Cruyff detona Holanda: “futebol feio e vulgar”

O ex-craque holandês Johan Cruyff fez contundentes críticas à atuação da Holanda na derrota de domingo para a Espanha na final da Copa do Mundo, classificando-a como “feia, vulgar, dura, pouco vistosa e carente de futebol”. Em sua coluna publicada na edição desta segunda-feira do Periódico de Catalunya, Cruyff afirmou que a final da Copa foi vencida “por quem mais mereceu”. Segundo ele, o meia Andrés Iniesta, autor do gol que deu o título à Espanha, representa “o melhor do Barcelona, o jogador habilidoso e o que mais sofre com a truculência dos adversários”.

Cruyff admitiu ainda que, independentemente de quem ficasse com o título, se sentiria feliz. “E qualquer que fosse o perdedor, sofreria uma decepção. E das grandes. Portanto, ao terminar 0 a 0 no tempo regulamentar, sabia que o resto do jogo seria uma loteria. E quando vi Iniesta colocar sua equipe nas costas, sabia que a Espanha ganharia”, disse. Cruyff explicou que o estilo nada vistoso da Holanda serviu “para desordenar a Espanha”, uma seleção que jogou “20 minutos estupendos (…), mas que aceitou a troca de agressões e caiu nas provocações”. (Da ESPN)

8 comentários em “Cruyff detona Holanda: “futebol feio e vulgar”

    1. Mas, em conpensação, a alegria de ganhar títulos que preste nem raramente é. Nunca ganharam nada. São como os holandeses, meros competidores.

  1. Cruyft descobriu tarde o futebol feio da Holanda. Um time técnicamente feio só poderia gerar um futebol vulgar, feio. Isso é elementar.

Deixe uma resposta