acabou. Acho que o Simão Jatene deveria rever esse contrato com o Banpará e acabar de subsidiar gestões incompetentes.

    1. Pois é, amigo Cássio. E ainda aparecem alguns mentecaptos para defender, ardorosamente, a “gestão” de AK, o estadista. Te dizer…

  9. O FUTEBOL PARAENSE NÃO ACABOU ,MAS VAI ACABAR se continuar com essa mesma filosofia amadora.QUANTO AO OMAR CREIO QUE ELE PODE ATÉ MODIFICAR UNS DEZ POR CENTO DE SUA FORMA DE SER E DE ADMINISTRAR E SOMENTE ISSO.O QUE NÃO É BOM PARA O CLUBE POSTO QUE SÓ HAVERÁ PROGRESSO QUANDO HOUVER UMA GESTÃO DESCENTRALIZADA E QUE PLANEJE PELO MENOS UM ANO.POR EXEMPLO ; uma ala da diretoria poderia estar planejando DESDE JÁ todos os passos pra disputa da serie C ,levando em consideração já saber contra quem vai jogar.Além disso o futebol paraense é pródigo em SUBESTIMAR seus atletas.Há pelo menos uns 5 ou mais jogadores com qualidade tecnica pra defender o papão,faltando apenas uma burilação e um preparo tecnico mais especifico como o latela LIMA do PFC ou O atacante LEandro.Daqui há pocuo o cara tá se destacando no botafogo ou no PALMERIAS e alguem diz “mas é paraense e não jogou no papão” enfim falta muita ORGANIZAÇÃO.O FUTEBOL DE MANAUS SE ACABOU POR MENOS DISSO.

Deixe uma resposta