México surpreende e França decepciona

A França caminha para repetir a vexatória campanha de 2002, na Copa da Ásia, quando foi eliminada logo na primeira fase, sem marcar um único gol. A derrota desta quinta-feira para o México mostrou que o time de Raymond Domenech não tem inspiração alguma, ainda mais quando se dá ao luxo de barrar um craque como Thierry Henry. Difícil imaginar que Valbuena, que entrou nos 20 minutos finais, possa ser superior ao atacante do Barcelona. O México, que não foi brilhante, mostrou pelo menos disposição para buscar a vitória, em partida confusa e recordista em passes errados. Ribery (foto acima) batalhou muito, mas sem qualquer lampejo do atacante veloz e decisivo de outras jornadas. Com o revés, o time precisará derrotar a África do Sul na próxima rodada e torcer para que Uruguai e México não empatem – resultado que classifica a ambos. Pelo andar da carruagem, Abidal e Gallas já estão arrumando a bagagem a essa altura do pagode.

4 comentários em “México surpreende e França decepciona

  1. No contexto geral, penso eu, pesa para os franceses o sentimento da intromissão. Sua participação nesta Copa se deu de maneira desonesta o que deve estar incomodando a todos.

Deixe uma resposta