Bola de Ouro: Brasil tem 3 nomes e nenhuma chance

Apesar de ter três nomes na lista – Daniel Alves, do Barcelona (ESP), Julio Cesar e Maicon, ambos da Inter de Milão (ITA) -, o Brasil não tem chances de ganhar o prêmio Bola de Ouro, da Fifa, que este ano passa a ser entregue em parceria com a revista France Football. A relação de 23 indicados ao título de melhor do mundo é dominada pela Espanha, campeã mundial, com sete jogadores. A Alemanha vem a seguir, com cinco indicações. Lionel Messi, vencedor do prêmio no ano passado, é o único representante da Argentina. O uruguaio Diego Forlán, escolhido o melhor da Copa do Mundo da África do Sul, também está na lista. Fifa e a revista France Football uniram suas premiações este ano. O nome do vencedor será anunciado no dia 10 de janeiro em Zurique (Suíça). Abaixo, os 23 atletas que disputam a premiação:

Espanha
Xabi Alonso (Real Madrid), Iker Casillas (Real Madrid), Cesc Fabregas (Arsenal), Andrés Iniesta (Barcelona), Carles Puyol (Barcelona), David Villa (Valencia e depois Barcelona), Xavi (Barcelona).

Alemanha
Miroslav Klose (Bayern de Munique), Philipp Lahm (Bayern de Munique), Thomas Müller (Bayern de Munique), Mesut Özil (Werder Bremen e depois Real Madrid), Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique).

Brasil
Daniel Alves (Barcelona), Julio Cesar (Inter de Milão), Maicon (Inter de Milão).

Holanda
Arjen Robben (Bayern de Munique) e Wesley Sneijder (Inter de Milão).

Portugal
Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

Costa do Marfim
Didier Drogba (Chelsea).

Camarões
Samuel Eto’o (Inter de Milán).

Uruguai
Diego Forlán (Atlético de Madrid).

Gana
Asamoah Gyan (Rennes e depois Sunderland).

Argentina
Lionel Messi (Barcelona)

Meu palpite: prêmio está entre Forlán e Messi.

4 comentários em “Bola de Ouro: Brasil tem 3 nomes e nenhuma chance

  1. Não esqueçamos de quem marcou simplesmente o gol na final da Copa e que joga muita bola – Iniesta. Mas, Sneijder foi campeão da Champions League, fez uma excelente Copa e se brilhar no mundial da FIFA em Dezembro será o maior favorito.

Deixe uma resposta