4 comentários em “Capa do Bola, edição de sábado, 14

  1. Publiquei em varios stes minha opiniao.. segue pra voce!

    Prezados amigos torcedores, estou indignado com essa turma da RBA (Radio clube e Diário do Pará). Esses caras servem somente para desestabilizar nossos clubes, mas precisamente o Papão. Todas as vezes que estamos em uma situação de paz, onde as coisas estão acontecendo em nosso favor. Vem eles buscarem assuntos para detonar com a harmonia do clube. Ao invés de incentivarem, ficam detonando. Será que clubes como Flamengo, Vasco, Palmeiras e outros, não tem problemas de justiça do trabalho, de jogadores insatisfeitos, ou seja, será se esses times são perfeitos…? Ou a imprensa que cobrem esses clubes procura focar somente o FUTEBOL e deixam esses problemas extra campo para os dirigentes resolverem. Isso não acontece por aqui por termos uma imprensa (RBA) pobre de “profissionais” que vivem da desgraça dos outros. O Papão esta fazendo uma bela campanha e eles fazem questão de não dar destaque a isso… é só prestar atenção nos comentários “…o Paysandu está a um ponto somente em relação ao Fortaleza” eles esquecem de enaltecer que o Papão, tem um jogo a menos. Isso não importa para eles, o importante e detonar com nosso ego. Dá ênfase para critica de torcedores em treinos. Coisa que a imprensa que qualquer outro estado não faz! Precisamos nos fechar e não dá ibope a esses fracos. Vamos lá Papão, vamos lá Guerreiro, estamos com você e todos os nossos jogadores, sejam em posição estiverem em campo ou no campeonato

  2. Eu penso assim também caro MArcelo! Mais se você parar para pensar, nossa imprensa no geral, em todos os ambitos, ela não procura coisas agradaveis, para mostrar na tv, falar nas rádios,é escrever coisas boas. Você pode reparar, todas as emissoras de comunicação de nosso estado, elas tem um jornalismo voltado para discursões, criticas, crises, resumindo: só mostram o (lado B) do disco, então, é por isso, que eu já nem assisto mais o programas esportivos, com exceção do bola na torre, eu não sei porque ainda vejo, poís já me sinto desacreditado, com tantas noticias ruins, do nosso dia-dia, é os caras ainda tentam espalhar à podridão, para o nosso combalido futebol paraense, ai depois, ficam reclamando da falta de torcedores nos estádios, mais esquecem que eles mesmos, mostram as coisas erradas de nossos clubes, é afugentam a torcida dos estádios…Te contar…

  3. Eu penso assim também caro MArcelo! Mais se você parar para pensar, nossa imprensa no geral, em todos os ambitos, ela não procura coisas agradaveis, para mostrar na tv, falar nas rádios,é escrever coisas boas. Você pode reparar, todas as emissoras de comunicação de nosso estado, elas tem um jornalismo voltado para discursões, criticas, crises, resumindo: só mostram o (lado B) do disco, então, é por isso, que eu já nem assisto mais o programas esportivos, com exceção do bola na torre, eu não sei porque ainda vejo, poís já me sinto desacreditado, com tantas noticias ruins, do nosso dia-dia, é os caras ainda tentam espalhar à podridão, para o nosso combalido futebol paraense, ai depois, ficam reclamando da falta de torcedores nos estádios, mais esquecem que eles mesmos, mostram as coisas erradas de nossos clubes, é afugentam a torcida dos estádios…Te conta!

  4. ANDRÉ E MARCELO: Eu quero aqui discordar um pouco de vocês. Se você quer saber bem, verifique que há mais repórteres que preferem comer um churrasco de um presidente do que denunciar as coisas podres que existem em nossos clubes. É preciso vocês esrarem atentos, pois, principalmente no futebol, as coisas são todas obscuras. Quer ver: você sabe quantos torcedores assistem realmente os jogos? Todos constam nos borderoux? Você tem conhecimento de quanto ganham determinados jogadores? Você perde um jogador novo e de qualidade, porque o dirigente não tem visão, mas na verdade é feito propositalmente. Ontem o LOP denunciou um dirigente, com relação ao Potiguar, onde a proposta seria de 15% para ele e para o LOP, na transferência do jogador. É um absurdo isso, porém é mais do que comum isso, principalmente depois que criaram o “procurador”, que só visa ganhar dinheiro, através de comissão para o técnico, dirigente, etc. É claro que o que é feito de bom deve ser mencionado, além do mais, qualquer jornal do mundo prefere o desastre do que a paz, porque é o que vende. Beja a venda do Baenão: só o Gerson é contra, enquanto os outros ficam calados ou são a favor.

Deixe uma resposta