Às portas do Soccer City

O escriba baionense na rampa principal de acesso ao majestoso Soccer City, antes do clássico Holanda x Dinamarca, ontem. Lá ao fundo, a torcida começando a chegar e a silhueta característica do estádio, grande orgulho dos sul-africanos. A temperatura estava amena, a 11 graus somente.

4 comentários em “Às portas do Soccer City

  1. Ei Gerson,deixa de pavulagem e coloca logo um casaco que esse frio dai vai querer te derrubar,vc não esta em baião…hehehe

    1. É, camarada Juca, minha pose terminou hoje cedinho… frio de 4 graus que vai caindo ainda mais com o passar do dia. A previsão para a noite, hora do jogo do Brasil, já é de 3 graus negativos… estamos todos de luva, cachecol e gorro, sumano.

  2. Não gostei do Soccer City. O nosso de Marituba é muito melhor. Ver para crer. No nosso, além de não fazer frio, ainda temos um riozinho para tomar banho depois dos jogos. O nome do nosso é Arena Santo Amaro. Bonito não é?

  3. Égua Gerson esse primeiro tempo do Brasil,foi de dar dor de dente em serrote,como diz o Claudio Guimarões,eu até dei um cochilo.
    Saudades de Ronaldo gaúcho e sentindo falta do Paulo ganço,ai,ai,ai.ai

Deixe uma resposta