Um comentário em “O Círio, a santinha e o povo

  1. O Círio é indescretíível. O espirito do Círio só nos paraenses é que sabemos existir. Risos, lágrimas, alegrias e tristezas manifestam-se no coração de cada ” papa-chibé “. Hoje já pensamos no Cirio de 2011 com a esperança de assisti-lo renovando nossas graças à SANTINHA.

Deixe uma resposta