Paissandu vende 80% dos direitos de Moisés

O jogador Moisés teve 80% de seus direitos federativos negociados pela diretoria do Paissandu com empresários e investidores do futebol paulista. O valor da transação não foi revelado pelo presidente Luiz Omar Pinheiro, que se limitou a dizer que o negócio foi muito bom para o clube. Em toda negociação envolvendo jogadores, o Conselho Deliberativo precisa ser consultado quando o valor ultrapassa R$ 250 mil. A partir desse desfecho, Moisés deve ser mesmo contratado pelo Cruzeiro, clube que desde anteontem entrou na briga pelo atacante – fato confirmado em contato telefônico mantido pelo técnico Cuca com o repórter Giuseppe Tomazo, da Rádio Clube do Pará. Antes, o jogador era pretendido por Santos e Internacional.

14 comentários em “Paissandu vende 80% dos direitos de Moisés

  1. Só quero ver o papo do LOP, depois dizendo que o Moises foi vendido por 200 ou 300 mil! Te dizer, é por essas e outras que nosso futebol nunca evolui em relação aos outros estados.
    So para lembrar aqui, no ínicio do ano o mesmo LOP, disse ter fixado o passe tanto do Moises, quanto o do Thiago Potiguar, em mais de 2 milhões de reais, para quem quizesse contar com o futebol de ambos, mais com certeza se não foi este valor, foi bem proximo, mais o LOP vai dizer que foi no maximo 500 mil, é o resto com certeza não estará no meu bolso e nem na minha conta corrente!

    Curtir

  2. Se tá tendo disputa pelo passe do jogador o LOP não pode vender barato o passe desse moleque safado.
    principalmente agora q a justiça reconheceu os direitos do papão.
    a multa é de 2 milhões

    Curtir

  3. Dizem que investidores comprararam o direito federativo do jogador.Os negociadores estão exigindo comissão de 5% e entre êles há alguem ligado à diretoria. Informação tornada pública por setorista. da Curuzú.

    Curtir

  4. Estou pasmo com a grande repecursão e interesse demosntrado para adquirir o rebelde. Já tivemos revelações de quilate igual ou superior que não despertaram tanta assédio. Será que será corrrespondido? Bom esse é outro detalhe que não cabe ao clube um provável engano.

    Curtir

  5. LOP está dando aula de como ser um bom produtor de vendas. AK tem posse de uma certidão de venda cujo produto não lhe pertence e isso decorre desde os primários dias de 2010. Já LOP em menos de um mês fecha negócio, segundo ele, rendável para o clube. Passo a crer que o Remo está bem servido com AK e Giba, ou seja, aurora é de fato uma claridade em evolução.

    Curtir

  6. Prezado Cláudio, é bom não esquecerem do Barbiere que foi quem acreditou no Rebelde – ainda que tenha sido a única coisa de bom que ele fez, ao meu ver – como bem denomina o Berli. Agora, precisamos estar atento para o desfecho dessa transação.

    Curtir

  7. A pechincha por lá já começou!
    É uma pequena amostra da pressão do endividamento e dos olhos negros LOPEIRO, àquele mesmo que, dizem dar um banho no também farofeiro AK, será??
    A preço de banana, se desfazer desse bom jogador de futebol, o melhor jogador do futebol paraense no momento. É bicolores, se não souberam negociar uma simples negociação de um atleta, como irão negociar a curuzu, quando este momento chegar? Vão repassá-lo de graça, também?
    As dívidas vêm aí e, o bicho vai pegar!

    Curtir

  8. A oposição não se moderniza e faz contra carga nos moldes mais rudimentares. A experiência adquirida com os próprios erros sempre serão a boa expectativa para que o adversário se definhe. Cegos os que se comparam por esta ótica.

    Curtir

  9. Estamos na série C pessoal! O Moisés no momento não vale 500 mil reais, vamos supor o Paysandu na 1a divisão e com dinheiro, se algum dirigente comprasse um jogador de 21 anos e sem pedigree, seria taxado como louco, então acho que foi uma boa pro Paysandu e pro atleta. Outra coisa, o Barbiere só escalava o Moises por pressão daqueles que acreditavam nele, e não porque gostava do seu futebol, depois o tempo foi passando e aí sim se rendeu ao jogador.

    Curtir

  10. Acho que não deve haver leilão do jogador, até poque está parado no tempo. Considerando que há momentos que certas doações passar a ser um problema resolvido, um preço razoável já é lucro extra.

    Curtir

  11. No diario do Pará de hoje, já está sendo dito que o Moises já vai para o Santos denovo, daqui pro fim do ano ele já terá sido contratado por uns 50 clubes, pois todos os dias e um clube diferente, que e capaz de ele ainda ficar por aqui mesmo, é esperar para ver o desfecho dessa nova novela…

    Curtir

  12. Eu realmente nao sei o pq de nao divulgar o valor. Pra mim tem que divulgar sempre.

    E os sócios torcedores onde ficam ? Palhaços ?

    PS.: O Moiséis foi a melhor revelação em curto espaço de tempo que eu vi no Paysandú. Mas depois dessa loucura dele não sei se ele tem o mínimo de inteligência pra evoluir.

    Curtir

  13. Sócio-torcedor não é sócio-proprietário. Este sim pode e deve cobrar explicações das negociatas feitas pelo clube, via Conselho Deliberativo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s