Paissandu encara Fortaleza no Castelão

O Paissandu faz, na tarde deste sábado, seu primeiro jogo fora de casa neste Brasileiro da Série C. Terá pela frente o Fortaleza, no estádio Castelão, na capital cearense. Com 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas, o time de Charles Guerreiro lidera a chave A da competição. Completo, o Papão repetirá o time que enfrentou o Águia, tendo Tiago Potiguar e Bruno Rangel no ataque. Moisés, que se recuperou de lesão, surge como opção para o segundo tempo. O Paissandu não vence fora do Estado desde setembro de 2006, quando derrotou o América em Natal, na Série B, por 1 a 0. 

O Fortaleza é o segundo colocado no grupo, mas já disputou três partidas, tendo obtido uma vitória e dois empates. O técnico Zé Teodoro, muito criticado, está com a cabeça a prêmio. Para enfrentar o Papão, montou um time ofensivo que deve estrear o veterano Finazzi substituindo a Tatu no ataque.

Na Rádio Clube, a narração é de Geo Araújo.

A TV Cultura transmite o jogo a partir das 16h, com narração de Plácido Ramos e comentários de Gerson Nogueira.

9 comentários em “Paissandu encara Fortaleza no Castelão

    1. Vc’s pensavam que era o remorto, que ia jogar em Fortaleza…

      VAMOS SUBIR PAPÃOOOOO!!!!! VÁ SOFRER LEÃOOOO

  1. Papão manda no jogo. Só não ganha se voltar para o segundo tempo com mentalidade de time pequeno, se mantiver a mesma postura vence a partida.

  2. Gerson,

    Em primeiro lugar, quero lhe parabenizar pela serenidade, coerência, clareza e objetividade nos seus comentários. Preenchestes no jogo de hoje uma enorme lacuna nas transmissões esportivas da TV Cultura, que são justamente as análises e comentários acerca dos jogos.
    Em segundo lugar, gostaria de fazer duas observações sobre o jogo de hoje:

    1) Thiago Potyguar fez contra o Águia (domingo passado) e hoje contra o Fortaleza partidas que, a meu ver, foram abaixo da média. Está prendendo demais a bola e muito preocupado com firulas ao invés de soltá-la mais rápido, o que possibilita a fuidez do jogo. No jogo de hoje, cuja proposta principal era jogar à base de contra-golpes, fazer o jogo fluir através do toque de bola é fundamental… e Thiago travou muitas vezes as investidas de ataque bicolores.

    2) Bruno Rangel precisa de uma sombra para o seu lugar no banco de reservas. Acho que os gols que ele perdeu hoje foram por pura displicência. E quando um jogador, titular como Rangel, sabe que tem um reserva à altura no banco louco por uma oportunidade, ele fica ligado e em permanente vigilância… e consequentemente não perde gols como os de hoje.

    1. Concordo com você caro Daniel! Realmente, o Thiago, é o Rangel, foram aquem de outras jornadas, mais contudo o resultado foi muito bom, é uma mostra que o nosso Paysandu, está no caminho certo, com um belíssimo trabalho do melhor treinador em atividade no futebol paraense! Charles Guerreiro…….O resto, é apenas píada de muito mal gosto…

      1. Rsrsrsrsrs… é verdade André. E ponha mal gosto nisso!

        PS: E Charles mostrou ousadia ao lançar mais um atacante não é mesmo? Mas acho que deveria ter entrado o Zé e não o Moisés…

Deixe uma resposta