Seleção à imagem e semelhança de seu técnico

Não há como lamentar muito. A tristeza é normal, afinal amamos futebol e queremos sempre ver a Seleção no lugar mais alto do pódio, mas seria surpreendente ver um projeto tão cheio de incoerências ser bem sucedido. A Copa é uma das mais fracas dos últimos tempos, mas, ainda assim, é preciso ter time bem treinado e competente para conquistá-la. O Brasil que sai hoje, eliminado pela Holanda, não perdia desde outubro do ano passado. Pelas reações destemperadas (tipificada na agressão de Felipe Melo a Robben) dos jogadores diante da derrota iminente ficou evidente que não havia preparação para enfrentar um momento adverso. E pensar que o futebol é rico em situações desfavoráveis. Só os talentosos conseguem reagir a essas dificuldades. Os holandeses, sem maior brilho, mas com objetividade, souberam renascer no jogo depois de um primeiro tempo de completo domínio brasileiro.

Na entrevista que concedeu há pouco, Dunga praticamente se despediu do escrete, pois sabe que não há clima para continuar. Não o vejo como culpado maior pela situação. Há gente acima dele muito mais responsável por isso. Sinto-me à vontade para criticar agora porque sempre questionei a escolha As loas tecidas pela primeira colocação nas eliminatórias sul-americanas e os títulos da Copa América e Copa das Confederações chegaram a confundir muitos, que cerraram fileiras em torno do amuado comandante. A ilusão com os métodos e o tal futebol de resultados rendeu frutos ao treinador, a ponto de obter maciça aprovação da torcida para seus shows de grosseria durante a Copa.

As dificuldades de relacionamento de Dunga com jornalistas e com qualquer um que lhe fizesse críticas refletiu-se nos seus jogadores. Felipe Melo, espécie de clone seu, reagiu com um pisão aos dribles de Robben. Não podia ser diferente, nem mais simbólico do poder de influência de Dunga e seu temperamento sobre a cabeça dos jogadores. O fato é que algo que começou errado não tinha mesmo como dar certo.

23 comentários em “Seleção à imagem e semelhança de seu técnico

  1. Como dizem os especialistas: no esporte de alto rendimento a preparação mental responde por cerca de 80% do resultado. O que se viu foi uma seleção despreparada mentalmente para uma situação adversa. Levou um gol e se desesperou. O resultado é consequencia disso. Concordo com Gerson, tecnico mentalmente despreparado e grupo de jogadores a beira de um colapso nervoso. Revejam a face dos jogadores na entrada do jogo. Era nítido que estavam despreparados mentalmente.

    1. Felipe Melo personifica esse descalabro psicológico. Sempre se portou com agressividade, até nas entrevistas. Em campo, tentava vender a imagem de um guerreiro, inspirado em seu comandante. Deu no que deu.

      1. Gerson , desde o início comungamos da mesma opinião, torcíamos pelo sucesso da Seleção Brasileira, mas sabíamos que em algum momento o pior poderia acontecer. Felipe Melo, desde o primeiro jogo estava previsto ser expulso a qualquer momento, qual o trabalho que foi feito em cima deste jogador:nenhum, ele continuou o mesmo, ele tem culpa??? não, ele é o jogador que é, um brucutu de primeira grandeza, eu vejo que o maior erro do Dunga foi na escolha dos jogadores que foram para a Copa,os laterais esqurdos não são de ofício, atacantes que não atacam ninguém, faltou um Adriano…..um Ganso no meio….. aliás antes disso eu digo, o Dunga não era o treinador para esta copa, ficou claro que não tem preparo para o cargo, suas grosserias, a falta de um padrão de jogo, jogadores”meia boca”, e não se viu nenhuma jogada ensaiada, em nenhum jogo, mas os treinos eram todos secretos, secretos para que??? na era Parreira os treinos eram abertos, e fomos eliminados , qual então a melhor escolha??? Em mais uma eliminação, tenho uma constatação, nosso futebol , não está somente de luto, está pobre, com treinadores que jogam por resultados, jogadores medíocres, e treinadores que não podem ser chamados como tal, se alguma coisa serve como lição, é difícil saber, mas o horizonte é sombrio,só nos resta pedir, mestre Telê Santana olhai por nós.

  2. GERSON, eu não esperava cair agora, mas lá na frente, sim. Eu nunca apostei num time que deixa os artistas da bola de fora para levar brutamontes. O resultado não poderia ser outro. A Copa América e das Confederações não indicam o treinador da seleção. O Ricardo Teixeira talvez seja o principal responsável. Não é justo que façam o povo, inclusive crianças, acreditarem no que eles sabem que não acontecerá. É necessário desmascarar esses pilantras da Fifa e da CBF, que inclusive impediram de Belém ser sede da copa 2014. São pessoas inescrupulosas.

    1. Luiz, a opção pelos brucutus não podia realmente levar a bom termo. Momentos de derrota são ideais para que se faça uma revisão no curso da história. A CBF há muito que brinca com a instituição Seleção Brasileira, que é sagrada para o povo brasileiro e não merece ficar ao sabor da decisão de um sujeito. É estranho que esse longo reinado se perpetue, impávido e impune, para prejuízo de todos que amam o futebol.

