Ganso faz cirurgia e fica em observação

O meio-campista paraense Paulo Henrique Ganso passou, neste sábado, por uma cirurgia no joelho esquerdo e ficará em observação por 24 horas no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para acompanhamento pós-cirurgico. Segundo o médico que realizou a operação, José Ricardo Pécora, tudo ocorreu com normalidade. “Durou uma hora, uma hora e meia. Ele está a caminho do quarto e amanhã já deve iniciar o processo de reabilitação”, disse em entrevista à Rádio Jovem Pan.

Após passado o efeito anestésico, o camisa 10 descansará o restante do dia. Será reavaliado no domingo e, dependendo do prognóstico, tem a possibilidade de receber alta. A fisioterapia terá início na segunda-feira, no Centro de Recuperação do Santos, localizado no CT Rei Pelé. Ganso voltará aos gramados somente no ano que vem, pois a recuperação será de seis meses.

Série C: Águia x Paissandu

Local – Estádio Zinho Oliveira (Marabá), às 19h.

Águia – Alan; Bernardo, Ari e Darlan; Gustavo, Daniel (Cleuber), Analdo, Diego Biro e Vander; Torrô e Felipe Mamão. Técnico: João Galvão.

Paissandu – Fávaro; Bosco, Da Silva, Leandro Camilo e Aldivan; Tácio, Alexandre, Vaninho e Marquinhos; Bruno Rangel (foto) e Tiago Potiguar. Técnico: Charles Guerreiro.

Árbitro – Andrey da Silva e Silva (FPF).

Ingressos – R$ 15,00 (arquibancada descoberta), R$ 30,00 (arquibancada coberta).

Grêmio aponta em DVD erros de arbitragem

O Grêmio, caindo pelas tabelas no Brasileiro, decidiu produzir um DVD com a seleção de 11 lances em que o clube se considera prejudicado pelos árbitros na competição. São pênaltis não marcados a favor, pênaltis mandrakes marcados contra e erros em marcação de impedimentos. No ano passado, o Inter fez um DVD desse tipo para apontar as maracutaias que favoreciam o Corinthians, seu adversário nas finais da Copa do Brasil. Não deu certo. O Curingão acabou campeão do mesmo jeito, com boa ajuda dos sopradores de apito.

Perto dos 23 erros grosseiros cometidos contra o Botafogo no Brasileiro-2007, esse DVD gremista é brincadeira de criança.

Ibope: Dilma aparece 24 pontos à frente

Confirmado: a candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na frente na corrida pela Presidência da República, segundo pesquisa Ibope de intenção de voto divulgada neste sábado (28). A petista tem 51% das intenções de voto contra 27% do adversário José Serra (PSDB). Em terceiro lugar está Marina Silva (PV), com 7%. No  levantamento anterior do Ibope, realizado dos dias 12 a 15 de agosto, Dilma tinha 43%, Serra, 32%, e Marina, 8%.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos para mais ou menos. Isso indica que Dilma pode ter entre 49% e 53% e Serra, entre 25% e 29%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.  Dilma abriu 24 pontos percentuais de vantagem sobre José Serra. Ela subiu oito pontos percentuais nas intenções de voto. Todos os adversários de Dilma somam 34% de intenção de voto. Ela tem 17 pontos percentuais a mais do que eles. Se a eleição fosse hoje, ganharia no primeiro turno.

Tou dizendo, a peia vai ser braba…

Coluna: Baixas podem abalar Papão

Com mudanças forçadas na composição de meio-de-campo, o Paissandu vai a Marabá enfrentar um adversário direto na luta por uma das vagas à próxima fase do Brasileiro da Série C e que vive um momento de ascensão técnica. Sandro e Fabrício, titulares absolutos da meia cancha alviceleste, estão fora da partida contra o Águia, deixando Charles Guerreiro com um tremendo abacaxi para descascar.
É justamente ali no meio-campo que o Paissandu tem conseguido se impor perante os adversários de grupo. O destaque obtido pelo time, líder da chave e um dos melhores em índice técnico de toda a competição, tem a ver diretamente com o entrosamento de seu quadrado de meio-campistas.
Para a vaga de Sandro, a substituição natural é Alexandre Carioca, que marca bem e se posiciona de forma mais defensiva. Com ele, a equipe fica mais sólida no bloqueio, mas perde bastante quanto à qualidade de passe e alternativas ofensivas que Sandro cria.
Fabrício deve ser substituído por Tiago Potiguar ou Vaninho. A lógica diz que Charles vai recuar Tiago, recompondo parte do quadrado original com os titulares Tácio e Marquinhos. A opção por qualquer outro jogador deixaria o setor inteiramente desfigurado em relação à formação usada (com êxito) desde o campeonato estadual. Para o lugar de Tiago no ataque, Charles tem a opção de Dani Morais para jogar ao lado de Bruno Rangel.
 
 
No Águia, que teve boa folga depois da goleada sobre o Rio Branco, as palavras de João Galvão são sintomáticas: o time vai jogar no ataque, pois sabe que define nesta partida seu futuro no torneio. Se vencer, encosta no Paissandu e pode até ganhar a segunda posição – na hipótese de um tropeço do Fortaleza frente ao S. Raimundo, amanhã. Ao contrário, qualquer outro resultado reduzirá drasticamente as chances marabaenses de passagem à segunda etapa da Série C.
A grande fase da dupla de ataque Felipe Mamão-Torrô é outra boa perspectiva para João Galvão, que vai apostar na velocidade para tentar superar Charles e devolver a questionada derrota por 2 a 0 na Curuzu. 
 
 
O empresário Marcelo Carneiro, conselheiro do Remo, em linha direta com a coluna, faz questão de esclarecer informação publicada na edição de ontem do Bola a respeito da sucessão azulina. Carneiro desmente qualquer apoio, dele e do também conselheiro Antonio (Tonhão) Carlos Teixeira, ao grupo do atual presidente Amaro Klautau.
Explica que ambos foram sondados por AK, durante encontro casual num restaurante, sobre a data das eleições e concordaram que, neste momento, as atenções devem se concentrar na busca de classificação do time à Série C. Nada mais que isso foi tratado na breve conversa. Até porque os dois conselheiros não apóiam a gestão de AK, complementa Carneiro.  

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO deste sábado, 28)