Portal fantasma da Segunda Guerra Mundial

O fotógrafo russo Sergey Larenkov selecionou algumas fotografias da Segunda Guerra Mundial e procurou combiná-las com fotos recentes, usando a mesma perspectiva. O resultado é impressionante: uma série de portais temporais que ajudam a contextualizar a guerra na realidade atual. A técnica é bastante simples, mas engenhosa e eficaz, gerando quadros curiosos. Na foto abaixo, aparece o lendário marechal da União Soviética Georgy Zhukov. Em 1945, ele comandou a Primeira Frente Bielorrussa do Exército Vermelho, que tomou Berlim com a Primeira Frente Ucraniana. Ele olha para a câmera, circunspecto, nas escadas do Reichstag, rodeado por alguns tenentes e um monte de turistas.

Acima, um grupo de soldados soviéticos caminham pela área externa do Palácio Imperial Hofburg atingido pela guerra, em Viena, Áustria, ntre Audis, Volkswagens e Volvos que reluzem ao sol. O trabalho de Larenkov remete à câmera/máquina do tempo da Adobe e MIT, que permitirá tirar fotos e combiná-las de forma perfeita a imagens históricas. Na galeria, mais fotos modificadas de toda a Europa, incluindo São Petersburgo (na época Leningrado), na Rússia. Para ver a galeria em uma só página, clique aqui.

4 comentários em “Portal fantasma da Segunda Guerra Mundial

  1. A II GUERRA MUNDIAL REPRESENTA QUE A ESTUPIDEZ DO HOMEM PELOS DOMINIOS CAPITALISTAS, PODEM NOS ENVERGONHAR, MAS PODEM SER UMA GRANDE LIÇÃO PARA QUE A HUMANIDADE NUNCA DEIXE QUE O EGOISMO E A GANANCIA VENÇA A PAZ. ESTASBONITAS E MARCANTES ICONOGRAFIAS, MOSTRAM QUE APESAR DE NÓS MESMOS, SOBREVIVEMOS.

    1. Realmente é um belíssimo trabalho desse fotógrafo russo, caro Acácio. Ele aproveita, com criatividade, os recursos que a tecnologia permite.

Deixe uma resposta