  3. Caro Luiz,

    Hoje vi durante o jogo crianças-grandes, torcedo para Felipe Melo como se fosse Gerson, Kaká à Zico e Romário transfigurado de Luis Fabiano, é normal

    A copa do mundo mexe com o povo e a camisa verde-amarela reluz o futebol de ouro de anos atrás, diferente que agora, apatia, nervosismo e covardia da seleção brasileira.
    O fator determinação e raça, isto ão faltou, mas o que ficou envidente um item que esperamos de guerreiros eh coragem, o Brasil não temia a Holanda, e sim a derrota.

    Vamos até 2014 , o belemense vai ver a copa do mundo pela tv ou ir ode era o seu “quintal” (Manaus), 25 anos atrás, e daqui à 4 anos será uma das maiores economias do Norte-Nordeste, e cediar a Copa do Mundo, já o Pará vai ficar parado.

    sds
    MF

    1. Muito bem colocado, caro Manoel. De fato, a Copa a todos afeta com seu encanto de feira do futebol. O triste é ver que os caras de hoje não sustentam uma comparação, mínima que seja, com os heróis do passado. São as ironias desses tempos modernos e essa realidade talvez não se restrinja ao futebol.

    2. Caro Manoel, não podemos culpar o Luis Fabiano é o Kaka, pois, o primeiro realmente não é Romário e muito menos, Ronaldo Fenômeno, mais trata-se de um bom jogador, o problema é que ele depende de um jogador de criação de joagadas, coisa que nossa seleção não tinha. Quanto ao segundo, Kaka, também não podemos compara-lo, ao Zico, o Zico era mais jogador, com certeza, mais na seleção não fez parte de nenhum grupo que tenha conquistado um mundial, coisa que Kaka, fez em 2002, mais o problema, todos sabemos que Kaka, já foi para a copa, sem condições de jogo, está voltando de contusão, e estava sem ritimo de jogo, coisa que só o grande treinador Dunga, conseguio achar que era o contrário.

  4. Essa seleção foi mal convocada, mal treinada, mal dirigida durante os jogos, quase MALdita, eu diria.
    Quanto a tua coerência, caro Gerson, estou aqui para testemunhar que dentre os grandes cronistas deste país, você foi um dos poucos que não se deixou levar pela euforia efêmera que assola os jornalistas brasileiros em relação ao futebol em todos os momentos e não somente com a seleção.

    Eu sinceramente penso que o Brasil, diante da falta de qualidade das outras, poderia sim ser campeã. Diria até que foi injusta a desclassificação do Brasil diante de uma Holanda que só teve mais frieza e sorte que o Brasil. Mas, por mais cruel que isso possa parecer, fiquei feliz que o Brasil tenha perdido pelo Dunga e pelo Teixeira, que brincam de ser poderosos com uma coisa que é muito séria.

  5. Há sempre um lado positivo de se tirar dos fracassos e das adversidades. Belém está calma, sem barulhos e gritos de tecnobregas e a paz voltara à metrópole da Amazônia. A eliminação do Brasil, de fato, não pode ser considerada uma surpresa, onde todos anteciparam isso. O jogo contra o Chile até despertou um otimismo de nosso crítico escriba baionense, mas o segundo tempo mostrou a verdade dos fatos. A seleção voltou a ser o time de Dunga, sem brilho, muita raça e com raro direito a erro do Júlio César que voltou a errar em momento erradocomo nos velhos tempos do Flamengo. Na realidade, a Holanda pratica um futebol pior do que o time de Dunga e por justiça ao futebol, que Alemanha, Argentina ou Uruguai fiquem com a taça. 2014 com Felipão, Ganso, Neymar e Hernandes, a história será outra. Uma pena que sem o Morumbi como palco em detrimento de qualquer estádio que possa ser construído em nosso quintal, Manaus.

  6. Gerson, sem dúvida o emocional pesou mais que o talento e a tradição. Há que se preparar para correr atrás, todos, exceto a Argentina, estão altamente preparados para jogar como se o Brasil fosse o favorito, e o Brasil só está preparado para ser favorito. Outra, cá pra nós, foram dois gols achados: uma falha incomum do Julio César e uma bola parada, aliás, nem tão achada assim, pois preste atenção na corrida do Kluivert para o 1° pau e o deslocamento simultâneo do baixinho Snejider para o meio da área com o Felipe Melo o acompanhando até o escanteio ser cobrado e depois parando. E pensar que o Sportv filmou e mostrou essa jogada sendo exaustivamente treinada pela Holanda…

  7. Não sou contra argentina, admiro o futebol de Messi, acredito que ele possa ser melhor que Maradona, digo pela carreira conturbada e as suspensões por dopping, mas só o tempo dirá.

    Alemanha bate Argentina fácil, o goleiro Romero vem de uma grande safra de goleiros frangueiros argentinos, último grande foi Goicocheya (Em penaltis), nem vou falar de Filliol.

