Em clima de velório, Holanda recebe homenagens

Mesmo diante da frustração geral pela derrota no fim da prorrogação, a Holanda também homenageia seus vice-campeões do mundo. Um dia após perder a final da Copa do Mundo para a Espanha, a seleção holandesa voltou para casa e foi recepcionada com festa em Amsterdã. Assim que entraram no espaço aéreo do país, nesta segunda-feira, passaram a ser escoltados por dois caças da Força Aérea, um deles na cor laranja. Quando a delegação chegou ao aeroporto Schiphol, em Amsterdã, os funcionários formaram um corredor para homenagear os jogadores. No desembarque, jogadores e comissão técnica receberam flores. No entanto, os próprios jogadores não escondiam o desapontamento: “Perder uma Copa do Mundo nos últimos três minutos da prorrogação é muito doloroso”, resumiu o treinador Bert Van Marwijck. A recepção integra uma série de eventos para celebrar a campanha holandesa na Copa. Na terça-feira, jogadores e comissão técnica irão se encontrar com a rainha Beatrix, pela manhã, e em seguida farão um tour de barco pelos canais de Amsterdã. Ao final, terão uma festa na Praça do Museu. Pela terceira vez a Holanda foi derrotada numa final de Copa. Em 1974, perdeu para a Alemanha Ocidental, e quatro anos mais tarde, caiu diante da Argentina. (Com informações da Folha de S. Paulo)

3 comentários em “Em clima de velório, Holanda recebe homenagens

  1. Alguém registrou no Twitter, ñ lembro quem foi: o vencedor do jogo pelo terceiro lugar fica mais feliz do que o derrotado ganhador do segundo lugar. Tem lógica isso? Como se diz q futebol ñ tem lógica, acho q prevalece aqui tb.

Deixe uma resposta