    A Espanha nas estatísticas da copa, melhor em tudo, ganha da Alemanha na prorrogação.

    Holanda x Gana será um jogo de muita correria e muitas faltas, diferença minima para ambas as partes.

    Infelizmente ganhei o bolão daqui da empresa.

    Aqui, sabiq que nao era um jogo facil para o Brasil, a Holanda está linde ter Van BAsten, Gullit, Repp, Neeskens e Cruyff, mas joga objetvamente e com inteligencia emocional, algo que faltou o Brasil.

    Gana está passadno por cima do Uruguai, mas acredito que perde por detalhes para Holanda.

    sds
    MF

    Final

    Espanha x Holanda ou Gana

    1. sobre goleiros argentinos, apenas retificar que o Goicocheia foi ultimo grande goleiro que os hermanos tiveram, e o melhor apesar de nao ser do meu tempo foi o mítimo Filliol.

      Abraços
      MF

    2. Caro Manoel, mudança de planos. O Uruguai, que tem um jogador realmente decisivo, acaba de empatar. Forlan.

      1. E o Botafoguense “Loco Abreu”, nos penaltis classifica o uruguai, a estrela solitária dando sorte.

  8. Manoel, o melhor goleiro da Argentina foi Carlos Quiroga, que por acidente defendeu o Peru em 1978. Levou 6 e fez a Argentina a campeã do mundo . Quer goleiro melhor que esse? Minha previsão é que a Alemanha passa pela Argentina e na final pegue a Holanda, repetindo 74. Já começo a vislumbrar taça em Berlim.

  9. ainda vai ter um idiota que vai dizer que a culpa foi da cor da camisa !

  10. Diogo Papão - Campeão da Década (9 títulos entre 2001 e 2010). Clube que deus as maiores glórias para o Pará disse:

    Gerson, não comungo das brincadeirinhas sem graça do colega aí de cima que fica usando meu nome para escrever asneiras, fruto de uma doença chamada inveja.

    E olha que o Paysandu está na terceira divisão, mesmo assim a leoa desenxabida não consegue conter a ira e sua baixa alto-estima por tocer por um clube centenário que não vai além de uma quarta divisão e, se bobear, inaugura também a quinta divisão.

    Penso que o blog deveria ter algum mecanismo para empedir que pessoas ficassem usando a identidade das outras. Se contianuar assim, me despeço desse espaço.

  11. Gerson, fico imaginando uma decisão do campeonato paraense, RExPA, o Remo joga pelo empate, o Payssandu ganha, recebe a taça, a torcida comemora, a imprensa noticia, inclusive os jornais publicam o poster do campeão. Então a tecnologia mostra que o gol da vitoria não foi legal. Muda tudo, agora o Remo é o campeão. Assim, muitas partidas de futebol e decisões de titulos vão terminar e ser decididos nos tribunais. Deixa tecnologia de lado, como está é mais emocionante. Voce nunca ouviu falar que o bom é ganhar da Argentina nos acréscimos com gol de mão.

  12. Vai tomar no c… dunga filho da put… a. A seleção é maior do que seu ego vai vai ser eternamente lembrado não por ser um campeão(94), mais por ser m pipoqueiro em 2010, nunca pense que seu ego é maior do que mais do que 200 milhões de brasileiros o brasil é milhões de vezes maior que vc nunca mais volte aqui nesse pais que se chama futebol filho da pu…

    1. Calma Kayke, esse filho da p…. como você o chama, muito em breve, ainda voltara para o Brasil, é pior ainda podera dirigir o time que você torce, o povo brasileiro gosta de sofre, menos eu, portanto, acho que devemos ser mais prudentes com certas coisas e certos comentários. Tem o lado bom disso tudo, esse anão de jardin, não será mais treinador da seleção nunca mais, acho que nem os gigantes do norte, o querem por aqui, para ser seu treinador, se não ele, ainda irá descobrir um Felipe Melo, no meio dos Anões, e, este será o seu protegido……

  13. ‘O Ricardo Teixeira talvez seja o principal responsável’, disse alguém aí em cima. Talvez não, é o único responsável, dono da Cbf, uma empresa multimilionária, e que não larga esse osso enquanto tem carne. Tbém estou à vontade para descer a lenha, porque já o fazia antes.
    Por que razão não ficou Filipão? Simplesmente porque não tem coluna de mola.
    PATÉTICO era ver Gavião Bueno quase tendo um filho quando o Brasil atacava e também quando era atacado. Não se iludam, ele estava sendo autêntico. Não pelos lindos olhos do selecionado (?) brasileiro, mas sim de olho nos milhões (será que o que ele já tem não chega?) em publicidade que renderiam em caso de um injusto hexacampeonato.
    COMO dizia antes, prefiro ver um campeonato paraense, uma série D, C, B ou A, ou os jogos da Copa do Brasil. Os clubes de futebol existem justamente para isso; já o Brasil é imensamente mais e maior que alguns profissionais contratados pela Brama, WV, etc para vestir amarelo.

Deixe uma resposta